Deus Salve o Rei

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção se refere ou tem relação com uma telenovela em exibição.
A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (Editado pela última vez em 14 de julho de 2018.)
TV-icon-novela-current.svg
Deus Salve o Rei
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero
Duração 38 minutos[1]
Estado Em produção e exibição
Criador(es) Daniel Adjafre
País de origem Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Fabrício Mamberti
Câmera Multicâmera
Roteirista(s) Sérgio Marques
Angélica Lopes
Dino Cantelli
Cláudia Gomes
Cristina Biscaia
Péricles Barros
Elenco
Tema de abertura "Scarborough Fair", Aurora[3]
Localização Estúdios Globo
Exibição
Emissora de televisão original Rede Globo
Formato de exibição 1080i (HDTV)
Transmissão original 9 de janeiro de 2018 – presente

Deus Salve o Rei é uma telenovela brasileira produzida pela Rede Globo e exibida desde 9 de janeiro de 2018, substituindo Pega Pega. É a 91.ª novela das sete exibida pela emissora. Nessa faixa horária, característica pelas comédias e experimentações,[4][5] interrompeu a sequência de doze anos com produções ambientadas na atualidade, uma vez que a última ambientada no passado foi Bang Bang, exibida entre 2005 e 2006 e cuja trama se passava no Velho Oeste dos Estados Unidos.[6] Por outro lado, apesar do tema histórico, estão presentes na trama questões contemporâneas, tal como o retrato da nudez, a escassez de água e a "crítica ao poder, aos reis, aos governantes", nas palavras do autor Daniel Adjafre.[7] A trama é conduzida pelo questionamento central acerca da inevitabilidade o destino e do poder do livre-arbítrio.[8]

O lançamento da telenovela ocorreu em meio ao sucesso das telesséries estadunidenses Game of Thrones e Vikings, das quais a cenografia e a fotografia se inspiraram.[9][9] A trama foi comparada com Que Rei Sou Eu?, telenovela exibida em 1989 pela mesma emissora e que também possuía o tema medieval, embora tratasse de uma comédia pastelão.[7][10] Coincidentemente, Deus Salve o Rei estreou na mesma época de outra telenovela medieval, Belaventura, produzida pela RecordTV e exibida no mesmo horário, tendo tramas semelhantes, dado que ambas trazem uma disputa pelo trono entre dois reis, uma princesa antagonista que anseia por tomar todo poder para si e a paixão entre uma plebeia e um príncipe como romance principal, embora nenhuma das duas apostasse no nível de violência de Games of Thrones pelo horário exibido.[11]

Apesar da temática medieval ser tratada como inédita erroneamente pela imprensa, outras telenovelas brasileiras já haviam sido ambientadas na época, como Meu Filho, Minha Vida (1967) e O Pequeno Lord (1967), da TV Tupi, Anastácia, a Mulher sem Destino (1967), da Rede Globo, O Príncipe e o Mendigo (1972), da RecordTV, e Renúncia (1982), da Band.[7] Escrita por Daniel Adjafre, com colaboração de Sérgio Marques, Angélica Lopes, Dino Cantelli, Cláudia Gomes, Cristina Biscaia[12] e Péricles Barros, conta com a direção de João Bolthauser, Oscar Francisco, Pedro Brenelli e Bernardo Sá, com a direção geral de Luciano Sabino e a direção artística de Fabrício Mamberti.

Conta com as participações de Bruna Marquezine, Marina Ruy Barbosa, Rômulo Estrela, Johnny Massaro, Tatá Werneck, José Fidalgo, Marco Nanini e Rosamaria Murtinho.[2]

Produção

Escolha do elenco

Originalmente Agatha Moreira havia sido escalada para interpretar a protagonista Amália, mas perdeu o papel para Marina Ruy Barbosa, que seria a protagonista da novela "O Sétimo Guardião", que foi adiada. Agatha Moreira foi então escalada para fazer a personagem Jane em Orgulho e Paixão.[13][14][15] Renato Góes foi convidado para interpretar o protagonista Afonso, mas negou o convite para tirar férias após Os Dias Eram Assim.[16] Apesar da recusa, a emissora negou as férias e ordenou que sua escalação fosse efetivada, sendo que Renato chegou a gravar as primeiras cenas com o diretor Fabrício Mamberti.[17] Após ter que regravar algumas cenas, no entanto, o ator alegou esgotamento e conseguiu a dispensa da trama, sendo subsistido por Rômulo Estrela, que originalmente interpretaria o irmão da protagonista, Thiago.[18] Com o remanejamento, a emissora realizou testes para o papel de Thiago e escolheu como intérprete Vinícius Redd, que estava fora das novelas há cinco anos, desde Além do Horizonte.[19][20]

Bruna Marquezine estava de férias no exterior, quando foi convocada a voltar ao Brasil para integrar o elenco da trama como a antagonista principal.[21] Walter Breda viveria o pai de Amália e já havia gravado as primeiras cenas como o personagem antes de apresentar graves problemas de saúde e precisar se desligar da trama, sendo substituído pelo ator português Giulio Lopes.[22] A cantora Paula Fernandes originalmente faria uma participação interpretando a cômica freira Rosana em uma cena que se passaria em um convento, porém o autor decidiu mudar os acontecimentos da história e a aparição foi cancelada.[23][24]

Cenografia

O Castelo de Alhambra, na Espanha, serviu de inspiração para os castelos cenográficos da trama.

Originalmente planejava-se enviar parte do elenco para gravar a introdução da novela na Europa, porém a direção avaliou que o alto valor inflacionado do euro, unido ao fato da contenção de gastos em todos os setores no Brasil, superfaturaria o orçamento, sendo que apenas a equipe de gravação e efeitos foi enviada para fora do país para captar cenas aéreas dos bosques e montanhas para que fossem sobrepostas a cenas gravadas em estúdio no Brasil, simulando que os cenários se passavam no continente europeu.[25] Em março de 2017 a equipe de gravação viajou para Espanha, Escócia e Islândia para captar as cenas externas, como em antigos castelos e vilarejos preservados historicamente.[25] A cidade cenográfica foi montada nos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro, com um total de 1,8 mil metros quadrados e cenários fixos.[25][26] As cenas que deveriam parecer externas foram gravadas na verdade em estúdio com chroma key, um fundo verde no qual as imagens captadas na Europa foram preenchidas digitalmente, incluindo as florestas, vilas e pastos.[27] Já as cenas que precisaram serem gravadas realmente em ambiente externo utilizaram como cenário a reserva ambiental da emissora.[25] A veterinária Debby Lagranha – antigamente atriz – foi contratada para cuidar do bem estar dos animais envolvidos na gravação.[28]

Incêndio e acidentes

Por volta das 18h de 9 de novembro de 2017, um incêndio consumiu um galpão, localizado nos Estúdios Globo, que era usado pela produção da telenovela. A atriz Rosamaria Murtinho estava em cena quando o incêndio começou, ela foi tirada as pressas por dois funcionários da produção.[29] Ainda, no momento do incidente, o ator Rômulo Estrela juntamente com o diretor Fabrício Mamberti estavam trabalhando quando o fogo se alastrou. Em comunicado, a emissora informou que as gravações foram interrompidas.[30] Equipe e elenco se reuniram no dia seguinte para discutir o planejamento da obra e mantiveram a data de estreia para janeiro de 2018. Na ocasião, todos os presentes usaram uma camiseta com a frase "Somos todos Deus Salve o Rei — 9/jan/18".[31] As gravações foram reiniciadas em 10 de novembro.[32] Em 3 de dezembro de 2017 Rômulo Estrela foi atingido por uma espada cenográfica na cabeça, sendo levado ao hospital, onde levou oito pontos.[33]

Exibição

A ordem de sucessão do horário das sete horas, após o término de Pega Pega, estava definida com a escalação das tramas Fora de Órbita, de Rui Vilhena, e Barba Azul, de Antonio Calmon, mas ambas acabaram canceladas em períodos distintos, pelo diretor de dramaturgia Silvio de Abreu. Com isso, Verão 90 Graus foi antecipada e chegou a ser confirmada como sucessora de Pega Pega, mas após o diretor responsável pela história, Jorge Fernando, sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC), ficou sem condições de dirigir a trama, obrigando a emissora a invertê-la com Deus Salve o Rei, que iria entrar no ar somente no segundo semestre de 2018.[34]

