Dia (supermercado)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Dia %)
Ir para: navegação, pesquisa

{{Info/Empresa

Rede com participação coerciva (Dono) Hipermercado Extra

|nome_empresa = Dia

|razao_social        = Distribuidora Internacional de Alimentación, S.A.
|imagem              = Logo de Dia.png
|imagem_tamanho      = 250px
|imagem_legenda      = 
|slogan_empresa      = Dia, dá orgulho de comprar.
|fundação            = 24 de julho de 1966 (51 anos)
|sede                = Las Rozas, Espanha
|locais              = Espanha, Portugal, Argentina, Brasil, China
|presidente          = Ana María Llopis
|principais pessoas  = Ricardo Currás de Don Pablos (CEO)
|num_empregados      = 45,285[1]
|tipo_empresa        = Sociedade anônima
|indústria           = Varejista
|produtos            = Alimentício
|divisões            = Dia % , Dia Maxi e Dia Market
|subsidiárias        = Minipreço, Erteco.
|cotação             = BMAD: DIA
|lucro               = Baixa US$ 12.6 bilhões (2011)[1] 
|renda_líquida       = Baixa US$ 127.5 milhões (2011)
|página              = www.diacorporate.com

}} Distribuidora Internacional de Alimentación, S.A. (DIA) é uma rede de supermercados de descontos.

O supermercado tem dois tipos de lojas,uma voltada para bairros de cidades grandes e outras para cidades menores Segue uma política de redução de preços por meio de minimizar os custos operacionais, como por exemplo: pouca decoração da loja e os produtos são restritos a marcas com preços mais baixos.

A rede foi criada em 1979 na Espanha e atualmente possui mais de 7.182[2] lojas em oito países do planeta. A bandeira Dia % é usada na Argentina, Brasil, China e na Espanha.

Em 2017, em Portugal, são operadas 62o lojas [3][4] e atua com a bandeira Minipreço. A bandeira atua no Brasil desde 2001.

Em setembro de 2012, anunciou a compra das lojas da cadeia alemã Schlecker na Península Ibérica, numa operação que superou os 70,5 milhões de euros.[5][6]

Referências

  1. a b «DIA». Forbes (em inglês). Forbes.com LLC. Consultado em 18 de fevereiro de 2013 
  2. «Supermercados Dia registam lucros de 144,9 milhões até Setembro» 
  3. «Homem fica trancado duas horas em Minipreço de Braga» 
  4. ANA RUTE SILVA (21 de Fevereiro de 2013). «Lucros da DIA sobem 19% impulsionados pelas vendas na Península Ibérica e no Brasil». Público. Consultado em 22 de Fevereiro de 2013 
  5. ANA RUTE SILVA (11 de Janeiro de 2013). «Concorrência dá luz verde à compra das lojas Schlecker pela DIA». Público. Consultado em 22 de Fevereiro de 2013 
  6. «CConcorrência aprova compra da Schlecker Portugal pelo Dia». TVI24. 14 de Janeiro de 2013. Consultado em 22 de Fevereiro de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Dia (supermercado)
Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.