Desigualdades sociais e raciais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Desigualdade racial e social)

Existe várias correlações entre desigualdades sociais e raciais[1][1][2] ocorrendo sempre entre etnias diferentes,[3][4][5][6][7][8][9][10][11] ocorrendo em países tecnocratas-liberais[12] fruto do colonialismo[13] com níveis de desenvolvimento díspares tais quais Brasil e Estados Unidos.[3][14] Ela se reflete no encarceramento em massa,[15][16] no acesso a segurança,[17][18][19][20] no acesso a saúde,[21][22][23] a herança,[24] no direito ao voto,[25] no acesso aos direitos trabalhistas,[26] ao ensino,[27][28][29] ao transporte,[30] a Internet,[31] no acesso a saúde mental[32] dentre outros serviços não menos importantes. Alguns governos tem se posicionado contra esta situação.[33]

A desigualdade racial também pode resultar na diminuição das oportunidades para membros de grupos marginalizados, o que por sua vez pode levar a ciclos de pobreza e marginalização política. Um excelente exemplo disso é o redlining em Chicago, onde linhas vermelhas seriam desenhadas em mapas ao redor de bairros negros, especificamente com o propósito de não permitir que eles deixassem de ter moradias públicas depredadas por não conceder empréstimos a negros.[15] As categorias raciais e étnicas tornam-se uma categoria minoritária em uma sociedade. Membros minoritários em tal sociedade são freqüentemente sujeitos a ações discriminatórias resultantes de políticas da maioria, incluindo assimilação, exclusão, opressão, expulsão e extermínio.[3] Por exemplo, durante a corrida para as eleições federais de 2012 nos Estados Unidos, a legislação em certos "estados de batalha" que alegava visar a fraude eleitoral teve o efeito de privar dezenas de milhares de eleitores principalmente afro-americanos.[34] Esses tipos de barreiras institucionais à participação social plena e igualitária têm efeitos de longo alcance nas comunidades marginalizadas, incluindo oportunidades e resultados econômicos reduzidos, resultados e oportunidades educacionais reduzidos e níveis reduzidos de saúde geral.[14] Nos Estados Unidos, Angela Davis argumenta que o encarceramento em massa tem sido uma ferramenta moderna do estado para impor desigualdade, repressão e discriminação aos afro-americanos e hispânicos.[16] Existe um movimento nos Estados Unidos encabeçado por Bernie Sanders para se combater essa temática no século XXI[35] embora tenha sido mal sucedido.[36]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b University, Stanford (16 de junho de 2017). «Report finds significant racial and ethnic disparities». Stanford News (em inglês). Consultado em 11 de maio de 2021 
  2. Adams, Gordon (8 de julho de 2019). «The Ugly Face of America». LobeLog (em inglês). Consultado em 11 de maio de 2021 
  3. a b c Halbfinger, David M.; Kershner, Isabel (19 de julho de 2018). «Israeli Law Declares the Country the 'Nation-State of the Jewish People'». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 11 de maio de 2021 
  4. England, P., K. Christopher, and L. L. Reid. 1999. “Gender, Race, Ethnicity, and Wages.”Latinas and African American Women at Work: Race, Gender, and Economic Inequality, pp. 139–82.
  5. July 1, Tyler Shipley /; 2020. «The world is burning and Canada will not extinguish it». canadiandimension.com (em inglês). Consultado em 11 de maio de 2021 
  6. “Roosevelt and Stalin, Portrait of a Partnership”, (page 327, Knopf edition)
  7. «Twitter didn't fuel the Tottenham riot | Reni Eddo-Lodge». the Guardian (em inglês). 8 de agosto de 2011. Consultado em 11 de maio de 2021 
  8. «Free Public Transit in Canada?». Canadian Region (em inglês). 23 de janeiro de 2020. Consultado em 19 de maio de 2021 
  9. Drawing the Global Colour Line: White Men’s Countries and the International Challenge of Racial Equality, Cambridge: Cambridge University Press; David Walker (1999)
  10. Blumenthal, Max & Dana, Joseph, “Facing  up to Jewish Nationalism and Racist Violence”, March 3, 2011,
  11. «CERD/C/VEN/CO/19-21». ONU. 2019. Consultado em 24 de maio de 2021 
  12. Joel Kovel, Against the State of Nuclear Terror, Boston: South End Press, 1983, 129.
  13. Malcolm X, “The Ballot or the Bullet”, speech delivered in Cleveland on April 3, 1964, at Cory Methodist Church where the Congress of Racial Equality organized a symposium entitled “The Negro Revolt – What Comes Next?”. Speech transcribed in , New York, Pathfinder, 1989, p. 23-44; 42-43.