A data de estreia — 9 de janeiro de 2018 — foi anunciada pela jornalista Carla Bittencourt, do blogue Telinha, ainda em setembro de 2017.[35] Mesmo com o incêndio que provocou uma pausa de três dias nas gravações, seu lançamento não foi adiado.[31] O primeiro teaser foi divulgado em 3 de dezembro de 2017 e mostrou Rômulo Estrela voltando ao tempo, começando na modernidade e indo até ao período medieval, quando seu personagem se encontra com a de Marina Ruy Barbosa.[36] O lançamento da telenovela no mês de janeiro representa um desafio e uma interrupção nos oito anos de estreias posteriores a março, isso devido ao fato de fatores como horário de verão e férias diminuírem a audiência e a fidelização dos telespectadores àquela produção.[6]

Em 7 de março o Ministério da Justiça aumentou a classificação indicativa da novela para "Não recomendado para menores de 12 anos", passando a valer a partir do capítulo de 8 do mesmo mês. A reclassificação se deve por conta das cenas de violência e conteúdo sexual.[37]

Exibição no Exterior

Assim como as outras tramas anteriormente exibidas no horário das 7 no Brasil, a Globo Internacional começa a transmitir a trama no dia 07 de maio de 2018. A emissora exibiu a novela exclusivamente à convidados e imprensa, em 3 de maio de 2018.[38]. A ação é idêntica ao que foi feito no Brasil, onde a Globo levou o 1° capítulo aos cinemas de capitais como Recife, Salvador, São Paulo e Rio. Em outros continentes a estreia já ocorreu. A exemplo da Ásia, que transmite os capítulos em dois horários durante a semana. [39]

Enredo

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

A trama medieval apresenta os reinos de Montemor e Artena, os mais poderosos de uma região fictícia denominada Cália, por volta de 1.300 d.C [40]. Durante muitos anos, os reinos vivem em paz e mantêm um acordo para fornecimento de água, recurso abundante em Artena, mas escasso em Montemor. Em troca de água, Montemor fornece sua produção de minério para Artena. Há décadas, a Rainha Crisélia de Monferrato (Rosamaria Murtinho) governa o reino de Montemor com justiça e honradez. Já doente, ela prepara o seu último feito, a inauguração de um aqueduto, construção que promete acabar com toda a carência de água. No entanto, o lago que serviria como fonte para o reino secou, e o fracasso da obra culmina em uma expedição por novas fontes de água. Neto de Crisélia e príncipe herdeiro do trono, Afonso (Rômulo Estrela), embarca numa jornada pelo recurso. A Rainha, ciente de sua saúde, ordena que o neto assuma o trono assim que retornar da expedição. Com maus presságios de Crisélia, a tropa é atacada por ladrões e Afonso é ferido com uma flechada. Ainda ferido e perdido na floresta, Afonso é encontrado por Amália (Marina Ruy Barbosa), uma plebeia de Artena, por quem o herdeiro de Montemor se apaixona, mesmo ela sendo noiva de Virgílio (Ricardo Pereira), um artinhoso comerciante. Já o reino de Artena, é governado pelo sábio e benevolente Augusto de Lurton (Marco Nanini) que preserva a relação de paz entre os reinos. Porém sua filha, princesa Catarina (Bruna Marquezine), ao saber da situação delicada de Montemor, planeja refazer acordos mais vantajosos com o reino vizinho, além de fortalecer o exército para possíveis batalhas. [41]

Quando Afonso é dado como morto em Montemor, a Rainha Crisélia fica cada vez mais doente e acaba vindo a falecer, levando o irmão caçula de Afonso, o irresponsável e inconsequente Rodolfo (Johnny Massaro), a se preparar para assumir o trono de Montemor. Se aproveitando da situação, os conselheiros de Rodolfo, Petrônio (Leandro Daniel) e Orlando (Daniel Warren), não medem esforços para persuadir o príncipe a se tornar rei, uma vez que se tornariam os homens mais poderosos do reino abaixo do rei. Ao saber da morte de sua avó, Afonso aparece em Montemor e abdica do trono por está extremamente apaixonado por Amália e decide viver com sua amada em Artena, dando também uma missão ao seu amigo Cássio (Caio Blat), a ser o conselheiro de Rodolfo já que agora ele se tornará rei de Montemor, uma vez que não confia em Petrônio e Orlando como conselheiros do futuro rei. Afonso passa a viver como plebeu, casa-se com Amália e muda-se para casa da família de sua esposa. Isso causa a fúria de Virgílio, que indignado por Amália ter o trocado por Afonso faz de tudo para separá-los, desde de tentar despejar a família de Amália de sua casa, como também mandar a bruxa Brice (Bia Arantes) enfeitiçar Amália para voltar para ele.

A princesa Catarina está de casamento marcado com o Marquês de Cordona, Istvan Labarca (Vinicius Calderoni), e por ser um homem de pouco poder político Catarina recusar-se a casar-se com ele e se une com o Duque de Vicenza, Constantino (José Fidalgo), para se livrar do marquês. Os dois conseguem forja um plano onde usariam a prima de Catarina, Mirtes (Maria Manoella), a ser pega na cama com o marquês, o que acontece fazendo o rei Augusto romper o noivado de sua filha com Istvan. Com o marquês fora do caminho, Catarina pretende casar-se com Constantino uma vez que ele tem um grande exército que poderia juntar-se ao de Artena para deixar o reino mais forte, mas seus planos falham quando Constantino revela ser um traidor e por em risco a vida da princesa num sequestro. Por fim, Catarina é salva por Afonso no qual ela passa a mostrar certo interesse nele.

Rodolfo se torna Rei de Montemor, e passa a não se importar com os problemas do reino e passa também a não dar ouvidos aos conselhos de Cássio. Visando o bem estar de seu rei e na continuação da linhagem dos Monferratos, Petrônio e Orlando aconselham o rei a se casar para que possa ter futuros herdeiros, no qual Rodolfo aceita a proposta. Várias princesas são apresentadas ao rei, mas só a princesa de Alcaluz, Lucrécia (Tatá Werneck), é escolhida por Rodolfo. Os dois então se casam, mas devido aos ataques de ciúmes de Lucrécia, Rodolfo ao passar do tempo perde seu interesse por sua esposa e se envolve com Catarina. Devido sua obsessão em querer ser rainha, Catarina planeja um golpe de estado contra seu próprio pai, junto com Rodolfo que fica perdidamente apaixonado por ela. Após seu pai ser vítima de um atentado planejado com uma arma de Montemor, e para fazer parecer vingança, Catarina corta o fornecimento de água para Montemor, fazendo com que o povo se revolte e exija de Rodolfo uma guerra contra Artena. O exército de Montemor é então preparado para atacar sob os comandos do capitão Romero (Marcello Airoldi). Uma grande guerra então é declarada, e para evitar um banho de sangue, Afonso tenta fazer com que Rodolfo desista de atacar Artena, mas o rei de Montemor não volta atrás em sua decisão e suas tropas atacam o reino vizinho pela independência da água. Na batalha, alguns soldados lutaram bravamente por seus reinos, como Saulo (João Vithor Oliveira), Selena (Marina Moschen) e Ulisses (Giovanni De Lonrezi) por Montemor; Thiago (Vinícius Redd) e o conselheiro do rei Augusto, Demétrio (Tarcísio Filho), junto com Afonso, que lutaram por Artena. Quando o castelo de Artena foi invadido, o rei Augusto pediu para que sua filha fugisse sem ele na companhia de Demétrio. Demétrio acabou descobrindo que a guerra foi planejada pela princesa e foi morto a mando de Catarina. Por fim, Augusto descobre toda a verdade ao encontrar Catarina aos beijos com Rodolfo, e a princesa revela-se ser uma pessoa malévola ao exilar o próprio pai para a Torre de Zéria, longe do reino.

