Demétrio II Nicátor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Demétrio II Nicátor
Nascimento 161 a.C.
Morte 125 a.C. (36 anos)
Tiro
Cidadania Império Selêucida
Progenitores Pai:Demétrio I Sóter
Cônjuge Cleópatra Teia
Filho(s) Antíoco VIII Filometor, Seleuco V Filometor
Irmão(s) Antíoco VII Sideta
Ocupação soberano

Demétrio II Nicator (? — 125 a.C.), filho de Demétrio I Sóter, foi um rei helenístico.

Demétrio II era filho de Demétrio I Sóter[1]. Participou da Batalha de Antioquia (145 a.C.), no quarto ano da 158a olimpíada, em que morreram Alexandre Balas e Ptolemeu VI Filómetor[1].

Demétrio continuou a guerra, e derrotou Antíoco VI; no ano seguinte ele juntou as tropas na Babilônia para atacar Arsaces[1]. No ano seguinte, o terceiro ano da 160a olimpíada, ele foi capturado por Arsaces[1].

Ele permaneceu prisioneiro por dez anos, e voltou para reinar na Síria [2]. Demétrio atacou o Egito, mas teve que se retirar quando encontrou a oposição de Ptolemeu Fiscão[2].

Ptolemeu instalou Alexandre Zabinas como rei da Síria; Demétrio foi derrotado em uma batalha perto de Damasco, tentou fugir para Tiro, que recusou sua entrada, e foi morto ao tentar escapar de barco, no primeiro ano da 164a olimpíada[2].

Demétrio foi sucedido por seu filho Seleuco, que morreu logo depois, e foi sucedido por Antíoco, outro filho de Demétrio[2].

Referências

  1. a b c d Eusébio de Cesareia, Crônica, 96, Os reis da Ásia Menor após a morte de Alexandre, o Grande
  2. a b c d Eusébio de Cesareia, Crônica, 97, Os reis da Ásia Menor após a morte de Alexandre, o Grande
Precedido por
Alexandre Balas
Rei Selêucida
Dinastia Selêucida
Sucedido por
Antíoco VI