Diego Luna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Diego Luna
Diego Luna no Festival de Cannes de 2016
Nome completo Diego Dionisio Luna Alexander
Nascimento 29 de dezembro de 1979 (37 anos)
Cidade do México
 México
Ocupação Ator, Produtor, Realizador, Argumentista
Atividade 1982-presente
Cônjuge Camila Sodi (2008 - 2013)
IMDb: (inglês)

Diego Dionisio Luna Alexander (Cidade do México, 29 de dezembro de 1979) é um ator, produtor, realizador e argumentista mexicano.[1] É conhecido pelos seus papéis em filmes como Y tu mamá también (onde contracena com o seu amigo de infância, Gael García Bernal), Dirty Dancing: Havana Nights, Elysium e Rogue One: A Star Wars Story.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Diego Luna nasceu na Cidade do México, filho de Fiona Alexander, uma figurinista inglesa e de Alejandro Luna, um cenógrafo mexicano que é um dos mais aclamados designers do teatro e cinema estabelecido no México. Sua mãe morreu em um acidente de carro quando Diego tinha dois anos de idade. Ela trabalhava na indústria cinematográfica e tinha certeza que esta era a vida que Diego escolheria. Seu pai também reforçou a importância do teatro e das artes em sua vida. A juventude o faria se aproximar cada vez mais dos sets, despertando nele todos os diferentes aspectos de sua arte, promovendo o seu desejo de se tornar um ator e defender uma tradição familiar.

Diego casou-se com a atriz mexicana Camila Sodi em fevereiro de 2008 e o casal tem um filho chamado Jerónimo (n. agosto de 2008).e uma filha chamada Fiona (n. julho de 2010), que recebeu o nome em honra da mãe de Diego. No dia 21 de abril de 2013, Diego e Camila anunciaram a separação após 5 anos de casamento.

Em conjunto com o seu amigo de infância, Gael García Bernal, Diego fundou a Ambulante A.C., uma organização sem fins lucrativos que tem como objetivo exibir documentários em locais onde estes raramente chegam. Em 2011, a organização recebeu o prémio de Direitos Humanos da Washington Office on Latin America (WOLA).

Carreira[editar | editar código-fonte]

Representação[editar | editar código-fonte]

Iniciou sua carreira no cinema aos seis anos, estrelando em uma peça chamada De Filme. Seu primeiro papel em telonas foi aos onze anos, quando estrelou na curta-metragem, El Ultimo Fin de Año. No ano seguinte participou de sua primeira telenovela, Vovô e Eu, Gael García Bernal interpretou o papel título. Depois de Vovô e Eu, Diego começou a receber mais e mais convites para trabalhar em peças de teatro, cinema e TV. Alternando cinema e televisão na década de 90, sua grande oportunidade veio em 2001 quando foi aclamado no filme Y tu mamá también, que se tornou um sucesso mundial. Diego estrelou mais uma vez ao lado Gael García Bernal, interpretando “Tenoch Iturbide”. Em 2002, veio o premiado Frida, com Salma Hayek. Estrelou ao lado de Bon Jovi em Vampires: Los Muertos. Filmou também o western Open Range, em seguida Dirty Dancing: Havana Nights, bem como The Terminal com Tom Hanks, e 171 com John C. Reilly. Em 2008, ele apareceu em Milk, filme baseado na vida do político e ativista gay Harvey Milk, Luna interpretou o extravagante, mas emocionalmente instável amante “Jack Lira”. Em 2011 participou do clipe da cantora Katy Perry, The One That Got Away como seu amor da juventude.

Diego Luna no Festival de Cinema de Tribeca em 2007.

Em 2012, interpretou o papel de Raul em Casa de mi padre, uma comédia norte-americana falada em espanhol e protagonizada por Will Ferrell. No ano seguinte, foi Julio no filme de ficção científica Elysium, protagonizado por Matt Damon e Jodie Foster. Em 2015, interpretou o papel de Giacomo Casanova no piloto do que seria uma série do serviço de streaming Amazon Video, no entanto a série não chegou a ser encomendada. No mesmo ano, desempenhou um papel de destaque no filme Blood Father, protagonizado por Mel Gibson.