Com Artena destruída, várias famílias se refugiam em Montemor, incluindo Afonso e Amália que adotaram um menino órfão chamado Levi (Tobias Carrieres). Como parte do plano, Catarina é vista pela população como prisioneira de Rodolfo, e os dois, planejam agora se livrar da rainha Lucrécia para que enfim fiquem juntos. Com ajuda de Petrônio e Orlando, Rodolfo faz com que Lucrécia seja acusada de adultério e assim conseguiu se divorciar da princesa de Alcaluz; Lucrécia por sua vez, decide se tornar freira. Por ser tanto negado pelo rei, Cássio acabou abandonando sua posição no conselho e no exército e decide viver fora do castelo, algo que deixa Rodolfo de certa forma abismado. Ao passar do tempo, Catarina já não era mais vista como prisioneira e para conquistar o povo de Montemor, começou a fazer encontros beneficentes ao povo, prestando solidariedade e apoio a população. Essa atitude da princesa não convence Amália, que de certa forma desconfia de Catarina. Meses depois, Catarina então se torna rainha ao casar-se com Rodolfo e continua fingindo ser uma monarca de boa índole e justa para com seu povo. Para cobrir os gastos de seu casamento com Catarina, o rei Rodolfo começou a cobrar impostos altos para população de todas as classes, e isso acarreta indignação da parte dos plebeus. Cássio tenta fazer com que o povo se revolte contra o trono e inicie uma revolução, mas Afonso e Amália tentam resolver a situação da maneira mais pacífica possível. Afonso alega que outra guerra não seria algo bom para o povo, e que ele mesmo irá levar as reivindicações dos cidadãos para seu irmão. Aproveitando-se da situação, Catarina incentiva Rodolfo a ficar mas próximo de seu irmão e aderir os conselhos de Afonso, pois, uma vez que os irmãos trabalhassem juntos, Catarina ficaria mais próxima de Afonso com o intuito de separá-lo de Amália para que a plebeia não tenha um herdeiro legítimo do trono. Além disso, a nova rainha também pretende ter um filho de Rodolfo para que ele seja o herdeiro de fato do trono de Montemor.

Ao passar do tempo, Montemor entra em um estado de falência e Rodolfo demonstra não saber mais governar, causando ainda mais a revolta da população que começa a sofrer pela a escassez de água e recursos. Vendo o sofrimento do povo, Afonso não vê outra alternativa senão tomar o trono de seu irmão, e junto com Cássio, Amália e alguns outros, fazem um plano arriscado para sequestrar Rodolfo e Catarina e obrigá-los a abandonar a coroa. Quando o plano é posto em prática, Afonso e seus aliados invadem o castelo e não chegam a concluir a missão, pois são capturados após Virgílio ter alertado Rodolfo do golpe, uma vez que descobriu o plano de Afonso. Afonso e Amália conseguem fugir de Montemor com Levi para não serem condenados, mas Cássio e o irmão de Amália, Thiago, não tiveram sorte e foram condenados a prisão perpetua na Pedreira de Angór. Foragido, Afonso acaba desenvolvendo uma raiva por Rodolfo e pretende derrubá-lo do poder o mais rápido possível, e para isso ele decide pedir o apoio aos monarcas dos reinos vizinhos. O Rei Otávio de Lastrilha (Alexandre Borges), apoia Afonso pelo fato de que o reinado de Rodolfo está interferindo nos negócios de seu reino. Após um breve encontro na floresta, os dois monarcas decidem se encontrar outra vez em Lastrilha para desenvolver um plano com outros monarcas para o golpe, mas Afonso é traído por Otávio quando este levou Rodolfo para reunião em seu castelo, o que ocasionou a prisão de Afonso. Otávio traiu Afonso para ter posse do Vale de Laios, terras de Artena. O destino por tal ato contra a coroa de Montemor é a morte, mas Rodolfo condenou seu irmão a prisão perpetua na Pedreira de Angór. Enquanto isso, Amália permanece foragida com Levi, mas os dois acabam sendo capturados por Virgílio e aprisionados em uma cabana na floresta, para que os soldados da rainha não os matassem. Amália é obrigada a viver com as ameaças de Virgílio, no qual o homem completamente perturbado afirma que a mulher será sua esposa de qualquer forma, nem que para isso ela passe o resto da vida aprisionada na cabana.

Na Pedreira de Angór, Afonso reencontra-se com Cássio e Thiago; e eles juntos são obrigados a aturar as regras rígidas da prisão. Como se não bastasse, os três são forçados a assistir e a lutarem uns contra os outros em lutas de arena: atração feita pelos próprios presos. Certo dia, Afonso recebe a visita inesperada de Catarina, que lhe dá dinheiro para que ele compre a lealdade de alguns guardas para poder fugir. Feito isso, Afonso considera a ajuda de Catarina como uma divida, e promete pagá-la com a reconstrução de Artena. Mais tarde, Afonso, Thiago e Cássio decidem fugir da pedreira e para isso eles se aliam ao mafioso Duque Constantino que havia sido preso na pedreira também. Após arquitetarem um plano infalível, os homens conseguem escapar da pedreira, mas durante a fuga Cássio é morto por uma flecha e Constantino é preso novamente. Catarina ao saber da fuga de Afonso e com o fim do reinado de Rodolfo cada vez mais próximo, deseja encontrar o cativeiro de Amália para matá-la, pois sem a plebeia em seu caminho ela poderia se casar com Afonso, continuar sendo rainha e ter um herdeiro. Mas Virgílio ao descobrir que Catarina mantinha o rei Augusto exilado, passa ameaçar a rainha em entregar uma carta vindo da Torre de Zéria ao Conselho Real. Catarina - as escondidas - manda retirar seu pai da torre e levá-lo para outro lugar, e para má sorte de Virgílio, Catarina recupera a carta, e dias depois consegue a localização da cabana onde Amália está. Durante uma noite, Catarina e seu guarda-costas fiel Delano (Jaedison Bahia) encontra Virgílio fugindo da cabana após deixar Amália inconsciente e Levi preso em um quarto. Ela mostra a carta que ele tinha lhe roubado e manda Delano com outros guardas deixar o homem inconsciente e o colocar de volta à cabana para que Virgílio, Amália e Levi morressem queimados em um incêndio. Rodolfo ao saber da fuga de Afonso, manda o capitão Romero e seu exército irem atrás do príncipe herdeiro, porém, com a ajuda de Selena, Ulisses, Thiago e a pequena bruxa Agnes (Mel Maia), Afonso consegue escapar do exercito e chegar a tempo de salvar Amália e Levi do incêndio. Com Amália e Levi ao seu lado, e acreditando que Virgílio está morto, Afonso continua sua luta para derrubar Rodolfo, e para isso ele vai em aldeias, vilarejos e cidadelas convencendo o povo a se rebelar contra o rei.

Enquanto isso, Catarina planeja se livrar de Constantino que está preso na masmorra do castelo, uma vez que ele disse a Rodolfo o paradeiro de Afonso, e com isso, a rainha usa Diana (Fernanda Nobre) para envenenar seu ex-noivo na intenção de acabar com as chantagens do homem exigindo moedas de ouro. Feito isso, Catarina passa ameaçar Diana de morte, para que ela não conte nada sobre seu envolvimento no assassinato de Constantino. Além disso, como desejado por Catarina, seu casamento com Rodolfo vem de mal a pior, e o rei deseja se divorciar de sua esposa o que a rainha não faz questão de se opor a decisão do monarca. Em uma forma de deixar a situação mais tensa com seu marido, Catarina se passa de boa moça e distribui água e comida do castelo para população necessitada, como também passa a convencer a população a não perder tempo em se rebelar contra Rodolfo. O rei se aborrece com a atitude de Catarina e manda prendê-la na frente da população. Mais tarde, para que o castelo não fique escasso de recursos, Rodolfo corta os salários da maioria do soldados do exército causando indignação, e com isso, os soldados se aliam a Afonso e a população revoltada que chegam em frente ao castelo exigindo que o rei desista do trono. Rodolfo sem escolhas acaba abdicando da coroa dando a chance de seu irmão se tornar rei, e Afonso ao saber que Catarina estava presa na masmorra, decide libertá-la e a encontra em um estado frágil. Agora de volta a seu título de princesa, Catarina pretende se tornar rainha novamente, mas para sua má satisfação ela descobre que Amália está viva e continua ao lado de Afonso.