  14. a b Discovering a Racial Problem in Brazil
  15. a b Loïc Wacquant (2014). «Marginality, ethnicity and penality in the neo-liberal city: an analytic cartography» (PDF). Ethnic and Racial Studies. 37 (10): 1687–711. CiteSeerX 10.1.1.694.6299Acessível livremente. doi:10.1080/01419870.2014.931991. Arquivado do original (PDF) em 10 de outubro de 2015  Parâmetro desconhecido |s2cid= ignorado (ajuda)
  16. a b Borden, Sam (15 de outubro de 2013). «Romário, a World Cup Champion, Is Now a World Cup Dissenter». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 11 de maio de 2021 
  17. «Black Americans killed by police twice as likely to be unarmed as white people». the Guardian (em inglês). 1 de junho de 2015. Consultado em 11 de maio de 2021 
  18. Jones, Ryan Gabrielson,Eric Sagara,Ryann Grochowski. «Deadly Force, in Black and White». ProPublica. Consultado em 11 de maio de 2021 
  19. Swaine, Jon; Laughland, Oliver; Lartey, Jamiles; Davis, Kenan; Harris, Rich; Popovich, Nadja; Powell, Kenton; team, Guardian US interactive. «The Counted: people killed by police in the United States – interactive». the Guardian (em inglês). Consultado em 11 de maio de 2021 
  20. Robert Costa, Philip Rucker (22 de agosto de 2017). «Military leaders consolidate power in Trump administration». Washington Post. Consultado em 19 de maio de 2021 
  21. «The US empire is falling apart. But things can always get worse». Middle East Eye (em inglês). Consultado em 11 de maio de 2021 
  22. «Racism and the Health of the Public | SPH». www.bu.edu. Consultado em 11 de maio de 2021 
  23. Judeus eram ligados a “maggot [found] in a rotting body” (p. 57), or a “parasite,… who like a noxious bacillus keep spreading” (p.305) (Adolf Hitler, Mein Kampf, Houghton Mifflin Co., Boston (1942), thirteenth printing, Sentry Edition C)
  24. BILLIONAIRE BONANZA
  25. «Unverified 'Threats,' Uncritically Reported: A Tradition as Old as Protest». FAIR (em inglês). 3 de maio de 2015. Consultado em 19 de maio de 2021 
  26. Black Workers, Unions, and Inequality
  27. Rosen, Jeffrey (29 de abril de 2013). «The Delete Squad». The New Republic. ISSN 0028-6583. Consultado em 11 de maio de 2021 
  28. Malik, Sajjad Ali. «Freire or Friedman? In defense of critical education». ROAR Magazine (em inglês). Consultado em 11 de maio de 2021 
  29. Decentralization of Education in Chile: A case of institutionalized class segregation
  30. November 25, James Wilt /; 2017. «On the rails: A case for renewed leftist infatuation with transport». canadiandimension.com (em inglês). Consultado em 11 de maio de 2021 
  31. «Net Neutrality: What You Need to Know Now». Free Press (em inglês). Consultado em 11 de maio de 2021 
  32. «The Black Commentator - Starve the Racist Prison Beast - Issue 65». blackcommentator.com. Consultado em 11 de maio de 2021 
  33. Díaz-Canel, Miguel. «Our people, who take pride in our history and are committed to the ideals and achievements of the Revolution, will resist and triumph». en.granma.cu (em inglês). Granma. Consultado em 11 de maio de 2021 
  34. Alvarez, R. Michael; Baily, Delia; Katz, Jonathan (janeiro 2008). «The Effect of Voter Identification Laws on Turnout». California Institute of Technology Social Science Working Paper No. 1267R. SSRN 1084598Acessível livremente 
  35. «Tom Hayden, Courageous Warrior for Peace». Consortiumnews (em inglês). 26 de outubro de 2016. Consultado em 19 de maio de 2021 
  36. 158. «Georgia's New Voter Suppression Law and Corporate Support | Brennan Center for Justice». www.brennancenter.org (em inglês). Consultado em 19 de maio de 2021