Diego López Rodríguez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Diego López
Diego López
López pelo Espanyol em 2017
Informações pessoais
Nome completo Diego López Rodríguez
Data de nasc. 3 de novembro de 1981 (41 anos)
Local de nasc. Paradela, Espanha
Nacionalidade espanhol
Altura 1,96 m
destro
Informações profissionais
Clube atual Rayo Vallecano
Número 13
Posição goleiro
Clubes de juventude
1994–1999 Lugo
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1999–2000
2000–2003
2001–2002
2003–2005
2005–2007
2007–2012
2012–2013
2013–2014
2014–2017
2016–2017
2017–2022
2022–
Lugo
Real Madrid C
Alcorcón (emp.)
Real Madrid Castilla
Real Madrid
Villarreal
Sevilla
Real Madrid
Milan
Espanyol (emp.)
Espanyol
Rayo Vallecano
00002 0000(0)
00047 0000(0)
00000 0000(0)
00035 0000(0)
00011 0000(0)
00230 0000(0)
00011 0000(0)
00062 0000(0)
00037 0000(0)
00035 0000(0)
00178 0000(0)
00000 0000(0)
Seleção nacional
2005–2007
2009
Galícia
Espanha
00001 0000(0)
00003 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelos
clubes, atualizadas até 22 de maio de 2022.

Diego López Rodríguez (Paradela, 3 de novembro de 1981) é um futebolista espanhol que atua como goleiro. Atualmente joga no Rayo Vallecano.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Real Madrid[editar | editar código-fonte]

Diego López nasceu em Paradela, Lugo, Galiza. O goleiro iniciou a carreira nas categorias de base do Lugo, mas logo migrou para o Real Madrid. Destaque no time C da equipe, ele foi emprestado ao Alcorcón na temporada 2001–02, e após o empréstimo, passou a defender o Real Madrid Castilla. Devido às boas atuações no Castilla, Diego López foi promovido à equipe principal do Real Madrid e tornou-se o reserva imediato de Iker Casillas nas duas temporadas seguintes da La Liga. López estreou oficialmente pelo clube no dia 6 de dezembro de 2005, contra o Olympiacos, numa derrota por 2 a 1 fora de casa, válida pela fase de grupos da Liga dos Campeões da UEFA.[1]

Villarreal[editar | editar código-fonte]

No final de junho de 2007, López foi contratado pelo Villarreal pelo valor de 6 milhões de euros. Começou a temporada como reserva do uruguaio Sebastián Viera, mas, após uma série de ótimas atuações, ele foi premiado com a titularidade e terminou a temporada com 20 partidas disputadas. López foi titular absoluto na temporada 2008–09, ajudando o Villarreal terminar em 5º lugar na La Liga, já que não perca um minuto de ação. Mais do mesmo na temporada seguinte, mas a equipe só alcançou um 7º lugar, portanto, fora da zona europeia. No entanto, como o 5º colocado Mallorca foi expulso da competição europeia devido à falência, o Valencia tomou o seu lugar nas eliminatórias da Liga Europa da UEFA. López teve destaque em todos os jogos do campeonato, mas um em 2011–12, sendo expulso frente ao Sevilla, em um empate em casa por 2 a 2, no segundo jogo da temporada.

Sevilla[editar | editar código-fonte]

No dia 22 de maio de 2012, López assinou com o Sevilla por cinco anos, para uma taxa relatada de 3,5 milhões de euros. Ele alternou o status de titular com Andrés Palop durante sua passagem.

Diego López no Real Madrid

Retorno ao Real Madrid[editar | editar código-fonte]

Após o titular Iker Casillas ter sofrido uma lesão na mão,[2] o Real Madrid anunciou a contratação de Diego López no dia 25 de janeiro de 2013. O arqueiro assinou com os merengues até junho de 2017.[3] Logo ao chegar, ele afirmou que sempre sonhou em voltar ao clube.[4] López reestreou pela equipe no dia 30 de janeiro, contra o Barcelona, num empate por 1 a 1 válido pela Copa do Rei.[5]

Milan[editar | editar código-fonte]

No dia 13 de agosto de 2014, o Milan anunciou sua contratação por quatro temporadas.[6] O goleiro estreou pelo Milan num jogo contra a Lazio, no dia 31 de agosto, e a partida foi vencida por 3 a 1 pelo time de Milão. Neste jogo, López defendeu um pênalti batido pelo meio-campista italiano Antonio Candreva.

Espanyol[editar | editar código-fonte]

Em agosto de 2016, sem muito espaço no clube rossonero, Diego López foi emprestado por uma temporada ao Espanyol.[7]

Rayo Vallecano[editar | editar código-fonte]

Foi contratado pelo Rayo Vallecano no dia 2 de julho de 2022, assinando por um ano com o clube.[8]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Real Madrid Castilla
Real Madrid

Referências

  1. «Olympiacos-Real Madrid» (em inglês). UEFA Champions League. Consultado em 27 de maio de 2022 
  2. «Casillas é operado e só deve voltar em três meses, segundo médico». GloboEsporte.com. 25 de janeiro de 2013. Consultado em 27 de maio de 2022 
  3. «Real Madrid age rápido e traz goleiro do Sevilla para o lugar de Casillas». GloboEsporte.com. 25 de janeiro de 2013. Consultado em 27 de maio de 2022 
  4. «Diego Lopéz comemora volta ao Real: 'É um sonho estar de novo em casa'». GloboEsporte.com. 26 de janeiro de 2013. Consultado em 27 de maio de 2022 
  5. «Barcelona sai na frente, mas zagueiro busca empate para o Real Madrid». ESPN Brasil. 30 de janeiro de 2013. Consultado em 27 de maio de 2022 
  6. «Sem espaço no Real, Diego López acerta transferência para o Milan». Superesportes. 9 de agosto de 2014. Consultado em 27 de maio de 2022 
  7. Gêra Lobo (31 de agosto de 2016). «Espanyol oficializa contratação do goleiro Diego López, ex-Milan». VAVEL. Consultado em 21 de julho de 2020 
  8. José Antonio Zapico Díaz (2 de julho de 2022). «Diego López, segundo fichaje del Rayo de Iraola» (em espanhol). Diario AS. Consultado em 15 de agosto de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]