Uma vez no poder, Afonso além de tentar acabar com a falência do reino, decide cumprir sua palavra em reconstruir Artena, mas para isso ele precisa tirar o rei Otávio do Vale de Laios. Afonso tem um encontro intenso com Otávio e o mandar partir do vale, caso não, atacaria com seu grande exército a Lastrilha que estava desprotegida. Otávio então decide retirar seus soldados do Vale de Laios e pretende se vingar de Afonso futuramente. Tendo sobrevivido ao incêndio na cabana, Virgílio é encontrado fragilizado pelo rei Otávio e decide ajudá-lo a tirar Afonso do poder alegando que conhece muito bem o rei de Montemor, como também sabe coisas sobre Catarina. Otávio fica interessado e decide dar um voto de confiança à Virgílio. Mais tarde, em Montemor, não aceitando o fato de que Catarina sairia vitoriosa sob sua derrota, Rodolfo decide falar toda a verdade sobre a princesa para Afonso. Rodolfo conta para seu irmão e Amália sobre o plano maléfico de Catarina armar um golpe de estado contra Augusto para desencadear uma guerra entre os dois reinos, com o proposito de se tornar rainha. Catarina nega as acusações, como também nega manter seu pai Augusto na Torre de Zéria e senti-se vítima das calunias de seu ex-marido para a indignação de Rodolfo. Afonso então manda o capitão Romero e alguns soldados ir até a Torre de Zéria atrás do Rei Augusto, mas como Catarina já tinha transferido seu pai para outro lugar e ter pagado muito bem os funcionários da torre para ficarem em silêncio, o capitão Romero não encontrou nenhum vestígio do Rei de Artena. Rodolfo fica sabendo por seu irmão que o rei Augusto não foi encontrado e que ele seria exilado para o castelo de seu primo Hipólito, Conde de Albertoni.

Dias depois, uma peste começa a pairar sobre Montemor onde muitas pessoas adoecem e morrem, incluindo Martinho (Giulio Lopes) (pai de Amália) e o soldado Saulo. Para não ser exilado, Rodolfo pede ajuda à Lucrécia que se encontrava em Montemor, onde ela decide ajudá-lo por ainda amá-lo, e com isso abandona sua vida de freira no qual começou exercer. O rei deposto finge está doente da peste levando a seu irmão deixá-lo no castelo até ele melhorar, mas a farsa de Rodolfo é descoberta por Afonso que lhe expulsa do castelo e Lucrécia vai com seu ex-marido. Rodolfo não se dá por satisfeito e se esconde na casa do guarda Timóteo (Liéser Touma) ao lado de Lucrécia, Petrônio, Orlando, Latrine (Júlia Guerra) e Conde Heráclito (Marcos Oliveira). A princesa Catarina fica doente, e essa sua situação delicada a fez pensar em um plano para se livrar de Amália de uma vez por todas, já que a plebeia está desconfiando de seu envolvimento na morte de Constantino. Catarina pede para sua criada Lucíola (Carolina Ferman), sair nas ruas de Montemor dizendo que a peste veio das bruxas, e que Amália era uma bruxa, na esperança de que isso fará com que a população deseje a morte da plebeia em uma fogueira. Ao decorrer dos dias o número de mortes aumenta, e uma vez recuperada, Catarina sai escondida de Montemor e vai até o Reino de Brúnis convocar Dom Bartolomeu (Stenio Garcia), o Inquisidor da Cália.

Catarina acusa Amália de bruxaria para Dom Bartolomeu, e pede para que ele mantenha total sigilo sobre o encontro dos dois, e que ele viaje até Montemor afim de tirar suas próprias conclusões em relação a plebeia. A princesa também consegue implantar um livro de bruxaria na antiga casa de Amália, para que houvesse provas concretas contra a futura rainha. Quando a população de Montemor acusa Amália de todas as desgraças ocorridas no reino, a plebeia é presa por bruxaria pelo Dom Bartolomeu uma vez que ele chega em Montemor. Em defesa de sua amada, Afonso faz uma reunião com o Conselho Real da Cália e todos chegam a conclusão que Bartolomeu deve ser afastado de seu cargo. Mesmo com a ameaça de ser afastado, Dom Bartolomeu decide julgar Amália em praça pública e pede para que ela leia uma passagem da bíblia, acreditando que bruxas não sabem nada sobre a bíblia. Com poderes sobrenaturais de Agnes, Amália consegue lê a passagem e é inocentada da morte na fogueira. Sem mais o que fazer, Dom Bartolomeu vai embora. Após esse evento traumático, Amália desconfia cada vez mais de Catarina ao passar dos dias, chegando ao ponto de deduzir que a princesa foi a responsável por trazer Dom Bartolomeu até Montemor para que ele a julgasse por bruxaria. A plebeia chegou a confrontar Catarina sobre o que ela fez, mas a princesa mais uma vez nega seus planos maldosos, mas, mesmo assim, Afonso manda Romero ir até Brúnis perguntar ao Dom Bartolomeu se ele tinha sido convocado por Catarina e ao retornar de sua missão o capitão revela a seu rei que o Inquisidor foi morto na floresta com seus sacerdotes por ladrões.

Arquitetando um plano com o rei Otávio, Virgílio pretende descobrir a nova localização do rei Augusto, e com isso, consegue implantar uma carta no quarto de Catarina chantageando-a saber onde seu pai está. A princesa Catarina decide mudar seu pai de cativeiro por precaução, e manda Delano e alguns outros soldados transferir o Rei Augusto já fragilizado para a antiga masmorra de Artena. Ao executar a missão, Delano é encontrado e rendido por Virgílio e Aires (Júlio Machado), conselheiro do Rei Otávio. Otávio então encontra Augusto e com isso decide fazê-lo de seu prisioneiro, mandando também Delano avisar a Catarina sobre o que fez. Ao saber do ocorrido, Catarina viaja até Lastilha e exige saber quais são as intenções de Otávio, onde o homem pressiona a princesa a se casar com ele, caso ela negasse, a denunciaria para o Conselho Real. Sem saída, Catarina decide pensar na proposta e fica surpresa ao saber que Virgílio está vivo e que ele ajudou Otávio nessa emboscada contra ela. Afonso decide iniciar os preparativos para seu casamento com Amália, e para isso ele tem a ajuda de Gregório (Danton Mello), seu novo conselheiro. Afonso diz a Amália que Gregório será seu tutor para prepará-la a assumir o trono, e com isso, a plebeia começa a ter aulas de etiquetas e bons modos dignos de rainha. Afonso convida todos os monarcas da Cália para um jantar em seu castelo para anunciar seu casamento, como também solicitar um empréstimo ao conselho da Cália.

Na recepção dos soberanos, a Rainha Gertrudes de Alfambres (Stella Miranda), não cumprimenta Amália e se dirige a Catarina como Rainha, mostrando certo desprezo pela plebeia. Mais tarde, Afonso e Gregório levam os reis para visitar a mina que pretendem dar como garantia ao empréstimo pedido. Enquanto isso, Otávio avisa a Augusto que anunciará seu casamento com Catarina nesse jantar, e vai até Montemor sem ser convidado. O rei de Latrilha chega ao banquete, surpreendendo Catarina e todos os monarcas, inclusive Afonso. Durante a festa, Catarina tenta matar Otávio envenenado mas sem sucesso, e no fim da noite, ela é obrigada a anunciar seu noivado com o rei de Lastrilha. Sabendo que a união dos dois poderiam comprometer os negócios da Cália inteira, todos os reis se reuniram com Afonso e pediram para que ele se casasse com Catarina para evitar que Otávio se torne o mais poderoso do país. Afonso nega a se casar com Catarina, afirmando amar Amália mesmo ela sendo rejeitada pelos monarcas. O Rei Heitor de Alfambres (Arnaldo Marques) esclarece que os dois monarcas unidos solucionaria a falência de Montemor como a reconstrução de Artena, uma vez que os reis disponibilizariam o empréstimo se isso ocorresse. Afonso fica devastado com a proposta e tenta esconder de Amália o motivo pelo qual o empréstimo foi negado, mas a mulher acaba descobrindo e fica indignada.

