Demolidor (1.ª temporada)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Demolidor (1ª temporada))
Ir para: navegação, pesquisa
Demolidor
(1ª temporada)
Pôster promocional
País de origem  Estados Unidos
Número de episódios 13
Exibição
Emissora original Netflix
Cronologia de temporadas
2ª Temporada

A primeira temporada da web série de televisão americana Demolidor (no original, Marvel's Daredevil, ou simplesmente Daredevil) , que se baseia no personagem de mesmo nome da Marvel Comics, acompanha os primeiros dias de Matt Murdock / Demolidor, um advogado de dia, que combate o crime à noite, se opondo com a ascensão do rei do crime Wilson Fisk. Ela está situada no Universo Cinematográfico Marvel, compartilhando a continuidade com os filmes e outras séries de televisão da franquia. A temporada foi produzida pela Marvel Television em associação com a ABC Studios, DeKnight Prods. e Goddard Textiles, com Steven S. DeKnight servindo como showrunner, e o criador da série Drew Goddard atuando como consultor.

Charlie Cox estrela como Murdock, enquanto Vincent D'Onofrio interpreta Fisk. Os dois são acompanhados pelos principais membros do elenco Deborah Ann Woll, Elden Henson, Toby Leonard Moore, Vondie Curtis-Hall, Bob Gunton, Ayelet Zurer e Rosario Dawson. Demolidor entrou em desenvolvimento no final de 2013, com Goddard inicialmente contratado em dezembro de 2013. DeKnight o substituiu como showrunner e Cox foi contratado para estrelar em maio de 2014. Filmada em Nova York de julho a dezembro de 2014, a temporada se concentra nos elementos mais sombrios e maduros do material de origem. Stephanie Maslansky projetou os trajes para a temporada, com o traje vermelho final para Demolidor projetado por Ryan Meinerding e os artistas de figurino da Marvel Studios. A temporada apresenta ligaçoes e referências a outros projetos do UCM.

Os dois primeiros episódios da temporada estrearam em Los Angeles em 2 de abril de 2015, com a temporada completa de 13 episódios lançada na Netflix em 10 de abril, tendo uma estimada audiência e alta aclamação da crítica. Os críticos elogiaram as atuações, particularmente D'Onofrio, o tom mais sombrio e as seqüências de ação da série comparada a outras propriedades situadas no UCM. A primeira temporada recebeu duas indicações para o Creative Emmy Awards, pelos efeitos visuais do Shade VFX e pela edição de som. A série foi renovada para uma segunda temporada em 21 de abril de 2015. [1]

Produção[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Em outubro de 2013, Marvel e Disney anunciaram que iriam fornecer Netflix com séries em live-action centradas em torno de Demolidor, Jessica Jones, Punho de Ferro e Luke Cage, levando até uma mini-série baseada nos Defensores. [2] Este formato foi escolhido devido ao sucesso de Os Vingadores, para o qual os personagens de Homem de Ferro, Hulk, Thor e Capitão América foram todos introduzidos separadamente antes de serem unidos no filme. [3] Drew Goddard foi contratado para servir como produtor executivo e showrunner de Demolidor, no entanto, em maio 2014, foi anunciado que Goddard tinha deixado o cargo de showrunner, a fim de se concentrar em dirigir um filme baseado no Sexteto Sinistro da Marvel para a Sony Pictures Entertainment. Ele foi substituido por Steven S. DeKnight. Goddard, que escreveu os dois primeiros episódios, permaneceu com a série como consultor e produtor executivo. Também foi revelado que a série seria intitulada Marvel's Daredevil. A primeira temporada é composta por 13 episódios de uma hora de duração, e DeKnight, Goddard, Jeph Loeb, Jim Chory, Dan Buckley, Joe Quesada, Stan Lee, Alan Fine, Cindy Holland, Kris Henigman, Allie Goss e Peter Friedlander são os produtores executivos.

Escrita[editar | editar código-fonte]

A temporada não adapta diretamente qualquer história dos quadrinhos, com DeKnight sentindo que era mais importante se concentrar em "pregar o espírito dos quadrinhos". Ele afirmou que o apoio da Netflix aos "criativos", juntamente com as restrições da Marvel sobre suas propriedades, o levou a empurrar o material de origem o mais longe que pôde, respeitando os personagens e sua história e ficando surpreso como todos estão dispostos a ter um olhar realmente fresco e realmente empurrando o que estão fazendo. Vincent D'Onofrio comparou contanr uma história na Netflix é mais "um filme de 13 horas" do que uma série de televisão e notou que o tempo pode ser tomado para contar a história e "ser muito mais específico". Deborah Ann Woll explicou que o que ela viu como um dos temas mais importantes da série eram pessoas normais que tinham um impacto em "circunstâncias aparentemente insuperáveis", com foco não nas habilidades do Demolidor ou nas qualificações dos personagens, mas em sua vontade de ajudar as pessoas.

Embora a temporada fosse muito mais violenta do que obras anteriores do UCM, DeKnight sentiu que a violência sexual seria ir "muito longe", dizendo que "Demolidor não estava pedindo muitas situações sexuais, especialmente porque Matt Murdock não está realmente em posição de entrar em um relacionamento."

