Design computing

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Design Computing refere-se ao estudo e prática de atividades de design por meio da aplicação e desenvolvimento de novas idéias e técnicas em computação. Um dos primeiros grupos a cunhar esse termo foi o Key Center of Design Computing and Cognition na University of Sydney na Austrália, que por quase cinquenta anos (do final da década de 1960 até hoje) foi pioneiro na pesquisa, ensinando e consultoria de design e tecnologias computacionais. Este grupo organizou a série de conferências acadêmicas "Inteligência Artificial em Design (AID)[1] publicado pela Springer durante esse período. A AID foi renomeada mais tarde "Design Computing and Cognition (DCC)"[2] e atualmente é uma conferência bianual. Outros grupos notáveis ​​nessa área são os da Massachusetts Institute of Technology's School of Architecture + Planning and the Computational Design[3][4] e da Georgia Tech.

Nos últimos anos grande número de pesquisadores e educadores tem se agrupado no termo Design Computing das seguintes áreas:

Referências

  1. Artificial Intelligence in Design ’92 | John S. Gero | Springer (em inglês). [S.l.: s.n.] 
  2. Gero, John. «Eighth International Conference on Design Computing and Cognition DCC'18 or DCC18». dccconferences.org. Consultado em 13 de novembro de 2017 
  3. architecture.mit.edu/computation/program/overview
  4. «Computational Design | School of Architecture | Georgia Institute of Technology | Atlanta, GA». arch.gatech.edu (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2017 
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.