Diocese de Coroatá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Diocese de Coroatá
Coroatensis
Localização
País
 Brasil,  Maranhão
Arquidiocese metropolitana Arquidiocese de São Luís do Maranhão
Estatísticas
População 401.134 hab (Censo 2006)
Área 18.744 km²
Informação
Rito Romano
Criação 26 de agosto de 1977 (44 anos)
Governo da diocese
Bispo Sebastião Bandeira Coelho
Jurisdição Diocese
Página oficial http://www.diocesedecoroata.com.br/site/
dados em catholic-hierarchy.org

A Diocese de Coroatá (Dioecesis Coroatensis), é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica Apostólica Romana, criada no dia 26 de agosto de 1977[1] através da bula Qui benevolentissimi Dei, do Papa Paulo VI, desmembrada da Arquidiocese de São Luís do Maranhão. É presidida por Dom Sebastião Bandeira Coelho, teve como primeiro Bispo Dom Reinaldo Ernst Heribert Pünder até 2011.[1]

Administração[editar | editar código-fonte]

Tem como Sé, a Catedral Diocesana Nossa Senhora da Piedade em Coroatá, Maranhão, e abrange as seguintes cidades:

Alto Alegre do Maranhão, Anajatuba, Arari, Cantanhede, Codó, Coroatá, Itapecuru-Mirim, Matões do Norte, Miranda do Norte, Nina Rodrigues, Peritoró, Pirapemas, Presidente Vargas, São Mateus do Maranhão, Timbiras, Vargem Grande.

Bispo[editar | editar código-fonte]

Nome Período Notas
Bispos
Sebastião Bandeira Coelho 2011-atual
Reinhard Pünder 1978-2011
Bispo-coadjutor
Sebastião Bandeira Coelho 2010-2011

Referências

  1. a b Cheney, David M. (2019). «Diocese of Coroatá». The Hierarchy of the Catholic Church. Consultado em 14 de julho de 2019. Cópia arquivada em 24 de dezembro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]