Deus vult

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Deus vult ("Deus o quer!" em latim) foi o grito do povo quando o papa Urbano II declarou a Primeira Cruzada no Concílio de Clermont, em 1095, quando a Igreja Ortodoxa pediu ajuda ao ocidente para interromper a expansão islâmica do Império Seljúcida na Anatólia.[1][2], frase que seria repetida por toda a Europa.

Referências

  1. Morwood, J: A Dictionary of Latin Words and Phrases, page 46. Oxford University Press, 1998 (em inglês)
  2. A Dictionary of Latin Words and PhdanielJames Morwood, Oxford University Press, 1998, p.46 (ISBN 978-0198601098)

External links[editar | editar código-fonte]