Após ser traída mais uma vez por Rodolfo, Lucrécia decide contar os planos mafiosos de seu ex-marido para Afonso. O rei de Montemor acaba prendendo seu irmão mais uma vez, e por fim, o expulsa do reino para que ele nunca mais volte. Lucrécia retorna para Alcaluz com seu tio Heráclito a fim de tirar o reino da falência, e descobrem que lá ainda restava uma monarca, Margot Cantelli de Vilarosso (Cristina Mutarelli), irmã do falecido pai de Lucrécia. Apesar da saúde mental precária de sua tia, Lucrécia decide tirá-la do posto de rainha para o bem de todos. Para a reconstrução de seu reino, a princesa Catarina exige que o conselho de reis lhe coroe Rainha de Artena, e os monarcas, sem saber que o pai da vilã está na Lastrilha, decide que Augusto deverá ser dado como morto após ficar seis meses desaparecido. Sem opções, Afonso permite que Catarina seja coroada como Rainha de Artena. Mesmo o conselho da Cália tendo negado aceitar o casamento de Amália e Afonso, a Rainha da Lúngria (Bia Sion) aceita comprar minério de Montemor para que o reino se reerguesse. Sabendo disso, para deixar a situação financeira de Montemor insustentável, Catarina manda explodir a mina do reino, para que não haja alternativa a Afonso que não seja se casar com ela. Percebendo que o reino precisa do empréstimo, e para o bem de todos, Amália desiste de se casar oficialmente com Afonso e a plebeia é procurada pela rainha da Lúngria para um acordo.

A rainha de Lúngria propõe a Amália que sua filha se case com Afonso, apenas por conveniência, em troca de um empréstimo a Montemor. Para o bem de Montemor, Amália e Afonso aceitam o acordo da rainha e o casamento de fachada. A princesa Beatriz (Paula Fernandes), grávida de um plebeu, é obrigada pela mãe a se unir com Afonso para não sujar o nome da família. Enquanto isso, ao descobrir os planos de fugir com o rei Augusto de Lastrilha, Otávio prende Catarina na masmorra e manda Aires procurar o rei Augusto que conseguiu fugir, mas as buscas foram sem sucesso. Catarina dá um jeito de mandar uma carta de socorro a Afonso, onde o homem não exita em querer salvar a princesa de Artena das mãos de Otávio. Os dois reis tem um duelo, que finaliza em Otávio perdendo a briga e eventualmente expulso do conselho da Cália por Heitor que veio ao auxilio de Afonso. Catarina então volta para Montemor e para o desgosto de Amália, Afonso revela que Virgílio está vivo e mantendo-se em Lastrilha. Sabendo que o rei iria se casar com Beatriz, Catarina não perde tempo e convence a princesa de Lúngria a fugir com o plebeu que lhe engravidou, e ao ser abandonado, Afonso não tem outra alternativa a não ser casar-se com Catarina para raiva de Amália. Enfim, Catarina conclui seu único objetivo, casa-se com Afonso e se torna novamente a Rainha de Montemor, mas para sua má sorte, ela é desprezada por Afonso que consegue se reatar com Amália e viver com ela como amantes em segredo.

Enquanto isso, o príncipe Rodolfo e seus ex-conselheiros, agora expulsos de Montemor, buscam refúgio em Alcaluz uma vez que Lucrécia está em sua terra natal. Ao chegarem lá, a princesa dá uma chance para que os renegados permaneçam em seu castelo falido e que sirvam como serviçais. Porém, a rainha Margot, por está fraca da cabeça, compara Rodolfo com o falecido avô do príncipe, o rei Guilherme de Monferrato, grande amor de Margot na juventude. Rodolfo é tratado como rei para a indignação de Lucrécia e tenta abrir os olhos de sua tia sobre o vigarista que é Rodolfo. Ao descobrir que a rainha tinha um tesouro escondido, Rodolfo decide se casar com a velha e lhe dá um golpe do baú para se tornar rei de Alcaluz. Feito isso, o príncipe consegue se casar com Margot e enfim se torna Rei e é coroado assim que a rainha morre. Em Montemor, Amália descobre através de Ísis (Isis Passino), uma das pessoas que lhe acusou de bruxaria, que a criada da rainha, Lucíola, foi quem espalhou os boatos de que a feirante era feiticeira e que provavelmente Catarina implantou o livro de bruxaria em sua antiga casa. Amália decide contar para Afonso, além de pedir que Íris conte o que sabe ao rei. Ao descobrir que Íris iria contar para Afonso, Lucíola - que foi confrontada por Ísis - fala tudo para Catarina e a rainha manda Delano matar a testemunha para má sorte de Amália. Mesmo assim, a feirante não desiste de se vingar da vilã e vai até Alcaluz pedir apoio a Rodolfo para derrubar Catarina do poder. Rodolfo relembra a vez que contou para ela e Afonso que Catarina mantinha seu pai preso em uma torre, e que a única pessoa que poderia derrotar a rainha má é o rei de Artena. Ele convence a feirante iniciar buscas por Augusto, e Amália decide seguir seu conselho.

No castelo de Montemor, Catarina descobre que está grávida de Otávio, e para que a verdade não venha a tona, ela decide fazer algo para que todos pensem que seu filho é de Afonso. Ela convida alguns amigos de Afonso para uma surpresa ao rei, e como exigência, a rainha pede para que seja servido muito vinho aos homens com o proposito de embebedar o rei. Feito isso, Catarina leva seu marido para o quarto com objetivo de ter relações com ele, porém seu plano é interrompido quando Afonso adormece de bêbado. A rainha não desiste de se deitar com Afonso e dias depois recorre as feitiçarias da bruxa Brice. Brice faz com que Afonso tenha ilusões de Amália ao ver Catarina numa noite, e aproveitando-se disso, a rainha consegue ter relações com o rei. Ao passar das semanas, Catarina começa a ter sintomas notáveis de gravidez e é examinada por Dr. Lupércio (Pascoal da Conceição) que confirma sua situação. Afonso fica bastante surpreso com a notícia sem saber como teve relações com Catarina e é obrigado assumir a criança, levando Amália romper de vez seu relacionamento secreto com o rei de Montemor. A plebeia agora pretende se vingar de uma vez por todas de Catarina, e com ajuda de Selena e Diana - que confessa está sendo chantageada por Catarina - elas pretendem desmascarar a rainha má.

Amália ao descobrir por Diana que foi ela quem mandou Virgílio lhe salvar dos guardas e aprisionar numa cabana após a prisão de Afonso, ficou muito chateada com sua amiga mas eventualmente lhe perdoa, decidindo procurar seu ex-noivo a fim de descobrir provas contra a rainha. Amália procura ajuda de Virgílio depois de tudo que ele fez com ela, e o homem conta que não foi ele quem incendiou a cabana, e sim Catarina, como também ajudou o rei Otávio encontrar Augusto e chantagear a princesa. O homem revela que ajudou o rei Augusto escapar do castelo de Lastrilha, e que o monarca fugiu com um homem chamado Héber (Cássio Scapin). Amália e Selena então vão em busca desse homem e dias depois acabam o encontrando, mas o homem nega qualquer envolvimento com Augusto. Héber por sua vez, vai até a casa de seu pai Enoque (Walter Breda), onde o rei tinha se refugiado, com uma carta avisando do ocorrido, mas Selena o segue descobrindo a casa. Mais tarde, Amália e Selena chegam na casa de Enoque e o interroga atrás de informações sobre o rei, e o homem acreditando que as mulheres poderiam ter sido enviadas por Catarina, lhes dão uma pista falsa do rei. Enoque por sua vez avisa sobre o perigo ao rei Augusto, que estava vivendo como ator anônimo numa companhia de teatro, fazendo o monarca pensar em fugir de novo. Em Montemor, enquanto caminhava pelas galerias da mina que estava sendo reconstruída, Romero encontra vestígios de um pó preto deduzindo que aquilo foi a causa da explosão e comunica a Afonso. O rei manda investigar o pó preto e descobrem que é pólvora e todos descobrem que o desmoronamento da mina não foi natural e sim criminoso. Afonso manda seus guardas irem questionar todos os alquimistas da região afim de descobrir quem produziu aquilo, como também descobrir quem mandou fazê-lo. Catarina ao descobrir das investigações, manda Delano matar o alquimista que lhe vendeu a pólvora em Cálaba, mas felizmente Thiago encontra braceletes da rainha usado como pagamento na casa do alquimista e leva para Afonso. Ao deduzir que Catarina foi quem mandou explodir a mina com o intuito de casar-se com ele e ter o empréstimo do conselho, ele questiona a mulher.

