Deyverson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Deyverson
Deyverson
Deyverson defendendo o Palmeiras em 2022
Informações pessoais
Nome completo Deyverson Brum Silva Acosta
Data de nasc. 8 de maio de 1991 (31 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,87 m
canhoto
Apelido Deyvinho, MC Deyvinho[1]
Piscadinha[2]
Menino Maluquinho[3]
Iluminado[4]
Informações profissionais
Posição centroavante
Clubes de juventude
2011 Mangaratibense
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2011–2012
2012–2013
2013–2015
2015
2015–2017
2016–2017
2017–2022
2020
2020–2021
Mangaratibense
Benfica B
Belenenses
Köln (emp.)
Levante
Alavés (emp.)
Palmeiras
Getafe (emp.)
Alavés (emp.)
{{{jogos(golos)}}}

Deyverson Brum Silva Acosta, mais conhecido apenas como Deyverson (Rio de Janeiro, 8 de maio de 1991), é um futebolista brasileiro que atua como centroavante. Atualmente está sem clube.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Grêmio Mangaratibense[editar | editar código-fonte]

Começou a carreira em 2011, no Grêmio Mangaratibense, que disputava à época a Série C do Campeonato Carioca. Em dois anos no clube, disputou 31 jogos e anotou 18 gols.[5][6]

Benfica B[editar | editar código-fonte]

Passou por um período de testes no Benfica B, agradou, e foi contratado no dia 5 de setembro de 2012 por três temporadas. Estreou pelo time português no dia 19 de setembro de 2012, frente ao Tondela.[7] Marcou seu primeiro gol no dia 10 de novembro de 2012, numa vitória de 2–1 contra o Oliveirense.[8]

Belenenses[editar | editar código-fonte]

No ano seguinte, em 6 de agosto de 2013, foi contratado pelo Belenenses, onde marcou 12 gols em 34 jogos pelo clube.

Teve lesões no período e ficou em tratamento, até o fim de seu contrato.

Colônia[editar | editar código-fonte]

No dia 2 de fevereiro de 2015 foi emprestado ao Colônia, da Alemanha, onde permaneceu por seis meses. Ele marcou seu primeiro gol no dia 8 de março, contra o Eintracht Frankfurt.[9]

Levante[editar | editar código-fonte]

Chegou ao futebol espanhol no dia 27 de julho de 2015, assinando por quatro anos com o Levante. Fez sua estréia no dia 23 de agosto de 2015, na derrota contra o Celta de Vigo. Marcou seu primeiro gol na elite do futebol espanhol no dia 23 de setembro de 2015, anotando no último minuto da partida contra o Eibar, e selando um empate em 2–2. Terminou o campeonato com 12 gols em 23 jogos.

Alavés[editar | editar código-fonte]

Após o rebaixamento do Levante, no dia 21 de julho de 2016 foi emprestado por um ano para o Alavés. Marcou seu primeiro gol pelo clube no dia 10 de setembro, numa partida histórica contra o Barcelona, no Camp Nou, que terminou com vitória do clube visitante por 2–1. O clube terminou a temporada 2016–17 na 9ª colocação da La Liga, foi finalista e vice-campeão da Copa do Rei, perdendo na finalíssima por 3–1 para o Barcelona, em partida realizada no Vicente Calderón.[10]

Palmeiras[editar | editar código-fonte]

Deyverson com o Palmeiras em 2018

Indicado pelo técnico Cuca, no dia 11 de julho de 2017 assinou por cinco anos com o Palmeiras.[11] Em 2018 atuou em 26 partidas do Campeonato Brasileiro, marcando nove gols importantes para a campanha do título brasileiro, como nas vitórias nos clássicos contra São Paulo e Corinthians, além de ter concedido duas assistências. Terminou a temporada como campeão brasileiro, tendo feito o gol do título na vitória de 1–0 diante do Vasco da Gama.[12]

Empréstimo ao Getafe[editar | editar código-fonte]

No dia 20 de janeiro de 2020 foi anunciado como jogador do Getafe, por empréstimo.[13] Deixou a equipe em junho do mesmo ano, após o clube espanhol decidir não exercer o direito de compra.[14]

Retorno ao Alavés[editar | editar código-fonte]

No dia 15 de agosto de 2020, foi emprestado ao Alavés.[15] O acordo do atacante com o clube espanhol seria válido até o fim de junho de 2021,[16] entretanto, em maio, Deyverson anunciou que não permaneceria no clube espanhol, e retornou ao Palmeiras.[17]

Retorno ao Palmeiras[editar | editar código-fonte]

Deyverson foi reintegrado ao elenco palmeirense em junho de 2021.[18] Voltou a atuar dias depois no clássico contra o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro, e na partida seguinte marcou seu primeiro gol na volta ao clube, em vitória contra o Juventude.[19][20]