2016 foi um dos anos de maior sucesso da sua carreira. Para além de ter sido convidado para fazer parte do júri da competição Un Certain Regard do Festival de Cannes, estreou o filme Rogue One: A Star Wars Story, o primeiro spin-off cinematográfico da saga Star Wars do qual é um dos protagonistas. No filme, Diego desempenha o papel de Cassian Andor, um soldado da Aliança Rebelde que desempenha um papel fulcral na descoberta dos planos de construção da Estrela da Morte e na sua consequente destruição.Em 2017, desempenha o papel de Ray no remake do filme de 1990, Flatliners.

Produção e realização[editar | editar código-fonte]

Diego é o fundador e dono de duas companhias de produção de cinema e televisão: Canana Films e Gloria. A primeira é uma companhia fundada em 2005 por Luna e Gael García Bernal que se dedica à produção de cinema e televisão maioritariamente em língua espanhola. Um dos seus projetos de maior destaque foi uma série de documentários televisivos sobre os homicídios por resolver de 300 mulheres na fronteira da cidade de Ciudad Juárez. Gloria foi fundada em 2015 por Luna, Pablo Cruz e Eric Bonniot com o objetivo de produzir materiais em inglês e espanhol e dar visibilidade à comunidade latina dos Estados Unidos.

Diego já realizou seis projetos, entre eles o filme mexicano Abel, que também escreveu em conjunto com Augusto Mendoza. O filme segue a história de um menino que confunde a realidade com a fantasia quando assume a responsabilidade de cuidar da família na ausência do pai. O filme recebeu críticas positivas e venceu o prémio Silber Ariel de Melhor Argumento. Em 2016, Diego voltou a escrever e a realizar um filme: Mr. Pig. Protagonizado por Maya Rudolph e Danny Glover. o filme segue uma viagem de carro que um norte-americano faz pelo México.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Filmes
Ano Título Papel Notas
1982 Antonieta Não creditado
1991 El último fin de año Curta-metragem
1994 Ámbar Muni Frahabarana
1995 Un hilito de sangre León
Morena Dos
1997 1,2,3 por mi Curta-metragem
1999 Todo el poder Esteban
Perriférico
El cometa Victor
Un dulce olor a muerte Ramón
2000 Before Night Falls Carlos
2001 Todos los aviones del mundo Curta-metragem
Y tu mamá también Tenoch Iturbide
Atlético San Pancho Carteiro Javier
2002 Fidel Renato Guitart Para TV
Ciudades oscuras Fede
Frida Alejandro "Alex"
Vampires: Los Muertos Sancho
2003 Soldados de Salamina Gastón
Carambola
Open Range Button
Nicotina Lolo
2004 Dirty Dancing: Havana Nights Javier Suarez
The Terminal Enrique Cruz
Criminal Rodrigo
2006 Sólo Diós sabe Damián
Un mundo maravilloso Repórter em Estocolmo Creditado como Alexander García
Fade to Black Tommaso Moreno
2007 El búfalo de la noche
Mister Lonely Michael Jackson
2008 Milk Jack Lira
Solo quiero caminar Gabriel
Rudo y Cursi Beto
2010 Horse
In the Playground
2012 Contrabando Gonzalo
Casa de mi padre Raul
2013 Elysium Julio
2014 The Book of Life Manolo Dublagem
2016 Blood Father Jonah
The Bad Batch John
'Rogue One: A Star Wars Story' Cassian Andor
2017 Flatliners Ray
Telenovelas
Ano Título Papel Notas
1989 Carrossel
1992 Vovô e Eu Luis
1995 El Premio Mayor Quique
1998 El Amor de Mi Vida Claudio
1999 La Vida En El Espejo Eugenio Román Franco

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmios
Ano Resultado Premiação Categoria Título
2001 Venceu Marcello Mastroianni Award E Sua Mãe Também
Venceu Valdivia International Film Festival E Sua Mãe Também
2002 Indicado MTV Movie Award
(América Latina)
Melhor Beijo E Sua Mãe Também
Indicado MTV Movie Award
(América Latina)
Melhor Insulto e Melhor Beijo E Sua Mãe Também
2004 Indicado MTV Movie Award
(México)
Nicotina/Soldados de Salamina/Pacto de Justiça
Venceu MTV Movie Award
(México)
Pior Fumador / Ator Favorito Nicotina
2009 Indicado Screen Actors Guild Awards Performance Marcante em Elenco de Filme Milk - A Voz da Igualdade
Indicado Goya Awards Melhor Ator Solo quiero caminar
Indicado CEC Award Melhor Ator Solo quiero caminar
Venceu Critics Choice Award Melhor Elenco Milk - A Voz da Igualdade

Ligações externas[editar | editar código-fonte]