Devido está com pouco tempo de vida, a bruxa Brice pede ajuda a Agnes para que a menina através de seu dom, encontre o paradeiro de sua filha desaparecida à 23 anos. Brice havia deixado sua filha recém-nascida na floresta de Artena ao tentar fugir de aldeões que a perseguia em uma caça às bruxas. Usando o pano que a feiticeira usava na bebê pouco tempo depois dela abandonar sua filha, Agnes descobre que um homem encontrou a bebê e a levou. Com um desenho do rosto do homem, as duas vão até uma cidadela próxima a Artena e descobrem que o homem já morreu e que trabalhava em um convento. Ao chegarem no convento, as duas pedem informações sobre o camponês e recebem a notícia de quem ele trouxe a bebê, mas que a recém-nascida foi adotada por um casal logo depois. As bruxas então chegam na casa desse casal, mas os dois dizem que a bebê morreu de uma febre forte. Isso devasta Brice e a deixa depressiva, mas Agnes inicia uma série de sonhos ao longo dos dias e descobre que o casal estava mentindo e que a filha da bruxa estava viva. Ao alertar sua mentora, Agnes faz com que Brice procure o casal novamente e exigisse a verdade e usando seus poderes para assustá-los, Brice descobre que sua filha foi comprada por um homem da corte do rei Augusto.

Com ajuda de Virgílio, que disse a Héber que sua ex-noiva estava em busca de Augusto com boas intenções, Amália encontra a localização do rei de Artena e se encontra com o monarca. A mulher conta que planeja se vingar de Catarina e fazê-la pagar por todos os seus crimes, enquanto o rei Augusto reflete em condenar sua filha ou não. O monarca então resolve contar a verdade sobre a origem de Catarina, revelando que a atual rainha de Montemor não é sua herdeira legítima, e sim adotada. Ele fala que sua verdadeira filha morreu horas depois do parto, e para não dá a má notícia para sua esposa, Rainha Cecília, Augusto mandou Demétrio ir até as vilas da região e lhe trouxesse um bebê. Demétrio por sua vez encontrou um casal que adotou um bebê e comprou com moedas de ouro a recém-nascida. Amália fica surpresa ao saber da verdadeira história e impressionada ao descobrir que Catarina na verdade é uma plebeia e não uma sangue nobre. A rainha Catarina na verdade é a filha de Brice que ela tanto procura, que ao saber da verdade, a bruxa fica chocada ao descobrir que é mãe da Rainha de Montemor.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco

Ator/Atriz Personagem
Marina Ruy Barbosa Amália Flores[42][43]
Rômulo Estrela Afonso de Monferrato, Rei de Montemor[42][44]
Bruna Marquezine Catarina de Lurton e Monferrato, Rainha de Artena e Montemor[42][45][46]
Johnny Massaro Rodolfo de Monferrato, Rei de Alcaluz e Príncipe de Montemor[42][47]
Tatá Werneck Lucrécia de Vilarosso, Princesa de Alcaluz[42][48]
Ricardo Pereira Virgílio Ferreira[49][50]
Marco Nanini Augusto de Lurton, Rei de Artena[42][51]
Caio Blat Cássio[42][51]
Bia Arantes Brice[52]
Vinícius Redd Thiago Flores[53][54]
Débora Olivieri Constância Flores[42]
Giulio Lopes Martinho Flores[55]
Alexandre Borges Otávio de Cazeres, Rei de Lastrilha[56]
Fernanda Nobre Diana[42]
Marina Moschen Selena[42][57][58][59][60]
Danton Mello Gregório[61]
João Vithor Oliveira Saulo[42]
Giovanni De Lorenzi Ulisses[42]
Marcello Airoldi Romero[42]
Stenio Garcia Dom Bartolomeu, o Inquisidor da Cália[62]
Tarcísio Filho Demétrio[42]
Rafael Primot Osiel[52][63]
Monique Alfradique Glória[64]
Betty Gofman Nalanda (Naná)[42]
Maria Manoella Mirtes de Lurton[65]
Mel Maia Agnes[66]
Marcos Oliveira Heráclito de Fernandes, Conde de Alcaluz[42]
Leandro Daniel Petrônio[67]
Daniel Warren Orlando
Dayse Pozato Betânia[42]
Aramis Trindade Olegário[63]
Pascoal da Conceição Lupércio
Cristiana Pompeo Matilda[68]
Walter Breda Enoque[69]
Cássio Scapin Héber[70]
Cirillo Luna Selésio [71]
Yago Machado Marcus[42]
Wirley Contaifer Henry Aquimedes[42]
Rafa Vachaud Eustáquio
Javert Monteiro Lutero[42]
Isadora Ferrite Brumela
Júlia Guerra Latrine
Isis Pessino Isis [72]
Liéser Touma Timóteo
Carolina Ferman Lucíola
Tobias Carrieres Levi[73]
Anselmo Gonçalves Oráculo

Participações especiais

Ator/Atriz Personagem
Rosamaria Murtinho Crisélia de Monferrato, Rainha-Mãe de Montemor[42]
Vinicius Calderoni Istvan Labarca, Marquês de Cordona[74][75]
José Fidalgo Constantino de Artanza, Duque de Vicenza[42][74][76]
Caco Ciocler Hermes de Artanza, Conde de Vicenza[77]
Rosa Marya Colin Mandingueira[78]
Arnaldo Marques Heitor, Rei de Alfambres
Stella Miranda Gertrudes, Rainha de Alfambres
Bia Sion Rainha de Lúngria
Paula Fernandes Beatriz, Princesa de Lúngria[79]
Cristina Mutarelli Margot Cantelli de Vilarosso, Rainha de Alcaluz[80]
Noemi Gerbelli Madre Benedita[81]
Mariah Rocha Freira[81]
Ilya São Paulo Nadja[78]
Renata Dominguez Belisa[82][77][83]
Rita Elmôr Larissa
Ricardo Blat Isandro
Pietro Mário Patriarca da Fé
Glicério de Barros Eloi[84]
Naruna Costa Samara
Ana Paula Botelho Muriel
Gabriel Palhares Tácitus
Vitório Gava Rodolfo de Monferrato (criança)[85]
Anne Berg Lurdes
Cláudio Garcia Helvio
Fifo Benicasa Tirso
Samuel Vieira Josafá
Márcia Manfredini Rebeca
Beto Vandesteen Nuno de Alpergado, Conde de Brúnis[86]
Marcelo Müller Julião
Priscila Castello Branco Teodora
Ricardo Lyra Jr Hugo
Ricardo Monastero Pietro[87]
Jack Berraquero Valentim
Antônio Barboza Simão
Adriana Bellonga Domingas
Camille Leite Geórgia
Joana Borges Tila
Júlio Machado Aires
Jaedson Bahia Delano

Audiência

O primeiro capítulo exibido em 9 de janeiro registrou média de 29 pontos na Grande São Paulo mantendo a audiência do horário. Durante o primeiro capítulo a hashtag #DeusSalveORei permaneceu no trending topics do twitter por vários minutos.[88] Em seu segundo capítulo exibido em 10 de janeiro, a novela registrou 28 pontos sofrendo queda de 1 ponto na Grande São Paulo e no Rio de Janeiro cresceu 2 pontos e cravou 29.[89]

Em sua primeira semana no ar, a novela acumulou apenas 26,4 pontos, representando uma queda de 2,2% em relação a sua antecessora Pega Pega, mas superou as produções anteriores como Totalmente Demais e Rock Story no horário.[90]

Em 9 de fevereiro bateu recorde negativo registrando apenas 21,3 pontos.[91]

Em 26 de fevereiro bateu seu primeiro recorde chegando aos 30 pontos de média com 32 de pico e 41% de share com a cena em que Afonso (Rômulo Estrela) salva Levi (Tobias Carreres) e Samara (Naruna Costa) do incêndio em uma casa, além da cerimônia de abertura dos jogos de Cália, comandada pelo Rei Augusto (Marco Nanini).[92]

