Dillinger (1945)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde janeiro de 2016). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Dillinger
Lawrence Tierney, no papel título, e Anne Jeffreys, seu interesse romântico, em cena do trailer do filme
 Estados Unidos
1945 •  p&b •  70 min 
Direção Max Nosseck
Produção Frank King
Maurice King
Roteiro Philip Yordan
Elenco Lawrence Tierney
Edmund Lowe
Anne Jeffreys
Eduardo Ciannelli
Gênero Policial
Música Dimitri Tiomkin
Direção de arte Frank Paul Sylos
Direção de fotografia Jackson Rose
Efeitos especiais Ray Mercer
Edição Edward Mann
Companhia(s) produtora(s) King Brothers Productions
Distribuição Monogram Pictures
Lançamento Estados Unidos 2 de março de 1945
Portugal 25 de novembro de 1947
Idioma Inglês
Orçamento US$ 193,000
Receita US$ 4,000,000 (EUA)

Dillinger é um filme norte-americano de 1945, do gênero policial, dirigido por Max Nosseck e estrelado por Edmund Lowe, Lawrence Tierney e Anne Jeffreys.

Notas sobre a produção[editar | editar código-fonte]

Um dos melhores filmes B de seu gênero,[1] Dillinger foi apenas a nona produção da King Brothers, e a mais lucrativa daquela pequena companhia.[2]

Vários grupos cívicos ficaram escandalizados com a brutalidade e sensacionalismo do filme, e toda essa gritaria levou os executivos da Monograma prometer evitar material tão controverso nas futuras produções.[3] O filme, inclusive, chegou a ser banido de Chicago por dois anos, segundo a Variety.[3] Apesar desses problemas, Dillinger foi um enorme sucesso de bilheteria.

Ainda que Edmund Lowe lidere o elenco, o grande destaque é Lawrence Tierney, que se tornou uma celebridade cult da noite para o dia por sua corajosa interpretação do famoso ladrão de bancos.[2]

Toda uma sequência do roubo de um banco é feita com material de arquivo de You Only Live Once, de Fritz Lang.[1][2]

O filme foi indicado ao prêmio Oscar de Melhor Roteiro Original.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Eduardo Ciannelli no trailer do filme.

O filme mostra a trajetória de John Dillinger, de ladrão pé-de-chinelo a Inimigo Público No. 1., até seu fim nas ruas de Chicago, em 1934. Ele não atuava sozinho e entre seus capangas ou sócios estão Doc Madison, Kirk Otto e Marco Minelli. Helen Rogers, que vende ingressos em um cinema, é seu par romântico e sua ruína.

Premiações[editar | editar código-fonte]

Patrocinador Prêmio Categoria Situação
Academia de Artes e Ciências Cinematográficas Oscar Melhor Roteiro Original Indicado
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Dillinger

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Edmund Lowe Specs Green
Lawrence Tierney John Dillinger
Anne Jeffreys Helen Rogers
Eduardo Ciannelli Marco Minelli
Marc Lawrence Doc Madison
Elisha Cook Jr. Kirk Otto
Ralph Lewis Tony
Elsa Janssen Senhora Otto
Ludwig Stössel Senhor Otto
Constance Worth Enfermeira

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. a b MALTIN, Leonard, Classic Movie Guide, segunda edição, Nova Iorque: Plume, 2010, ISBN 9780452295773 (em inglês)
  2. a b c ERICKSON, Hal. «Dillinger (1945)». AllMovie. Consultado em 10 de janeiro de 2016. 
  3. a b OKUDA, Ted, The Monogram Checklist: The Films of Monogram Pictures Corporation, 1931-1952, 1a. reimpressão, Jefferson: McFarland, 1999, ISBN 9780786407507 (em inglês)
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.