Democratas Progressistas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Democratas Progressistas
Progressive Democrats
Fundador Desmond O'Malley
Fundação 1985
Dissolução 2009
Sede Dublin,  Irlanda
Ideologia Liberalismo
Social liberalismo
Liberalismo clássico
Neoliberalismo
Espectro político Centro-direita
Ala Jovem Young Progressive Democrats
Afiliação internacional Internacional Liberal
Afiliação europeia ELDR
Grupo no Parlamento Europeu Aliança dos Democratas e Liberais pela Europa (1989-1994)
Cores Azul e Verde

Os Democratas Progressistas (em irlandês: An Páirtí Daonlathach; em inglês: Progressive Democrats), vulgarmente conhecido como PD, é um partido liberal da República da Irlanda. Em 8 de Novembro de 2008, o partido iniciou o processo de dissolução, e vai se dissolver formalmente mais tarde, em 2009.[1]

Lançado em 21 de Dezembro de 1985 por Desmond O'Malley e por outros políticos que tinham saído dos partidos Fianna Fáil e Fine Gael, a progressistas democratas liberais tomaram posições sobre divórcio, contracepção e outras questões sociais. O partido também apoiou a liberalização económica, preconizando medidas como baixar impostos, retenção fiscal, privatização e reforma pensionária. Ele gozava de uma impressionante estreia no eleições parlamentares de 1987, ganhando 14 lugares no Dáil Éireann e capturando cerca de 12 por cento do voto popular para temporariamente ultrapassar o Partido Trabalhista como o terceiro maior partido da Irlanda.

Embora os Democratas Progressistas nunca mais ganhassem mais de 10 lugares no Dáil, eles formaram coligações parlamentares com o Fianna Fáil durante o 26.º Dáil (1989-92), o 28.º Dáil (1997-2002), o 29.º (2002-07) e o 30.º (2007-09). Estes sucessivos anos, como parceiro do Governo, a jovem coligação deu ao partido uma influência sobre a política e economia irlandesas desproporcional ao seu pequeno tamanho. Em particular, o partido tem sido muitas vezes creditado com a baixa de impostos, com o pró-ambiente empresarial que contribuíram para o Tigre Celta, um bom período económico na década de 1990 e 2000.[2]

O partido é um membro dos Partido Europeu dos Liberais, Democratas e Reformistas (ELDR). Tem como afiliada a Juventude Democrata Progressista.

Resultados eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]

Data Votos % Deputados +/- Status
1987 210 583 11,8 (#3)
14 / 166
Oposição
1989 91 013 5,5 (#4)
6 / 166
Baixa8 Governo
1992 80 787 4,7 (#4)
10 / 166
Aumento4 Oposição
1997 83 765 4,7 (#4)
4 / 166
Baixa6 Governo
2002 73 268 4,0 (#5)
8 / 166
Aumento4 Governo
2007 56 396 2,7 (#6)
2 / 166
Baixa6 Governo

Eleições europeias[editar | editar código-fonte]

Data Votos % Deputados +/-
1989 194 059 12,0 (#3)
1 / 15
1994 73 696 6,5 (#5)
0 / 15
Baixa1
1999 Não concorreu
2004

Referências

  1. «Formal winding-up of PDs delayed for legal reasons». The Irish Times [S.l.: s.n.] 28 de fevereiro de 2009. Consultado em 28 de fevereiro de 2009. 
  2. «Shaping the politics that spawned the Celtic Tiger». Irish Independent [S.l.: s.n.] 8 de setembro de 2006. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre política ou um cientista político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.