Referências

  1. «Íntegra de Deus Salve o Rei no GloboPlay». Globo 
  2. a b «'Deus Salve o Rei': conheça o elenco da nova novela das 7». GShow. Consultado em 6 de janeiro de 2018.. Arquivado do original em 6 de janeiro de 2018 
  3. «Cantora norueguesa grava clipe e tema de abertura de 'Deus salve o rei' nos cenários da novela». Extra Globo. Consultado em 6 de dezembro de 2017. 
  4. Colunas - Flavio Ricco; Nery, José Carlos (8 de janeiro de 2018). «Globo vai retomar comédia em novela após "Deus Salve o Rei"». Entretenimento. noticias.bol.uol.com.br. BOL Notícias. Consultado em 9 de janeiro de 2018. 
  5. «Entre a comédia e o drama, Deus Salve o Rei estreia hoje na Globo». www.opovo.com.br. O POVO Online. 9 de janeiro de 2018. Consultado em 9 de janeiro de 2018. 
  6. a b Redação NT (30 de setembro de 2017). «Globo quebrará duas tradições com "Deus Salve o Rei", a próxima das 7». NaTelinha. Consultado em 9 de janeiro de 2018. 
  7. a b c PEREIRA, MÁRCIA (9 de janeiro de 2018). «Nude medieval, princesa safada e casal para 'shipar': os trunfos de Deus Salve o Rei». Rio de Janeiro. Notícias da TV. Consultado em 9 de janeiro de 2018. 
  8. Bem Paraná (8 de janeiro de 2018). «Monarquia é coisa de novela: Deus Salve o Rei». GS Notícias. Consultado em 9 de janeiro de 2018. 
  9. a b FIALHO, BEATRIZ (9 de janeiro de 2018). «Globo estreia, com 'Deus Salve o Rei', sua guerra dos tronos às 19h». Ilustrada. SÃO PAULO. Folha de S.Paulo. Consultado em 9 de janeiro de 2018. 
  10. Warken, Júlia (9 de janeiro de 2018). «'Deus Salve o Rei' é talvez a novela mais ambiciosa da Globo até hoje». MdeMulher. Consultado em 9 de janeiro de 2018. 
  11. Junqueira, Camila (19 de outubro de 2017). «"Deus Salve o Rei" já é MUITO parecida com "Belaventura": esses 4 motivos são a prova». VIX. Consultado em 9 de janeiro de 2018. 
  12. «Globo contrata pupila de Aguinaldo Silva para equipe de Deus Salve o Rei». RD1. 1 de fevereiro de 2018. Consultado em 3 de fevereiro de 2018. 
  13. Purebreak (4 de outubro de 2017). «Agatha Moreira perdeu papel em "Deus Salve o Rei" para Marina Ruy Barbosa!». Terra. Consultado em 9 de junho de 2018. 
  14. Patrícia Kogut (4 de outubro de 2017). «Agatha Moreira fará 'Orgulho e paixão'». O Globo. Consultado em 9 de junho de 2018. 
  15. Carla Bittencourt (22 de julho de 2017). «Globo quer Marina Ruy Barbosa como protagonista de 'Deus salve o rei' no lugar de Agatha Moreira». Telinha. Consultado em 3 de dezembro de 2017. 
  16. Carla Bittencourt (5 de outubro de 2017). «Rômulo Estrela substitui Renato Góes em 'Deus salve o rei', próxima novela das sete». Telinha. Consultado em 3 de dezembro de 2017. 
  17. Daniel Castro (6 de outubro de 2017). «Briga com diretor no primeiro dia de gravação tira galã de novela das sete». Notícias da TV. Consultado em 3 de dezembro de 2017. 
  18. Rafaela Santos (5 de outubro de 2017). «Renato Góes deixa o elenco de 'Deus salve o rei'». Blog Patrícia Kogut. Consultado em 3 de dezembro de 2017. 
  19. «Globo procura substituto para Rômulo Estrela em "Deus Salve o Rei"». Purepeople. Consultado em 3 de dezembro de 2017. 
  20. Marilise Gomes (6 de outubro de 2017). «Renato Góes nega briga com diretor ao deixar novela». Purepeople. Consultado em 3 de dezembro de 2017. 
  21. «Atriz foi chamada para se apresentar na emissora para os trabalhos de preparação de 'Deus Salve o Rei', próxima novela das 19h». UAI. Consultado em 6 de dezembro de 2017. 
  22. «Walter Breda se afastará de 'Deus salve o rei' para cuidar da saúde». O Globo. Consultado em 6 de dezembro de 2017. 
  23. «Cantora Paula Fernandes será uma freira em 'Deus salve o rei'». O Globo. Consultado em 16 de março de 2018. 
  24. «Participação de Paula Fernandes em 'Deus Salve o Rei' é cancelada: 'Obra aberta'». Pure People. Consultado em 16 de março de 2018. 
  25. a b c d «Deus Salve o Rei tem maior equipe de efeitos visuais da história das novelas». Notícias da TV - UOL. Consultado em 12 de dezembro de 2017. 
  26. «'Deus Salve o Rei': cenografia da nova novela das 7 aposta em inovação». Globo. Consultado em 12 de dezembro de 2017. 
  27. «Espanha, Escócia e Islândia: saiba como serão os cenários da novela Deus Salve o Rei». Tudo e Todas. Consultado em 12 de dezembro de 2017. 
  28. «Lembra dela? Hoje veterinária, Debby Lagranha volta à Globo». NaTelinha. Consultado em 13 de fevereiro de 2018. 
  29. «Rosamaria Murtinho é salva de incêndio» 
  30. Anna Luiza Santiago (9 de novembro de 2017). «Incêndio suspende gravações de 'Deus salve o rei'». Blog Patrícia Kogut. Consultado em 3 de dezembro de 2017. 
  31. a b «Elenco de "Deus Salve o Rei" lamenta incêndio e fala em "levantar cabeça"». UOL. 10 de novembro de 2017. Consultado em 3 de dezembro de 2017. 
  32. Carla Bittencourt (11 de novembro de 2017). «Gravações de 'Deus salve o rei' recomeçam hoje». Telinha. Consultado em 3 de dezembro de 2017. 
  33. Rahabe Barros (7 de dezembro de 2017). «Rômulo Estrela se acidenta durante gravações da nova novela das sete». Purepeople. Consultado em 12 de dezembro de 2017. 
  34. Daniel Castro (4 de agosto de 2017). «Após derrame, Jorge Fernando volta a dirigir novela em 2018». Notícias da TV. Consultado em 3 de dezembro de 2017. 
  35. Carla Bittencourt (30 de setembro de 2017). «'Deus salve o rei' estreia dia 9 de janeiro». Telinha. Consultado em 3 de dezembro de 2017. 
  36. «'Deus Salve o Rei': veja o teaser da nova novela das 7 com Marina Ruy Barbosa e Romulo Estrela». TV - Gshow. 3 de dezembro de 2017. Consultado em 3 de dezembro de 2017. 
  37. http://gente.ig.com.br/tvenovela/2018-03-07/deus-salve-o-rei-classificacao-etaria.html
  38. «Globo lança Deus Salve O Rei em Portugal, antes no cinema». Observatório da Televisão 
  39. «Globo Internacional - Ásia (Deus Salve O Rei)». Globo 
  40. «Cenários para Novela de Deus Salve o Rei» 
  41. «Enredo de Deus Salve o Rei» 
  42. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v Gshow (3 de dezembro de 2017). «Elenco de Deus Salve o Rei». Gshow. Consultado em 10 de dezembro de 2017. 
  43. NTV (14 de dezembro de 2017). «Marina Ruy Barbosa é Amália em Deus Salve o Rei». NTV. Consultado em 17 de dezembro de 2017. 
  44. «"Eu sou Afonso de Monferrato, o príncipe herdeiro de Montemor"revelará a Amália». Kogut. 16 de janeiro de 2018. Consultado em 11 de dezembro de 2002. 
  45. «Bruna Marquezine viverá princesa vilã em Deus Salve o Rei». Purepeople. 14 de julho de 2017. Consultado em 11 de dezembro de 2017. 
  46. «Deus Salve o Rei: Noiva de Rodolfo, Catarina é vaiada nas ruas». Uol. 29 de outubro de 2017. Consultado em 11 de dezembro de 2017. 
  47. NTV (15 de dezembro de 2017). «Jhonny Massaro é Rodolfo em Deus Salve o Rei». NTV. Consultado em 17 de dezembro de 2017. 
  48. Purepeople (13 de junho de 2017). «Tatá Werneck está escalada para a próxima novela das sete, 'Deus Salve o Rei'.». Purepeople. Consultado em 13 de dezembro de 2017. 
