Dicuil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Dicuil
Nascimento ca. 750
Morte depois de 825
Ocupação Monge
Geógrafo
Principais trabalhos Liber de Mensura Orbis terrae

Dicuil (em latim: Dicuilus) foi um monge e geógrafo irlandês, nascido por volta de 750 e falecido depois de 825. Foi membro de um convento algures no Império Carolíngio.[1][2][3]

A sua obra mais conhecida é o livro Liber de Mensura Orbis terrae[4], uma compilação de conhecimentos geográficos da época sobre a Europa, Ásia, África, Egito e Etiópia, contendo algumas informações inéditas, como por exemplo a presença de monges irlandeses na Islândia e nas Ilhas Faroé, antes da chegada dos viquingues, a existência de um canal entre o rio Nilo e o Mar Vermelho, e a dádiva de um elefante vivo ao imperador carolíngio Carlos Magno pelo califa abássida Harune Arraxide de Bagdá.[1][2][5][6]

Referências

  1. a b Harald Gustafsson e Ingmar Jansson. «Färöarna - Historia» (em sueco). Enciclopédia Nacional Sueca. Consultado em 7 de julho de 2015 
  2. a b «Dicuil» (em inglês). Encyclopædia Britannica - Enciclopédia Britânica. Consultado em 7 de julho de 2015 [ligação inativa]
  3. «Dicuil» (em inglês). The Catholic Encyclopedia - Enciclopédia Católica. Consultado em 8 de julho de 2015 
  4. «De mensura orbis terrae - Work by Dicuil» (em inglês). Encyclopædia Britannica - Enciclopédia Britânica. Consultado em 9 de julho de 2015 [ligação inativa]
  5. «Iceland - History» (em inglês). Smithsonian - National Museum of Natural History. Consultado em 9 de julho de 2015 
  6. Madsen, Heini (1990). «Efter Kristi fødsel (Depois de Cristo)». Færøerne i 1000 år (em dinamarquês). Vadum: : Skúvanes. p. 9. 232 páginas. ISBN 87-983134-2-8 

Ver também[editar | editar código-fonte]