Densidade de polarização

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Em eletromagnetismo clássico, densidade de polarização (ou polarização elétrica) é o campo vetorial que expressa a densidade de momentos de dipolos elétricos permanentes ou induzidos num material dielétrico. Quando um dielétrico está colocado num campo elétrico externo, as suas moléculas ganham momento dipolar elétrico e o dielétrico é polarizado. O momento dipolar elétrico induzido por unidade de volume de material dielétrico é chamado de polarização elétrica do dielétrico.[1][2]

A densidade de polarização também descreve como um material responde a um campo elétrico aplicado, bem como a forma como o material muda o campo elétrico, além de também poder ser usado para calcular as forças que resultam de tais interações. Ela pode ser comparada com a magnetização, que é a medida da resposta correspondente de um material a um campo magnético no magnetismo. A unidade SI de medida é coulombs por metro quadrado e a densidade de polarização é representada por um vetor de P.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Introduction to Electrodynamics (3rd Edition), D.J. Griffiths, Pearson Education, Dorling Kindersley, 2007, ISBN 81-7758-293-3
  2. a b McGraw Hill Encyclopaedia of Physics (2nd Edition), C.B. Parker, 1994, ISBN 0-07-051400-3
Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.