  49. Duh Secco (1 de dezembro de 2017). «Ricardo Pereira e Fernanda Nobre serão suposto "casal" em próximo trama das sete». Extra. Consultado em 11 de dezembro de 2017. 
  50. Pedro Pinto (3 de dezembro de 2017). «Ricardo Pereira será o grande VILÃO de próxima trama das sete». Na Telinha. Consultado em 11 de dezembro de 2017. 
  51. a b NTV (6 de abril de 2017). «Marco Nanini e Caio Blat são escalados para Deus Salve O Rei». NTV. Consultado em 13 de dezembro de 2017. 
  52. a b Carol Borges (10 de novembro de 2017). «Bia Arantes será jovem conquistadora em 'Deus Salve o Rei': 'Brice promete!'». PurePeople. Consultado em 11 de dezembro de 2017. 
  53. Redação (20 de outubro de 2017). «Vinícius Redd assume papel de Rômulo Estrela». RD1. Consultado em 10 de dezembro de 2017. 
  54. Redação (19 de outubro de 2017). «Vinícius Redd fará irmão de Marina Ruy Barbosa em nova trama das sete». O Planeta TV. Consultado em 10 de dezembro de 2017. 
  55. Felipe Brandão (4 de dezembro de 2017). «Giulio Lopes substitui Walter Breda». RDI. Consultado em 11 de dezembro de 2017. 
  56. Redação (2 de abril de 2018). «Alexandre Borges será uma das novidades de Deus Salve o Rei». Uol. Consultado em 3 de abril de 2018. 
  57. NTV (29 de setembro de 2017). «Marina Moschen Será Oficial do exercito na novela Deus Salve O Rei». NTV. Consultado em 17 de dezembro de 2017. 
  58. Extra (15 de dezembro de 2017). «Marina Moschen será a primeira mulher a cursar a academia militar em 'Deus salve o rei'». Extra. Consultado em 17 de dezembro de 2017. 
  59. O Fuxico (12 de dezembro de 2017). «PERSONAGEM DE MARINA MOSCHEN DEVE SOFRER PRECONCEITO EM DEUS SALVE O REI». O Fuxico. Consultado em 17 de dezembro de 2017. 
  60. Caras (12 de dezembro de 2017). «Marina Moschen volta à TV em Deus Salve o Rei». Caras. Consultado em 17 de dezembro de 2017. 
  61. «Danton Mello entra para o elenco de Deus Salve o Rei». Extra. 27 de abril de 2018. Consultado em 25 de maio de 2018. 
  62. «Stênio Garcia entra em 'Deus Salve o Rei' como Dom Bartolomeu, o inquisidor da Cália». Gshow. 21 de maio de 2018. Consultado em 25 de maio de 2018. 
  63. a b Produção (27 de setembro de 2017). «Aramis Trindade e Rafael Primot farão nova novela das sete». NTV. Consultado em 11 de dezembro de 2017. 
  64. «Monique Alfradique entra em 'Deus Salve o Rei' com visual bem diferente». Contigo!. 1 de fevereiro de 2018. Consultado em 1 de fevereiro de 2018. 
  65. NTV (11 de dezembro de 2017). «Maria Manoella viverá prima de Bruna Marquezine em nova novela das sete». NTV. Consultado em 11 de dezembro de 2017. 
  66. «Mel Maia viverá bruxinha fugitiva em "Deus Salve o Rei"». Extra. 29 de outubro de 2017. Consultado em 11 de dezembro de 2017. 
  67. Produção (5 de novembro de 2017). «Leandro Daniel Substitui Luís Lobianco na nova trama das sete». noticiasdetv. Consultado em 11 de dezembro de 2017. 
  68. RD1 (29 de novembro de 2017). «Cristiana Pompeo viverá Dona de taberna em DSoR». RD1. Consultado em 11 de dezembro de 2017. 
  69. «Recuperado de problema de saúde, Walter Breda voltará ao elenco de 'Deus Salve o Rei' como comerciante picareta». OFuxico. Consultado em 1 de fevereiro de 2018. 
  70. «Após 13 anos, Cassio Scapin volta às novelas da Globo em "Deus Salve o Rei" como aliado do Rei Augusto». UOL - TV e Famosos. Consultado em 15 de maio de 2018. 
  71. Bittencourt, Carla (24 de março de 2018). «Cirillo Luna vai ser novo par romântico de Tatá Werneck em 'Deus Salve o Rei'». Extra. Consultado em 5 de abril de 2018. 
  72. «ar em 'Deus Salve o Rei', Isis Pessino destaca a importância de falar sobre intolerância e preconceito». O Dia. 13 de maio de 2018. Consultado em 25 de maio de 2018. 
  73. NTV (12 de agosto de 2017). «Tobias Carieres integra elenco de Deus Salve o Rei». NTV. Consultado em 11 de dezembro de 2017. 
  74. a b Produção (26 de outubro de 2017). «Vinícius Calderoni fará rival de José Fidalgo em trama das sete». noticiasdetv. Consultado em 11 de dezembro de 2002. 
  75. «Casamento de Catarina é cancelado, e princesa comemora com Constantino». Gshow. Consultado em 9 de fevereiro de 2018. 
  76. «Duque de Vicenza faz o coração da princesa do reino, vivida por Bruna Marquezine, bater mais forte». Gshow. 26 de outubro de 2017. Consultado em 11 de dezembro de 2002. 
  77. a b Redação (23 de setembro de 2017). «Caco Ciocler e Renata Dominguez vão fazer participação especial na novela "Deus Salve o Rei"». RD1. Consultado em 12 de dezembro de 2017. 
  78. a b NTV (9 de novembro de 2017). «Ilya São Paulo e Rosa Marya Colin farão Deus Salve O Rei». NTV. Consultado em 17 de dezembro de 2017. 
  79. Flávio Ricco (1 de junho de 2018). «Globo volta atrás e Paula Fernandes entrará em "Deus Salve o Rei"». UOL TV e Famosos. Consultado em 1 de junho de 2018. 
  80. Carla Bittencourt (6 de junho de 2018). «Claudia Jimenez passa mal em gravação de 'Deus salve o rei' e Cristina Mutarelli é chamada para substituí-la». Extra. Consultado em 7 de junho de 2018. 
  81. a b «Fora das novelas desde 2013, atriz Mariah Rocha entra em Deus Salve O Rei». observatoriodatelevisao. 9 de novembro de 2017. Consultado em 17 de dezembro de 2017. 
  82. Patrícia Kogut (30 de novembro de 2017). «Renata Dominguez fará participação em 'Deus salve o rei'». Kogut. Consultado em 12 de dezembro de 2017. 
  83. Redação (30 de novembro de 2017). «Renata Dominguez grava participação em Deus Salve o Rei». oplanetatv. Consultado em 12 de dezembro de 2017. 
  84. «Deus Salve o Rei': Afonso decide poupar vida do irmão ao planejar seu sequestro». Purepeople. 23 de março de 2018. Consultado em 17 de abril de 2018. 
  85. Carla Bittencourt (16 de fevereiro de 2018). «Vitório Gava encontra Johnny Massaro nos bastidores de 'Deus salve o rei'». Extra. Consultado em 17 de fevereiro de 2018. 
  86. Redação (26 de fevereiro de 2018). «Lucrécia tenta arrumar pretendente para Catarina». Gshow. Consultado em 27 de fevereiro de 2018. 
  87. Odara Gallo (13 de fevereiro de 2018). «Deus Salve o Rei: Lucrécia arranco tio do armário após flagra com professor». Noticiasdatv. Consultado em 14 de fevereiro de 2018. 
  88. Patrícia Kogut (9 de janeiro de 2018). «Estreia de 'Deus salve o rei' repercute nas redes sociais». O Globo. Consultado em 10 de janeiro de 2018. 
  89. «'Deus salve o rei' perde um ponto de audiência em SP e ganha dois no Rio - Patrícia Kogut, O Globo». Patrícia Kogut 
  90. Vaquer, Gabriel. «Deus Salve o Rei começa pior que Pega Pega e Haja Coração no Ibope, mas supera Rock Story e Totalmente Demais». Observatório da Televisão. Consultado em 19 de janeiro de 2018. 
  91. Daniel Castro. «Deus Salve o Rei bate recorde negativo e quase fica atrás de Tempo de Amar». Notícias da TV. Consultado em 9 de março de 2018. 
  92. «Em crescimento, "Deus Salve o Rei" bate recorde de audiência nesta segunda». NaTelinha. Consultado em 9 de março de 2018. 

Ligações externas