Denatônio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Benzoato de denatônio
Alerta sobre risco à saúde
Denatonium chemical structure.png Denatonium benzoate chemical structure part 2.png
Nome IUPAC benzoato de fenilmetil-[2- [(2,6-dimetilfenil)amino]- 2-oxoetil]-dietilamonio
Identificadores
Número CAS 3734-33-6
PubChem 19518
SMILES
Propriedades
Fórmula molecular C28H34N2O3
Massa molar 446.581
Ponto de fusão

163-170 °C

Riscos associados
Principais riscos
associados
Irritante
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Denatonium , normalmente disponível como benzoato de denatonio (sob nomes comerciais como BITTERANT-b, BITTER + PLUS, Bitrex ou Aversão) e como sacárido de denatônio (sob nomes comerciais como BITTERANTES), é o composto químico mais amargo conhecido, com amargura Limiares de 0,05 ppm para o benzoato e 0,01 ppm para o sacárido. [1] Foi descoberto em 1958 durante a pesquisa sobre anestésicos locais por MacFarlan Smith, de Edimburgo, Escócia, e registado sob a marca Bitrex[2]. Diluições de apenas 10 ppm são insuportavelmente amargas para a maioria dos seres humanos. Os sais de denatonio são geralmente sólidos incolores e inodoros, mas são frequentemente comercializados como soluções. Eles são usados como agentes aversivos (bitterants) para evitar a ingestão inadequada. Denatonium é usado em álcool desnaturado[3], anticongelante, prevenção de mordidas de unhas, máscara respirador fit-testing, repelentes de animais, sabonetes líquidos e xampus. Não se sabe se apresentam riscos à saúde a longo prazo

Denatonium ainda pode atuar como um broncodilatador ativando receptores de sabor amargo e causando relaxamento no músculo liso das vias aéreas e o sua respectiva dilatação.[4].

Pode ser usado, ainda, nas seguintes funções:

  • É adicionado ao álcool (etanol) para evitar que ele seja usado para produção de bebidas alcóolicas (sobre as quais incidem impostos maiores).
  • É adicionado em substâncias químicas potencialmente perigosas.
  • Acredita-se que os ratos não podem detectar seu gosto, o que o torna útil para evitar a ingestão de venenos para ratos.
  • Denatonium é usado em álcool de fricção como ingrediente inativo. É também adicionado a muitos tipos de líquidos nocivos, incluindo solventes tintas, vernizes, artigos de higiene e outros itens de higiene pessoal, e vários produtos domésticos como o álcool de cozinha.

Segundo químicos americanos, é o de uma substância recém-descoberta, cujo amargor pode ser percebido mesmo quando apenas uma gota do líquido é diluída em 1 milhão de gotas de água - algo como 25 mil colherzinhas. A nova substância resultou da mistura de sacarina com benzoato de denatônio, um derivado do ácido benzóico usado como conservante de alimentos, que até então era considerado o horror dos horrores em testes de degustação. Inexplicavelmente, o adoçante acentua o sabor amargo do benzoato de denatônio, tornando-o cinco vezes mais intenso. Os cientistas só não sabem ainda o que fazer com sua descoberta de mau gosto: talvez possa ser utilizada para repelir animais saqueadores, como lobos e cães selvagens.

Referências

  1. «"Safety & Documentation"». D5765 Aldrich: Denatonium benzoate ≥98%. Sigma-Aldrich Co. 10 September 2014.  Verifique data em: |data= (ajuda)
  2. «Bitrex(R) — Branded Denatonium Benzoate». Macfarlan Smith. Consultado em 9 de maio de 2010 
  3. «Ethanol Denaturants». The Online Distillery Network. 22 de novembro de 1993 
  4. Ortiz, Jose Luis; Amparo (10 de outubro de 2016). «Evaluation of Mucociliary Clearance by Three Dimension Micro-CT-SPECT in Guinea Pig: Role of Bitter Taste Agonists». PLoS ONE. 11 (10). ISSN 1932-6203. PMID 27723827. doi:10.1371/journal.pone.0164399 
Ícone de esboço Este artigo sobre um composto orgânico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.