Diana de França

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Diana de França
Retrato por François Clouet, 1568.
 
Marido Horácio Farnésio
Francisco de Montmorency
Casa Valois-Angoulême
Nascimento 25 de julho de 1538
Paris, França
Morte 11 de janeiro de 1619 (80 anos)
Paris, França
Pai Henrique II de França
Mãe Filippa Duci
Assinatura Assinatura de Diana de França


Diana de França (em francês: Diane de France; Paris, 25 de julho de 1538Paris, 11 de janeiro de 1619) era filha ilegítima Henrique II, Rei de França, e da sua amante Piemontesa Filippa Duci.[1] Algumas fontes alegam que seria antes filha de Diana de Poitiers.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Diana nasceu em em 1538 e foi formalmente legitimada em 1547. Em 1553, se casou com Horácio Farnésio, Duque de Castro, ficando viúva nesse mesmo ano quando Horácio foi morto numa batalha.[2]

Em 1559, casou-se em segundas núpcias com Francisco de Montmorency, filho mais velho de Anne de Montmorency, Condestável de França. Diana enviuvou pela segunda vez em 1579, após ter ajudado a tornar o seu marido num líder político de um grupo de Católicos moderados em França.

Diana tornou-se a favorita de Henrique III de França que, em 1582, lhe atribuiu o título de Duquesa de Angoulême, em vida. Já durante o reinado de Henrique IV de França, Diana manteve-se como uma respeitada cortesã, superintendendo a educação do delfim, o futuro Luis XIII.

Diana morreu em 11 de janeiro de 1619 em Paris. As suas cartas revelam uma mulher de grande coragem e tolerância.

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Diana de França

Referências

  1. Considerations on "Les Amours de I. du Bellay" , Robert V. Merrill, Modern Philology, Vol. 33, No. 2 (Nov., 1935), 133.
  2. Henry II and the Papal Conclave of 1549, Frederic J. Baumgartner, The Sixteenth Century Journal, Vol. 16, No. 3 (Autumn, 1985), 302.
  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Diane de France».