Dextrina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Dextrina
Alerta sobre risco à saúde
Poly-(1-4)-alpha-D-Glucose.svg
Identificadores
Número CAS 9004-53-9
Propriedades
Fórmula molecular (C6H10O5)n
Massa molar variável
Aparência pó branco ou amarelo
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

A dextrina é uma classe de polissacarídeos de baixo peso molecular. As dextrinas são misturas de polímeros de D-glucose (α-1,4). Na produção industrial, é obtido através da hidrólise ácida de amido. As dextrinas são solúveis em água, sendo brancas levemente amareladas. Exemplos incluem a amilina, a goma artificial, a goma de amido, a goma inglesa, a goma vegetal.

Utilização[editar | editar código-fonte]

É comum serem utilizadas como adesivos, fogos de artifício, emulsificante na fabricação de pólvora negra,[1] agentes espessantes e substitutos de gomas naturais. Nem todas as formas de dextrinas são digeríveis; essas formas não digeríveis são usadas como complemento de fibras alimentares.

A maltodextrina é usada como aditivo alimentar e é altamente digerível, sendo absorvida tão rapidamente quanto a glucose; alimentos com maltodextrina podem conter traços de aminoácidos, incluindo ácido glutâmico como subprodutos.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Benjamin Hoffman (4 de maio de 2021). Making Fast, Shootable Black Powder; Part 1. YouTube. Em cena em 6:46 de 19:46. Consultado em 5 de outubro de 2021 
  2. Eliane Petean Arena. «Qual a diferença entre maltodextrina, dextrina e dextrose?». Centro Nutrição Celular. Consultado em 5 de outubro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]