Dicionário de Direito de Bouvier

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Dicionário de Direito de Bouvier é um livro com uma longa tradição da comunidade jurídica nos Estados Unidos. A primeira edição foi escrita por John Bouvier.

John Bouvier (1787-1851) nasceu em Codogno, na França, mas foi para os Estados Unidos ainda muito jovem. Ele tornou-se cidadão estudaniense em 1812 e foi admitido noum bar em 1818, começando a trabalhar em Direito, na Filadélfia. Durante os seus anos de prática e estudo, ele percebeu a falta de um dicionário sobre a lei americana. Como qualquer bom empresário, ele decidiu colmatar essa necessidade, e trabalhou num novo dicionário, incessantemente, durante 10 anos. Uma de suas principais metas foi distinguir a lei americana, da sua antepassada, a inglesa. Ele é finalmente apresentado para publicação em 1839. Tal como muitos da sua geração, Bouvier utilizou o seu prefácio para justificar o seu trabalho, afirmando a irrelevância dos dicionários jurídicos ingleses para o sistema legal americano. Ele pretendia criar um dicionário sobre a nova lei americana, que iria abordar o sistema jurídico.

Do seu prefácio:

Cquote1.svg … A maior parte da matéria encontrada nos dicionários ingleses sobre a lei, foi escrita enquanto o direito feudal estava em seu pleno vigor, e não se adaptou à actualidade. (...) E existe uma grande parcela que, embora úteis para um [vii] advogado inglês, é quase inútil para o estudante americano. O que, por exemplo, temos que fazer com essas leis da Grã-Bretanha, que dizem respeito à pessoa do seu rei, da sua nobreza, do seu clero, da sua marinha, do seu exército; jogo com as suas leis; Cquote2.svg

Além disso, Bouvier incluiu todas as entradas para os estados que tinham formado, a partir de 1839, o sindicato. O segundo volume do dicionário foi especialmente útil para a compreensão obsoleta, sobre a autoridade, amplificando o seu significado no contexto americano.

O dicionário rapidamente se tornou popular e obteve excelentes críticas. O livro está bem escrito e exaustivamente pesquisado; Bouvier fez uuma contribuição significativa para cada nova edição e reescreveu vários artigos. Muitos estudiosos bem conhecidos do mundo legal, têm contribuído para as suas revisões. Bouvier publicou três edições em doze anos e estava preparando para um quarto no momento da sua morte, em 1851. Até 1886, quando foi pela primeira vez revista, tinha havido quinze edições. O trabalho ainda é amplamente utilizado. Uma edição dos primeiros volumes, contendo todo o conteúdo intacto, pode ser comprada por centenas de dólares.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • A LAW DICTIONARY. Philadelphia : T. and J. W. Johnson, 1839. 2 vols. "Appendix. A dictionary of the Norman of Old French language. By Robert Kelham."
  • A LAW DICTIONARY. 4ª ed. Philadelphia: Printed for the estate of John Bouvier, 1852. 2 vols. LIBRARY ONLY HAS: VOL. 2.
  • A LAW DICTIONARY. 5ª ed. Philadelphia: Printed for the estate of John Bouvier, 1855. 2 vols.
  • A LAW DICTIONARY. 6ª ed. Philadelphia: Childs & Peterson, 1856. 2 vols.
  • A LAW DICTIONARY. 8ª ed. Philadelphia: G.W. Childs, 1859. 2 vols.
  • A LAW DICTIONARY, adapted to the Constitution and laws of the United States of America, and of the several states of the American union: with references to the civil and other systems of foreign law. 14ª ed., rev. and greatly enl. Philadelphia: J. B. Lippincott, 1878. 2 vols.
  • BOUVIER'S LAW DICTIONARY AND CONCISE ENCYCLOPEDIA. 3rd revision (being the 8th ed.) / by Francis Rawle. Kansas City, Mo. : Vernon Law Book Co. ; St. Paul, Minn. : West Pub., 1914. 3 vols.
Ícone de esboço Este artigo sobre direito é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.