Denis Cheryshev

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Denis Cheryshev
Денис Черышев
Denis Cheryshev Денис Черышев
Denis Cheryshev em 2019
Informações pessoais
Nome completo Denis Dmitrievich Cheryshev
Data de nasc. 26 de dezembro de 1990 (30 anos)
Local de nasc. Górki, União Soviética
Nacionalidade russo
Altura 1,79 m
canhoto
Informações profissionais
Clube atual Valencia
Número 17
Posição Ponta-esquerda
Clubes de juventude
2002–2009 Real Madrid Castilla
Clubes profissionais
Anos Clubes
2009–2013
2013–2016
2013–2014
2014–2015
2016
2016–2019
2018–2019
2019–
Real Madrid Castilla
Real Madrid
Sevilla (emp.)
Villarreal (emp.)
Valencia (emp.)
Villarreal
Valencia (emp.)
Valencia
Seleção nacional
2005–2006
2006–2007
2008–2009
2011–2013
2012–
Rússia Sub-15
Rússia Sub-17
Rússia Sub-18
Rússia Sub-21
Rússia

Denis Dmitrievich Cheryshev - em russo, Денис Дмитриевич Черышев (Górki, atual Nijni Novgorod, 26 de dezembro de 1990) - é um futebolista russo que atua como ponta-esquerda. Atualmente joga no Valencia.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Real Madrid[editar | editar código-fonte]

Filho do ex-jogador russo Dimitri Cheryshev, desenvolveu sua carreira na Espanha quando seu pai ali jogava. A partir de 2002 passou a integrar o Real Madrid Castilla, onde permaneceu até 2013.

Estreou no plantel principal do Real Madrid no dia 27 de novembro de 2012 na partida contra o Alcoyano pela Copa do Rei, tornando-se o primeiro russo a realizá-lo.[1]

Eliminação da Copa do Rei[editar | editar código-fonte]

Após retornar ao clube merengue em 2015, atuou contra o Cádiz no dia 2 de dezembro, pela quarta fase da Copa do Rei, quando marcou um gol. Entretanto, encontrava-se oficialmente suspenso, ocasionando a eliminação direta do Real Madrid da competição.[2][3]

Sevilla[editar | editar código-fonte]

No dia 2 de setembro de 2013, Cheryshev foi oficialmente emprestado ao Sevilla por uma temporada.[4]

Villarreal[editar | editar código-fonte]

Após a temporada 201314, atuando poucas vezes no Sevilla, o jogador foi novamente emprestado, dessa vez para o Villarreal durante a temporada 201415.[5]

Valencia[editar | editar código-fonte]

No dia 1 de fevereiro de 2016 foi novamente emprestado, desta vez ao Valencia, por cinco meses.[6]

Retorno ao Villarreal[editar | editar código-fonte]

No dia 15 de junho de 2016, Cheryshev foi anunciado como novo reforço do Villarreal. O valor pago pelo russo foi de 7 milhões de euros.[7]

Retorno ao Valencia[editar | editar código-fonte]

Já no dia 14 de agosto de 2018, após boa campanha na Copa do Mundo com a Rússia, Cheryshev foi contratado por empréstimo pelo Valencia, clube na qual retornou para sua segunda passagem, ambas por empréstimo.[8]

Seleção Russa[editar | editar código-fonte]

Estreou pela Seleção Russa no dia 14 de novembro de 2012, em um amistoso contra os Estados Unidos. Na ocasião, saiu do banco e entrou restando 15 minutos para o final do jogo.[9]

Copa do Mundo de 2018[editar | editar código-fonte]

No dia 14 de junho de 2018, marcou dois gols na vitória de 5 a 0 da Rússia sobre a Arábia Saudita, na primeira partida da Copa do Mundo.[10] Já no dia 19 de junho, foi um dos destaques da partida ao marcar um gol na vitória de 3 a 1 sobre o Egito, válida pela segunda rodada da fase de grupos.[11] No dia 7 de julho, marcou um gol nas quartas de final contra a Croácia. No final, a partida terminou em 2 a 2 e a anfitriã Rússia foi eliminada nos pênaltis.[12]

Eurocopa de 2020[editar | editar código-fonte]

Em 2 de junho, ele foi convocado para disputar a Eurocopa de 2020. Cheryshev jogou apenas uma partida, pois a Rússia já estava eliminada na primeira fase, e não marcou gols.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Sevilla

Real Madrid

Valencia

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Cheryshev em ascensão faz história no Real». UEFA.com. 28 de novembro de 2013. Consultado em 7 de agosto de 2013. Arquivado do original em 2 de dezembro de 2012 
  2. «Error monumental del Madrid por alinear a Cheryshev ante el Cádiz» (em espanhol). El País. 3 de dezembro de 2015 
  3. «El Real Madrid, eliminado de la Copa por el caso Cheryshev» (em espanhol). La Vanguardia. 4 de dezembro de 2015 
  4. «Comunicado oficial: Cheryshev» (em espanhol). Sítio oficial Real Madrid. 2 de setembro de 2013. Consultado em 2 de setembro de 2013. Arquivado do original em 4 de setembro de 2013 
  5. «¡Bienvenido Cheryshev!» (em espanhol). Sítio oficial Villarreal. 2 de julho de 2014. Consultado em 5 de julho de 2014 
  6. «El Valencia confirma la cesión del madridista Cheryshev» (em espanhol). Liga BBVA. 1 de fevereiro de 2016 [ligação inativa]
  7. Cheryshev assina pelo Villarreal
  8. «Destaque da Rússia na Copa do Mundo, Cheryshev acerta com o Valencia». Globoesporte.com. 14 de agosto de 2018. Consultado em 14 de agosto de 2018 
  9. «Russia 2 USA 2: Capello denied victory as Klinsmann's men fight back in last minute» (em inglês). Dailymail. 14 de novembro de 2012. Consultado em 7 de agosto de 2013 
  10. «Rússia vs. Arábia Saudita». Soccerway.com. Consultado em 14 de junho de 2018 
  11. «Destaque da Rússia na Copa, Cheryschev já foi bode expiatorio no Real Madrid». Globoesporte. 20 de junho de 2018. Consultado em 20 de junho de 2018 
  12. World Cup 2018: Russia 2-2 Croatia (aet; Croatia win 4-3 on pens)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]