Dia Internacional da Visibilidade Transgênera

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O Dia Internacional da Visibilidade Transgénero é um evento anual que ocorre em 31 de março[1][2] dedicado a celebrar pessoas transgénero e aumentar a consciencialização sobre a discriminação enfrentada por pessoas transgénero em todo o mundo, além de comemorar as suas contribuições para a sociedade.

O dia foi fundado pela ativista transgénero com sede nos EUA[3] Rachel Crandall, de Michigan, em 2009[4] como uma reação à falta de reconhecimento LGBT das pessoas transgénero, citando a frustração de que o único dia bem conhecido transgénero era o Dia Internacional da Memória Transgénero, que lamenta os assassinatos de pessoas transgénero, mas não reconhece nem celebra os membros vivos da comunidade transgénero.

O primeiro Dia Internacional da Visibilidade Transgénero foi realizado em 31 de março de 2009. Desde então, foi liderada pela organização de defesa juvenil Trans Student Educational Resources, sediada nos EUA.[5]

Em 2014, o dia foi observado por ativistas em todo o mundo — incluindo na Irlanda[6] e na Escócia.[7]

No Brasil, a data é celebrada no dia 29 de Janeiro.[8]

Redes sociais[editar | editar código-fonte]

Em 2015, muitos indivíduos transgénero participaram de uma campanha de media social on-line em sites como Facebook, Twitter, Tumblr e Instagram. Os participantes publicaram selfies, histórias pessoais e estatísticas sobre as questões transgénero e outros conteúdos relacionados para aumentar a consciencialização e aumentar a visibilidade.[9]

Referências