Demi Getschko

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Demi Getschko
Demi Getschko em 2007
Nascimento 15/4/1954
Trieste, Itália
Nacionalidade  Brasileiro
Prêmios Internet Hall of Fame (2014)

Prêmio Profissional Digital ABRADi-SP (2016)

Instituições Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Campo(s) Engenharia elétrica

Demi Getschko (nascido em 15 de abril de 1954 em Trieste, Itália) é um cientista da computação brasileiro nascido na Itália que é considerado um dos pioneiros da Internet no Brasil. Atualmente ocupa o cargo de diretor-presidente do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br).

Carreira[editar | editar código-fonte]

Demi é engenheiro eletricista formado pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo em 1975, com mestrado em 1980 e doutorado em 1989 em engenharia pela mesma instituição.

Trabalhou no Centro de Computação Eletrônica (CCE) da USP (1971-1985) e no Centro de Processamento de Dados da FAPESP (1986-1996). Nesse período, foi coordenador de operações da RNP e participou do esforço da implantação de redes no país. Foi um dos responsáveis pela primeira conexão TCP/IP brasileira, em 1991, entre a FAPESP e a Energy Sciences Network (ESNet), nos Estados Unidos, por meio do Fermilab (Fermi National Accelerator Laboratory).[1] Por isso, é considerado um dos pais da Internet brasileira.

Trabalhou como Diretor de Tecnologia da Agência Estado, empresa do Grupo Estado, em dois períodos: entre 1996 e 2000, e novamente entre 2002 e 2005. Também atuou como Vice-Presidente de Tecnologia do iG entre 2000 e 2001.

Foi, ainda, professor da Escola Politécnica da USP, e hoje é Professor Associado da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, onde leciona Arquitetura de Computadores (AC) e coordena o laboratório da camada 2 do Projeto KyaTera.

Até maio de 2009, atuou como membro da diretoria da Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (ICANN) pela ccNSO (Country Code Names Support Organization), eleito para o período de 2005-2007 e reeleito para 2007-2009.

É Conselheiro do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) desde 1995 e Diretor-Presidente do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br) desde 2006. É também parte do Conselho Consultivo da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico[2]. Em outubro de 2010, foi nomeado membro do Conselho de Administração da Telebrás.[3] Em abril de 2014, foi homenageado com a indicação ao prêmio Internet Hall of Fame, da Internet Society, na categoria "Global Connectors".[4] Em abril de 2016, recebeu uma homenagem especial no 1º Prêmio Profissional Digital da ABRADi-SP, pelos anos de contribuição com a internet brasileira.[5]

Referências

  1. Nomes de domínio na internet Pesquisa sobre o uso das Tecnologias da Informação e da Comunicação no Brasil 2005
  2. www.camara-e.net, Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico -. «Conselho Consultivo - Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico». camara-e.net. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  3. Teletime News Demi Getschko e Carlos Afonso agora são conselheiros da Telebrás
  4. Internet Hall of Fame, Demi Getschko
  5. «Conheça os ganhadores do 1º Prêmio ABRADi-SP Profissional Digital |». ABRADi-SP. Consultado em 6 de abril de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]