Delurdes Moraes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Delurdes Moraes
Nome completo Maria de Lourdes Moraes
Nascimento 15 de dezembro de 1945 (76 anos)
Rio de Janeiro,  Rio de Janeiro
Nacionalidade brasileira
Ocupação Atriz, Compositora, e Poeta
Atividade 1983 - presente
Página oficial

Delurdes Moraes nome artístico de Maria de Lourdes Moraes (Rio de Janeiro, 15 de dezembro de 1945) é uma atriz brasileira de teatro, televisão e cinema e poeta

Biografia[editar | editar código-fonte]

Delurdes nasceu no Rio de Janeiro, mas cresceu em São Paulo. Formou-se em direito pela Mackenzie e artes cênicas pela Escola de Artes Dramáticas, na USP. Participou de 29 espetáculos de 1983 a 2007. [1]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Notas
1994 Retrato de Mulher Episódio: "Era Uma Vez Maria José"
1997 Palavras Vivas Vários Personagens 1997-1998
2001 Amor e Ódio Joana
2002 Marisol Loreta
2005 Minha Vida É uma Novela Episódio: "Amor Total"
2007 Antônia
Sem Controle Eloá
2008 Show do Tom Vários Personagens
Domingo Legal Senhora Quadro: "Lendas Urbanas"
2010 Novas Lendas Urbanas 2 episódios
Pagã Minissérie
2011-2016 Programa Silvio Santos Velhinha Quadro: "Os Velhinhos se Divertem"
2014 Psi Lurdes Delmare Episódio: "Amor Fiel"
2017; 2019 A Vida Secreta dos Casais Benzedeira 3 episódio

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Filme Personagem
2003 Carandiru
2004 Mal de Família
2005 Caixa Preta Mãe
2006 Hotel La Rose
2007 Bolinha de Gude
2008 Caça Palavra
2009 Lula, o Filho do Brasil Enfermeira
Papo de Boneca
2011 Últimos Compassos de Dircinha Batista
2012 Isso Não É O Fim
2021 Amor Sem Medida Odete

Teatro [3][editar | editar código-fonte]

  • 1983 - Viúva Porém Honesta
  • 1985 - Um Estrangeiro no Sarau das Antas
  • 1986 - Happy End
  • 1987 - Despedida de Solteira
  • 1988/1990 - Valsa Nº 6
  • 1990 - Tropicanalha
  • 1991 - De Artista e Louco
  • 1991 - O Seminarista (Indicada ao Prêmio Apetesp)
  • 1992 - A Ponte
  • 1993 - Cândido
  • 1994 - Clube da Tempestade
  • 1995 - Onde Está Baity?
  • 1997 - O Noviço
  • 1998 a 2007 - Viagem de Gaiato
  • 1999 - Deus Lhe Pague (Direção Bibi Ferreira)
  • 2000 - Tropicanalha
  • 2001 - O Grande Amor de Nossas Vidas
  • 2002 - Homens de Papel
  • 2004 - A Comédia Ordinária (Direção Marcela Leal)
  • 2005 - Cinderela (de José Wilker)
  • 2006/2007 - Banheiro Feminino
  • 2010 - A Caverna do Dragão

Poemas[editar | editar código-fonte]

  • A vida
  • Adeus
  • Liberdades Minhas
  • A Vizinha
  • Vem Cá
  • Um Rato é Um Rato
  • Páginas em Branco
  • Vai Correndo Vai
  • Não Somos Loucos
  • Vem Primavera Vim Te Ver
  • Soneto Ao Entardecer
  • Revolvendo os Porões

Referências

  1. «Delurdes Moraes - Perfil». recantodasletras.com. Consultado em 7 de abril de 2018 
  2. «Carandiru». Cinemateca Brasileira. Consultado em 7 de abril de 2018 
  3. «Espetáculos de Delurdes Moraes». enciclopedia.itaucultural.org.br. Consultado em 4 de março de 2022