Diego Cagna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Diego Cagna
Informações pessoais
Nome completo Diego Sebastián Cagna
Data de nasc. 19 de abril de 1970 (48 anos)
Local de nasc. Buenos Aires,  Argentina
Altura 1,82 m
Apelido El Flaco
Informações profissionais
Equipa atual Colômbia Atlético Bucaramanga
Posição Treinador (Ex-meio-campista)
Clubes de juventude
–1987 Argentina Argentinos Juniors
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1988–1992
1992–1996
1996–1999
1999–2002
2002–2003
2003–2005
Argentina Argentinos Juniors
Argentina Independiente
Argentina Boca Juniors
Espanha Villarreal
México Atlético Celaya
Argentina Boca Juniors
092 (12)
0117 0(13)
115 0(9)
077 0(0)
017 0(1)
082 0(7)
Seleção nacional
1992–1999 Flag of Argentina.svg Argentina 019 0(1)
Times/Equipas que treinou
2006–2010
2010–2011
2011
2012–2013
2013
2016–2017
2018–
Argentina Tigre
Chile Colo-Colo
Argentina Newell's Old Boys
Argentina Estudiantes
Argentina Tigre
Argentina San Martín de Tucumán (diretor-esportivo)
Colômbia Atlético Bucaramanga
128
26
10
26
6

Diego Sebastián Cagna (Buenos Aires, 19 de abril de 1970) é um ex-futebolista e treinador de futebol argentino. Atualmente é diretor-esportivo do San Martín de Tucumán.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Revelado pelo Argentinos Juniors, Cagna passou ainda pelo Independiente entre 1992 e 1996, atuando em 92 jogos e marcando 12 gols, vencendo o torneio Clausura do Campeonato Argentino em 1994 e a Recopa Sul-Americana de 1995. Teve ainda passagem destacada no Boca Juniors, onde atuou 117 vezes, com 13 gols marcados.

Entre 2000 e 2002, atuou no futebol espanhol, jogando 77 partidas com a camisa do Villarreal. Ainda em 2002, jogou 17 partidas pelo Atlético Celaya do México. Regressou ao Boca Juniors no ano seguinte, encerrando a carreira de jogador em 2005, aos 35 anos e com 10 títulos conquistados (5 Campeonatos Argentinos, 1 Copa Libertadores, 2 edições da Copa Sul-Americana, 1 Recopa e 1 Copa Intercontinental).

Seleção Argentina[editar | editar código-fonte]

Cagna estreou na Seleção Argentina em 1992, vencendo a Copa Rei Fahd (precursora da Copa das Confederações). Disputou ainda os Jogos Pan-Americanos de 1995 e a Copa América de 1999. Seu único gol pela Albiceleste foi em 1998, contra Israel[1], porém não foi convocado para a Copa da França. No total, o meio-campista atuou 19 vezes pela Seleção Argentina.

Carreira de técnico[editar | editar código-fonte]

Em dezembro de 2006, Cagna estreou na carreira de técnico, ao assinar com o Tigre, exercendo o cargo até 2009. Treinou ainda Colo-Colo, Newell's Old Boys e Estudiantes, sem muito êxito, voltando ao Tigre em 2013, comandando a agremiação em 6 partidas.

Após 3 anos desempregado, El Flaco foi contratado pelo San Martín de Tucumán em abril de 2016 para trabalhar como diretor-técnico.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Independiente
Boca Juniors
Argentina

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]