Dia do Número Único Europeu de Emergência “112”

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Aeroporto de Estugarda (Alemanha): alunos das escolas de música Leinfelden-Echterdingen, Schönbuch e Stuttgart estão a tocar o Hino da Europa durante a celebração do Dia Europeu do 112 no dia 11 de fevereiro de 2014.

O Dia Europeu do 112 é celebrado anualmente no dia 11 de fevereiro por toda a Europa. Foi instituído pela União Europeia com o objetivo de promover a existência e uso apropriado do Número Único Europeu de Emergência, conhecido como o “112”.

Número Único Europeu de Emergência[editar | editar código-fonte]

O Número Único Europeu de Emergência "112" foi introduzido em 1991 de forma a disponibilizar uma chamada de emergência comum em todos os Estados-membros da União Europeia[1]. Em alguns países da UE existem números de telefone de emergência nacionais complementares. Desde dezembro de 2008 que o número de telefone comum 112 permite ligar de forma gratuita, a partir de todas as redes fixas e móveis da UE, para os serviços de emergência. Devido à crescente divulgação como número de emergência europeu, o número 112 está a transformar-se não só num símbolo comum de ajuda e apoio, como também num símbolo da União Europeia.

Origem[editar | editar código-fonte]

Edelgard Huber von Gersdorff, com 112 anos de idade, foi embaixadora honorária da campanha “Uma Europa – Um número!”, cujo objetivo era aumentar a sensibilização acerca do Número de Emergência Europeu 112. 

O Parlamento Europeu, o Conselho da União Europeia e a Comissão Europeia assinaram uma convenção tripartida em 2009 para instituir o Dia Europeu do 112. Este dia tem como objetivo sensibilizar para a existência deste serviço à escala europeia e para as vantagens da chamada para o número de telefone de emergência europeu "112”. O dia 11 de fevereiro foi escolhido pelo facto de a data representar o número de telefone (11.2).[2] A ideia de dedicar um dia específico à chamada de emergência europeia foi discutida pela primeira vez no Parlamento Europeu em 2007, no âmbito dos preparativos da Declaração do Parlamento Europeu sobre o número de chamada de emergência europeu 112.[3] A necessidade geral de aumentar a divulgação do número de emergência europeu foi confirmada pelo Flash Eurobarometer 228 (em fevereiro de 2008): apenas 22% do total de entrevistados, na UE, sabiam que o número de telefone de emergência 112 é válido e está disponível em toda a União Europeia. Em Portugal, apenas 21% das pessoas tinha conhecimento deste facto.[4] Posteriormente, em 2009, a média da EU situou-se nos 24% e Portugal nos 30%)[5]; em 2010 a média da EU atingiu os 25% e Portugal os 27%.[6]

Celebrações[editar | editar código-fonte]

Na Europa, todos os anos são realizadas várias ações para celebrar Dia Europeu do 112. Algumas são organizadas por políticos e funcionários do governo, outras por serviços de salvamento, bombeiros e organizações não-governamentais. Em 2020, a Polícia de Segurança Pública portuguesa realizou várias ações de sensibilização em escolas de todo o país.[7] Outras ações semelhantes foram realizadas por toda a Europa, tal como em Bruxelas, onde a estátua Manneken-Pis surgiu vestida com uma farda do serviço 112.[8]

Referências[editar | editar código-fonte]