Dialeto de Pequim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Dialeto de Pequim (北京话 / 北京話)
Pronúncia:Běijinghuà
Falado em: China
Total de falantes:
Família: Sino-tibetana
 Chinês
  Dialeto de Pequim
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
Mandarín pekinés.png

O dialeto de Pequim (chinês simplificado: 北京话; chinês tradicional: 北京話; pinyin: Běijīnghuà), também conhecido como Pequinês, é o dialeto do mandarim falado na zona urbana de Pequim, China.[1] É a base fonológica do mandarim padrão, que é o idioma oficial da República Popular da China e da República da China, e uma das línguas oficiais em Singapura.

Apesar das semelhanças entre o dialeto de Pequim e o mandarim padrão, há várias diferenças que, geralmente, possibilitam os falantes de chinês conseguirem identificar se um indivíduo é nativo de Pequim ou de outra região.

Distribuição[editar | editar código-fonte]

O termo "dialeto de Pequim" geralmente refere-se ao dialeto falado na zona urbana de Pequim, no entanto, a definição também pode ser utilizada abrangendo o "mandarim de Pequim" (chinês simplificado: 北京官话; chinês tradicional: 北京官話; pinyin: Běijīng Guānhuà), que também inclui alguns dialetos do interior de Pequim.

O mandarim padrão também é colocado na categoria de "dialeto de Pequim", pois é baseado no dialeto local de Pequim.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]