Dia Internacional dos Migrantes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Dia Internacional dos Migrantes
Celebrações do Dia Internacional dos Migrantes de 2017 em Usera, bairro de Madri, Espanha
Celebrado por Todos os Estados-membros das Nações Unidas
Tipo Internacional
Data 18 de dezembro
Início 18 de dezembro de 1990
Frequência Anual

Em 18 de dezembro de 1990, a Assembleia Geral das Nações Unidas adotou uma resolução sobre a Convenção Internacional sobre a Proteção dos Direitos de Todos os Trabalhadores Migrantes e Membros de Suas Famílias.[1]

A cada ano, em 18 de dezembro, as Nações Unidas (ONU), por meio da organização da ONU para as Migrações (Migração das Nações Unidas),[2] usam o Dia Internacional dos Migrantes para destacar as contribuições dos cerca de 272 milhões de migrantes, incluindo mais de 41 milhões de pessoas deslocadas internamente (IDPs) e os desafios que enfrentam.[3][4]

Este evento global, apoiado por eventos organizados pelos quase 500 escritórios e sub-escritórios da IOM nos países, além de parceiros governamentais, internacionais e da sociedade civil nacional, examina uma ampla gama de temas de migração, tais como a coesão social, dignidade, exploração e solidariedade, para defender a migração guiada pelo princípio de que essa migração humana e ordenada beneficia os migrantes e a sociedade.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Resolution 45/158 of the United Nations General Assembly» (em inglês). Organização das Nações Unidas. Consultado em 18 de dezembro de 2019 
  2. «IOM Int» (em inglês). IOM. Consultado em 18 de dezembro de 2019 
  3. «IOM Migrants Day» (em inglês). IOM. Consultado em 18 de dezembro de 2019 
  4. «International Displacement» (em inglês). IOM. Consultado em 18 de dezembro de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre a ONU é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.