Diocese de Bagé

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Diocese de Bagé
Bagensis
Localização
País  Brasil
Arquidiocese metropolitana Arquidiocese de Pelotas
Estatísticas
Área 35 554 km²
Informação
Rito Romano
Criação 25 de junho de 1960 (62 anos)
Padroeiro(a) São Sebastião
Governo da diocese
Bispo Cleonir Paulo Dalbosco
Bispo emérito Gílio Felício
Jurisdição diocese
Página oficial diocesedebage.com.br
dados em catholic-hierarchy.org

A Diocese de Bagé é uma divisão territorial da Igreja Católica no estado do Rio Grande do Sul.

Histórico[editar | editar código-fonte]

A Diocese foi criada no dia 25 de junho de 1960 com a Bula Quo Divino do Papa João XXIII e instalada no dia 24 de outubro do mesmo ano. Alguns meses depois, em 25 de março de 1961, foi nomeado seu primeiro Bispo, Dom José Gomes.

Território[editar | editar código-fonte]

É composta de 16 paróquias, em 12 municípios. Municípios de Bagé (1846), Lavras do Sul (1882), Santana do Livramento (1857), Dom Pedrito (1864), São Gabriel (1846), Rosário do Sul (1875?), Pinheiro Machado (1878), Hulha Negra (1992), Candiota (1992), Aceguá (1996), Pedras Altas (1996) e Santa Margarida do Sul (1996).

Bispos[editar | editar código-fonte]

Nome Período Notas
Bispos
Dom Cleonir Paulo Dalbosco, O.F.M.Cap. 2018
Dom Gílio Felício 2002-2018 bispo emérito
Dom Laurindo Guizzardi, C.S. 1982-2001 Nomeado Bispo de Foz do Iguaçu
Dom Angelo Félix Mugnol 1969-1982
Dom José Gomes 1961-1968 Nomeado Bispo de Chapecó
Bispo-coadjutor
Dom Laurindo Guizzardi, C.S. 1982