Dois homens, um à esquerda, e o outro à direita, ambos de costas para a câmera. O da esquerda aparece em segundo plano, com os dois braços abertos e longe do corpo, correndo e posicionando o seu corpo para dar um chute com a perna esquerda. O da direita aparece sentado, com sua mão esquerda no chão, sendo usada como apoio
Deyverson rouba a bola de Andreas Pereira e parte para fazer o segundo gol do Palmeiras na partida

Em novembro de 2021, pela final da Libertadores contra o Flamengo, o atacante entrou em campo no início da prorrogação e marcou o segundo gol do alviverde na vitória por 2–1, após falha de Andreas Pereira. Deyverson pressionou o meia rubro-negro, roubou a bola e finalizou na saída de Diego Alves para fazer o gol do título.[21]

Atuou pela última vez pelo Palmeiras em março de 2022, no empate por 1–1 contra o Red Bull Bragantino pela última rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista. Deyverson entrou no segundo tempo, fez o gol de empate em cobrança de pênalti e, pouco depois, foi expulso por reclamação com a arbitragem.[22] Em abril, com o contrato próximo do fim, Deyverson e a diretoria palmeirense entraram em acordo de que o centroavante não seria mais relacionado para jogos, participando apenas de treinos com o restante do grupo. Ao todo, contando suas duas passagens pelo Palmeiras, Deyverson atuou em 144 jogos e marcou 31 gols.[23] O jogador foi liberado de suas obrigações oficialmente no final de maio.[24]

Polêmicas[editar | editar código-fonte]

Durante sua passagem pelo Palmeiras, Deyverson ficou conhecido por acumular algumas polêmicas e expulsões devido ao seu comportamento nas partidas. Uma delas foi um cuspe em Richard, no Derby Paulista em 2019, o qual ocasionou uma suspensão de seis partidas no Campeonato Paulista.[25] Nessa época, chegou a ser suspenso das três competições diferentes que o Palmeiras participava (Campeonato Brasileiro, Libertadores, e Copa do Brasil), ao mesmo tempo.[26] Em novembro de 2018, o jogador atribuiu esses comportamentos a um "chip" na sua cabeça.[27]

Em 28 de setembro de 2021, Deyverson foi protagonista de um episódio na partida de volta das semifinais da Copa Libertadores, contra o Atlético Mineiro. O placar estava 1–0 para a equipe mineira, e os atletas reservas do Palmeiras aqueciam na linha lateral; entre eles, Deyverson. Momentos antes do gol de empate da equipe alviverde, o centroavante invadiu o gramado, com a jogada em andamento.[28] O VAR, liderado pelo argentino Andrés Cunha, chegou a alertar o árbitro de campo, o colombiano Wilmar Roldán, sobre a possível irregularidade, mas a decisão de Roldán foi de que o centroavante não afetou a conclusão da jogada e o gol foi validado.[29] O jogo terminou em 1–1 e os paulistas se classificaram pelo critério do gol fora de casa, já que a primeira partida terminou em 0–0.[30] Dias depois do ocorrido, o Atlético Mineiro chegou a protocolar uma reclamação à CONMEBOL, pedindo a anulação da partida;[31] entretanto, a entidade rejeitou o pedido e manteve o resultado.[32]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Palmeiras

