Democratas Progressistas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Democratas Progressistas
Progressive Democrats
Fundador Desmond O'Malley
Fundação 1985
Dissolução 2009
Sede Dublin,  Irlanda
Ideologia Liberalismo
Social liberalismo
Liberalismo clássico
Neoliberalismo
Espectro político Centro-direita
Ala Jovem Young Progressive Democrats
Afiliação internacional Internacional Liberal
Afiliação europeia ELDR
Grupo no Parlamento Europeu Aliança dos Democratas e Liberais pela Europa (1989-1994)
Cores Azul e Verde

Os Democratas Progressistas (em irlandês: An Páirtí Daonlathach; em inglês: Progressive Democrats), vulgarmente conhecido como PD, é um partido liberal da República da Irlanda. Em 8 de Novembro de 2008, o partido iniciou o processo de dissolução, e vai se dissolver formalmente mais tarde, em 2009.[1]

Lançado em 21 de Dezembro de 1985 por Desmond O'Malley e por outros políticos que tinham saído dos partidos Fianna Fáil e Fine Gael, a progressistas democratas liberais tomaram posições sobre divórcio, contracepção e outras questões sociais. O partido também apoiou a liberalização económica, preconizando medidas como baixar impostos, retenção fiscal, privatização e reforma pensionária. Ele gozava de uma impressionante estreia no eleições parlamentares de 1987, ganhando 14 lugares no Dáil Éireann e capturando cerca de 12 por cento do voto popular para temporariamente ultrapassar o Partido Trabalhista como o terceiro maior partido da Irlanda.

Embora os Democratas Progressistas nunca mais ganhassem mais de 10 lugares no Dáil, eles formaram coligações parlamentares com o Fianna Fáil durante o 26.º Dáil (1989-92), o 28.º Dáil (1997-2002), o 29.º (2002-07) e o 30.º (2007-09). Estes sucessivos anos, como parceiro do Governo, a jovem coligação deu ao partido uma influência sobre a política e economia irlandesas desproporcional ao seu pequeno tamanho. Em particular, o partido tem sido muitas vezes creditado com a baixa de impostos, com o pró-ambiente empresarial que contribuíram para o Tigre Celta, um bom período económico na década de 1990 e 2000.[2]

O partido é um membro dos Partido Europeu dos Liberais, Democratas e Reformistas (ELDR). Tem como afiliada a Juventude Democrata Progressista.

Resultados eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]

Data Votos % Deputados +/- Status
1987 210 583 11,8 (#3)
14 / 166
Oposição
1989 91 013 5,5 (#4)
6 / 166
Baixa8 Governo
1992 80 787 4,7 (#4)
10 / 166
Aumento4 Oposição
1997 83 765 4,7 (#4)
4 / 166
Baixa6 Governo
2002 73 268 4,0 (#5)
8 / 166
Aumento4 Governo
2007 56 396 2,7 (#6)
2 / 166
Baixa6 Governo

Eleições europeias[editar | editar código-fonte]

Data Votos % Deputados +/-
1989 194 059 12,0 (#3)
1 / 15
1994 73 696 6,5 (#5)
0 / 15
Baixa1
1999 Não concorreu
2004

Referências

  1. "Formal winding-up of PDs delayed for legal reasons", The Irish Times, 28 de fevereiro de 2009. Página visitada em 28 de fevereiro de 2009.
  2. "Shaping the politics that spawned the Celtic Tiger", Irish Independent, 8 de setembro de 2006.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre política é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.