Diego Alves

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Diego Alves
Diego Alves
Diego Alves em 2014
Informações pessoais
Nome completo Diego Alves Carreira
Data de nasc. 24 de junho de 1985 (31 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro (RJ), Brasil
Nacionalidade  brasileira
 espanhola[1]
Altura 1,88 m
Canhoto
Informações profissionais
Clube atual Espanha Valencia
Número 1
Posição Goleiro
Clubes de juventude
2001–2003
2004
Brasil Botafogo-SP
Brasil Atlético Mineiro
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2005–2007
2007–2011
2011–
Brasil Atlético Mineiro
Espanha Almería
Espanha Valencia
0061 0000(0)
0125 0000(0)
0149 0000(0)
Seleção nacional3
2008
2011–
Brasil Brasil Sub-23
Brasil Brasil
0002 0000(0)
0009 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 22 de outubro de 2016.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 18 de novembro de 2014.

Medalhas
Jogos Olímpicos
Bronze Pequim 2008 Futebol

Diego Alves Carreira (Rio de Janeiro, 24 de junho de 1985) é um futebolista brasileiro que atua como goleiro. Defende atualmente o Valencia.


Clubes[editar | editar código-fonte]

Botafogo-SP[editar | editar código-fonte]

Diego Alves começou sua carreira no Botafogo de Ribeirão Preto onde reside sua família, em 2001, onde disputou diversos torneios internacionais, como: Nokia Debitel Cup em Dusseldorf, LZO Cup em Bremen e Finaznzgruppe Cup em Oberndorf, todos os torneios disputados em 2003, e em todos foi eleito o melhor goleiro do campeonato.

Atlético Mineiro[editar | editar código-fonte]

Em 2004 Diego se transferiu para o Clube Atlético Mineiro para integrar a equipe juniores, subindo para equipe principal em 2005, quando fez sua estreia, no Campeonato Mineiro de 2005, em goleada por 4–1 sobre a URT.

Diego ajudou o grupo a conquistar o Brasileirão da Segunda Divisão de 2006 e retornar a elite do futebol brasileiro, sendo um dos destaques da equipe como o melhor goleiro da competição.

Em 2007 conquistou o Campeonato Mineiro, competição em que também foi eleito o melhor goleiro.

Almería[editar | editar código-fonte]

Em junho de 2007 se transferiu para o Almería da Espanha.

Valencia[editar | editar código-fonte]

Em maio de 2011 transferiu-se ao Valencia.[2] Em 23 de maio de 2015 sofreu grave lesão no joelho, retornando aos gramados somente nove meses depois, em 13 de fevereiro de 2016.[3] Em 2 de outubro de 2016, Diego Alves ampliou o recorde de pênaltis defendidos na história do Campeonato Espanhol. Na partida contra o Atlético de Madrid defendeu as cobranças de Griezmann e Gabi, no total de 22 defesas (em 45 cobranças), porém não conseguiu evitar a derrota do seu time.[4]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Foi convocado para as Olimpíadas 2008 e até recebeu a camisa de número 1, mas foi reserva. Estreou pela seleção principal em 10 de novembro de 2011 em partida amistosa contra o Gabão.

Havia sido convocado para a disputa da Copa América de 2015, porém foi cortado devido a grave lesão no joelho direito sofrida em partida da Liga espanhola em 23 de maio.[5]

Integrará o elenco para a disputa da Copa América Centenário em 2016.[6]

Expanda a caixa de informações para conferir todos os jogos deste jogador, pela sua seleção nacional.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Atlético Mineiro

Prêmios Individuais[editar | editar código-fonte]

  • Melhor goleiro do Campeonato Brasileiro Série B - 2006
  • Melhor goleiro do Campeonato Mineiro - 2007
  • Troféu Telê Santana - Melhor goleiro de Minas Gerais - 2007

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]