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

  1. «Soltando a voz: MC Deyvinho canta Belo e quase leva Edu de Meneses às lágrimas na emoção». ESPN Brasil. Consultado em 22 de junho de 2020 
  2. Gabriel Mansur e Marcos Dantas (13 de setembro de 2018). «Piscadinha de Deyverson no Dérbi contra o Corinthians pode gerar denúncia no STJD». GloboEsporte.com. Consultado em 28 de novembro de 2021 
  3. MatheusCristianini (27 de novembro de 2021). «'Menino Maluquinho', Deyverson ganha repercussão internacional por lance inusitado na final da Libertadores». MSN 
  4. «'Iluminado', Deyverson exalta primeiro gol após retorno na vitória do Palmeiras e diz: 'Muito feliz». Consultado em 1 de dezembro de 2021 
  5. João Henrique Marques (8 de fevereiro de 2017). «Deyverson superou pobreza e foi ajudado por Kardec. Hoje, brilha na Espanha». UOL Esporte. Consultado em 24 de maio de 2019 
  6. «Deyverson - Histórico Equipes». oGol. Consultado em 12 de agosto de 2020 
  7. «Benfica II vs. Tondela - 19 September 2012 - Soccerway». int.soccerway.com. Consultado em 21 de fevereiro de 2020 
  8. «UD Oliveirense vs. Benfica II - 10 November 2012 - Soccerway». int.soccerway.com. Consultado em 21 de fevereiro de 2020 
  9. «Alemanha: Deyverson marca na vitória do Colónia». Maisfutebol. 8 de março de 2015. Consultado em 12 de agosto de 2020 
  10. «Adeus com troféu: Messi e Neymar marcam, e Barça de Luis Enrique é tri da Copa do Rei». GloboEsporte.com. 27 de maio de 2017. Consultado em 12 de agosto de 2020 
  11. «Palmeiras contrata atacante Deyverson, destaque da Copa do Rei». Folha de S.Paulo. 11 de julho de 2017. Consultado em 12 de agosto de 2020 
  12. Marcella Azevedo (26 de novembro de 2018). «Deyverson, o maluco beleza do Palmeiras». VAVEL Brasil. Consultado em 12 de agosto de 2020 
  13. «Getafe anuncia a chegada de Deyverson por empréstimo». UOL. 21 de janeiro de 2020. Consultado em 12 de agosto de 2020 
  14. «Deyverson não será comprado e está fora do Getafe». ESPN.com.br. 22 de junho de 2020. Consultado em 12 de agosto de 2020 
  15. «Palmeiras empresta Deyverson ao Alavés, da Espanha». GloboEsporte.com. 15 de agosto de 2020 
  16. Thiago Ferri (17 de agosto de 2020). «Palmeiras empresta Deyverson de graça ao Alavés; espanhóis bancarão salário». UOL 
  17. «Deyverson se despede do Alavés e vai voltar ao Palmeiras, mas ainda tem futuro incerto». Globo Esporte. 21 de maio de 2021. Consultado em 23 de maio de 2021 
  18. «DE VOLTA, DEYVERSON INICIA TRABALHOS NA ACADEMIA E SE EMOCIONA: 'MEU SANGUE É VERDE'». Palmeiras. 5 de junho de 2021. Consultado em 5 de junho de 2021 
  19. «Deyverson vai bem em primeiro teste como titular e vira alternativa para Abel no Palmeiras». Gazeta Esportiva. 18 de junho de 2021. Consultado em 27 de junho de 2021 
  20. «Deyverson marca, e Palmeiras vence o Juventude em Caxias do Sul». Globo Esporte. 16 de junho de 2021. Consultado em 16 de junho de 2021 
  21. «A América continua verde! Palmeiras bate Flamengo e leva o tri da Libertadores; assista à festa do título». Globo Esporte. 27 de novembro de 2021. Consultado em 27 de novembro de 2021 
  22. «Gol, dancinha, expulsão e apoio da torcida: Deyverson é protagonista em empate do Palmeiras». GE. 20 de março de 2022. Consultado em 21 de abril de 2022 
  23. «Em fim de contrato, Deyverson não deve mais jogar pelo Palmeiras: "Grato à torcida e ao clube"». GE. 8 de abril de 2022. Consultado em 10 de abril de 2022 
  24. Departamento de comunicação (25 de maio de 2022). «DEYVERSON RECEBE HOMENAGEM NA ACADEMIA DE FUTEBOL E DECLARA: 'SAIO DAQUI COMO PALMEIRENSE'». Site oficial do Palmeiras. Consultado em 25 de maio de 2022 
  25. «Julgado pelo TJD, Deyverson pega seis jogos de suspensão por cuspir em Richard». IG Esporte. 11 de fevereiro de 2019. Consultado em 24 de junho de 2020 
  26. «Deyverson está suspenso nas três competições do Palmeiras - Jogada». Diário do Nordeste. 10 de setembro de 2018. Consultado em 12 de agosto de 2020 
  27. Danielle Barbosa (6 de outubro de 2018). «Deyverson sobre polêmicas: "Às vezes solta o chip da minha cabeça e não sei o que acontece"». Torcedores.com. Consultado em 12 de agosto de 2020 
  28. Valinor Conteúdo (29 de setembro de 2021). «Entrada em campo de Deyverson antes do gol de Dudu gera questionamento se foi ou não legal». Lance!. Consultado em 20 de abril de 2022 
  29. «Áudio do VAR mostra que equipe de arbitragem notou invasão de Deyverson no gol do Palmeiras». Gazeta Esportiva. 29 de setembro de 2021. Consultado em 20 de abril de 2022 
  30. «Em busca do tri! Palmeiras empata com Atlético-MG e vai à final da Libertadores». GE. 28 de setembro de 2021. Consultado em 20 de abril de 2022 
  31. «Galo aponta invasão de Deyverson e formaliza pedido de anulação do gol do Palmeiras». Gazeta Esportiva. 1 de outubro de 2021. Consultado em 20 de abril de 2022 
  32. «Atlético-MG x Palmeiras: Conmebol rejeita pedido e confirma resultado que colocou paulistas na final da Libertadores». ESPN. 5 de outubro de 2021. Consultado em 20 de abril de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]