Falando sobre a forma como a temporada revela o nome "Daredevil", DeKnight explicou que várias opções tinham sido levantadas, como "uma das versões nos quadrinhos onde quando ele era uma criança as pessoas costumavam burlá-lo com o nome Daredevil", que fez não se encaixava no mundo da série, ou ter Ben Urich dando ao personagem o nome, mas o momento para isso não funcionou devido à morte de Urich antes do traje final do Demolidor ser introduzido. Foi decidido que em vez de ter o nome Daredevil falado na tela, seria mais fácil apresentá-lo através da mídia como uma manchete de jornal. Por que isso não foi feito para Wilson Fisk como Rei do Crime, DeKnight afirmou que ele sentia que seria "um pouco bobo .... [se] nós fomos, 'Oh eles o chamaram de Daredevil! Oh eles o chamaram de Kingpin!'.

Ligações com o Universo Cinematográfico Marvel[editar | editar código-fonte]

Ligações a outras propriedades do UCM incluem o personagem de Carl" Crusher "Creel, que aparece em Agents of S.H.I.E.L.D. interpretado por Brian Patrick Wade, e é mencionado como tendo lutado com Jack Murdock no seu último combate de boxe. Orfanato St. Agnes, onde tanto Matt Murdock e Skye de Agents S.H.I.E.L.D. foram criados; As insígnias da heroína de Madame Gao, que é uma conexão com o antagonista de Punho de Ferro, Steel Serpent; e menções de Roxxon Oil, uma empresa caracterizada durante todo o UCM.

Episódios[editar | editar código-fonte]

Episódio Titulo Diretor Roteirista Exibição
1.01 "Into the Ring" Phil Abraham Drew Goddard 10 de abril de 2015 (2015-04-10)[a]
Matt Murdock (Demolidor) é um homem que divide sua vida entre a advocacia e as noites sendo um justiceiro. 
1.02 "Cut Man" Phil Abraham Drew Goddard 10 de abril de 2015 (2015-04-10)[a]
Murdock comete um erro quase fatal ao tentar resgatar um garoto sequestrado, e no caminho surge um aliado inusitado. 
1.03 "Rabbit in a Snowstorm" Adam Kane Marco Ramirez 10 de abril de 2015 (2015-04-10)
Murdock e Foggy aceitam um cliente misterioso, mas Murdock está certo de que o caso não é tão simples quanto os fatos levam a crer. 
1.04 "In the Blood" Ken Girotti Joe Pokaski 10 de abril de 2015 (2015-04-10)
Dois irmãos russos a serviço de Fisk lançam um ataque contra o Demolidor. Fisk segue com seus planos para consolidar seu poder no submundo do crime. 
1.05 "World on Fire" Farren Blackburn Luke Kalteux 10 de abril de 2015 (2015-04-10)
Fisk segue com seu plano para com Hell’s Kitchen. Murdock e Foggy aceitam defender inquilinos maltratados por seu senhorio, enquanto Vladimir busca vingança pela morte do irmão. 
1.06 "Condemned" Guy Ferland Joe Pokaski & Marco Ramirez 10 de abril de 2015 (2015-04-10)
O plano de Fisk de controlar Hell’s Kitchen deixa o Demolidor em uma situação difícil. Ben Urich está cada vez mais próximo da verdade. 
1.07 "Stick" Brad Turner Douglas Petrie 10 de abril de 2015 (2015-04-10)
Uma figura importante do passado de Murdock pede ajuda para enfrentar um novo inimigo que ameaça Hell’s Kitchen. 
1.08 "Shadows in the Glass" Stephen Surjik Steven S. DeKnight 10 de abril de 2015 (2015-04-10)
Enquanto a missão de Murdock, Foggy e Karen se torna cada vez mais clara, Fisk começa a perder o controle sobre sua batalha por Hell’s Kitchen. 
1.09 "Speak of the Devil" Nelson McCormick Christos Gage & Ruth Fletcher Gage 10 de abril de 2015 (2015-04-10)
Agora que Fisk está levando vantagem, ficou ainda mais difícil destruí-lo. Enquanto isso, o Demolidor enfrenta seus próprios demônios. 
1.10 "Nelson v. Murdock" Farren Blackburn Luke Kalteux 10 de abril de 2015 (2015-04-10)
A relação entre Murdock e Foggy é colocada à prova. Um novo inimigo de Fisk aparece em Hell’s Kitchen. 
1.11 "The Path of the Righteous" Nick Gomez Steven S. DeKnight & Douglas Petrie 10 de abril de 2015 (2015-04-10)
Fisk e Murdock enfrentam as consequências do caminho que escolheram. Ben e Karen chegam mais perto da verdade sobre o passado de Fisk. 
1.12 "The Ones We Leave Behind" Euros Lyn Douglas Petrie 10 de abril de 2015 (2015-04-10)
Fisk busca vingança enquanto Karen é assombrada pelos acontecimentos. O Demolidor faz uma descoberta reveladora sobre as finanças de Fisk. 
1.13 "Daredevil" Steven S. DeKnight Steven S. DeKnight 10 de abril de 2015 (2015-04-10)
No episódio final da temporada, Fisk, Murdock, Foggy e Karen são obrigados a dar sua cartada final. 

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]