Digigravura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Impressora digital de 1000 dpi.

A digigravura, conhecida também como digigrafia, gravura digital ou infografia,[1] é um processo contemporâneo de gravação de imagens por meios digitais.[2]

A impressão pode ser feita em papéis ou telas (canvas). A digigravura pertence ao domínio da arte digital e pode ser produzida em tiragens limitadas. Como em qualquer tipo de gravura, os originais produzidos são numerados e assinados pelo artista.[2]

As imagens para digigrafia devem de ser de muito alta resolução, digitalizadas à proporção de 1:1, as cores tem de ser fieis a 90% em relação ao original, e as impressoras são próprias para este fim e usam tintas de arquivo.[carece de fontes?]

Referências

  1. Costa, Célia Soares da e Nunes, Ana Luíza Ruschel, História da Arte Contemporânea..., página visitada em 28 de setembro de 2015.
  2. a b Filho, Alexandre Silva dos Santos, A Digigravura como Expressão Gráfica..., UFPA, página visitada em 28 de setembro de 2015.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]