Derrubada de Sukhoi Su-24 russo em 2015

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Um Sukhoi Su-24M, semelhante ao abatido pelas forças turcas, na Base Aérea de Khmeimim, em território sírio

Em 24 de novembro de 2015, um caça F-16 da Força Aérea Turca abateu um Sukhoi Su-24M da Força Aérea Russa, perto da fronteira entre a Síria e a Turquia.[1][2] De acordo com o governo turco, a aeronave foi derrubada porque violou a fronteira de seu país, em uma invasão de até de 2,19 quilômetros adentro do território turco durante cerca de 17 segundos, depois de ser avisado para alterar a sua posição por 10 vezes durante um período de cinco minutos.[3] O Ministério da Defesa da Rússia negou que a aeronave tenha saído do espaço aéreo sírio, contra-argumentando que os seus dados de satélite mostraram que o Sukhoi estava a cerca de 1.000 metros dentro do espaço aéreo sírio quando foi derrubado pela forças turcas.[4] O Departamento de Estado dos Estados Unidos confirmou independentemente que trajeto de voo da aeronave realmente violou o território turco e que os turcos deram vários avisos para o piloto, mas sem resposta.[5][6] O governo turco também disse que não sabia a nacionalidade da aeronave no momento do incidente. O presidente russo Vladimir Putin disse que os Estados Unidos sabiam a trajetória de voo do caça e deveria ter informado a Turquia; dois funcionários estadunidenses disseram que a Rússia não informou aos militares dos Estados Unidos o plano de voo.[7]

O piloto e o oficial do sistemas de armas ejetaram da aeronave. O oficial de sistemas de armas foi resgatado; o piloto, no entanto, foi baleado e morto no ar por rebeldes turcomenos sírios enquanto caia de pára-quedas.[8] Um soldado da equipe de infantaria naval russa de busca e salvamento também foi morto quando um helicóptero de resgate foi abatido pelos rebeldes.[8] A derrubada foi a primeira destruição de um avião de guerra russo por um Estado-membro da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) desde a década de 1950.[9][10] As reações ao incidente incluíram duras denúncias da Rússia e uma posterior tentativa de acalmar a situação pela OTAN. O governo russo implantou o cruzador de mísseis guiados Moskva armado com mísseis terra-ar de longo alcance S-300F (SA-N-6 Grumble) ao largo da costa síria perto da cidade de Latakia, além de sistemas móveis de mísses S-400 (SA-21 Growler) na Base Aérea de Khmeimim, em território sírio.[11]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Lydia Tomkiw (24 de novembro de 2015). «What Is A Fencer Su-24? What To Know About The Russian Plane Shot Down By Turkey». International Business Times. Consultado em 24 de novembro de 2015. 
  2. Press release (24 de novembro de 2015). «Hava sahası İletim» [Transmission of Airspace]. Turkish Armed Forces Chief of Staff (em turco). Consultado em 24 de novembro de 2015. 
  3. «Turkey downs Russian jet». Al Jazeera. 24 de novembro de 2015. Consultado em 25 de novembro de 2015. 
  4. Sputnik (24 de novembro de 2015). «Russian Defense Ministry Video Proves Su-24 Never Entered Turkish Airspace». sputniknews.com. Consultado em 25 de novembro de 2015. 
  5. Andrea Mitchell. «U.S. Confirms That Downed Russian Plane Entered Turkish Airspace». NBC News. Consultado em 1 de dezembro de 2015. 
  6. «Daily Press Briefing - November 30, 2015». U.S. Department of State. Consultado em 1 de dezembro de 2015. 
  7. Phil Stewart, Russia didn't give downed jet's flight plan to U.S.: U.S. officials, Reuters (27 de novembro de 2015).
  8. a b «Syrian rebels fired on parachuting Russian pilots, killing at least one after Turkey shot down warplane: official». National Post. 25 de novembro de 2015. Consultado em 25 de novembro de 2015. 
  9. «Turkey downing that Russian fighter jet is terrible news for the war on ISIS.». Slate Magazine. Consultado em 25 de novembro de 2015. 
  10. «A NATO Country Just Shot Down a Russian Warplane for the First Time Since the Cold War». Maxim 
  11. Victoria Richards (25 de novembro de 2015). «Russia deploys warship to Mediterranean to destroy 'any target' after plane shot down by Turkey». The Independent. Consultado em 27 de novembro de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Derrubada de Sukhoi Su-24 russo em 2015
Ícone de esboço Este artigo sobre um conflito armado é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.