Diocese de Cruz Alta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Diocese de Cruz Alta
Diœcesis Crucis Altae
Localização
País  Brasil
Arquidiocese Metropolitana Arquidiocese de Santa Maria
Estatísticas
População 382.168
Área 16 704 km²
Informação
Rito Romano
Criação da Diocese 28 de janeiro de 1973 (45 anos)
Padroeiro(a) Divino Espírito Santo
Governo da Diocese
Bispo Adelar Baruffi
Jurisdição diocese
Página oficial http://www.diocesecruzalta.com.br/

A Diocese de Cruz Alta (Dioecesis Crucis Altae) é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica no estado do Rio Grande do Sul. Pertence ao Conselho Episcopal Regional Sul III da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. A sede episcopal está na cidade gaúcha de Cruz Alta.

Histórico[editar | editar código-fonte]

No dia 27 de maio de 1971, com a bula papal Cum Christus, foi criada a diocese de Cruz Alta, pelo papa Paulo VI, instalada em 28 de janeiro de 1973, com a posse de seu primeiro bispo, Dom Nei Paulo Moreto. Juntamente com ela foram criadas, a Diocese de Rio Grande e a Diocese de Erexim. [1]

O evento mais importante da diocese é a Romaria de Fátima realizada no segundo domingo de outubro, reunindo anualmente cerca de cem mil fiéis.

No dia 17 de dezembro de 2014, foi nomeado pelo Papa Francisco como novo bispo o padre Adelar Baruffi, da diocese de Caxias do Sul, hoje Bispo Diocesano.

Território e municípios[editar | editar código-fonte]

A Diocese de Cruz Alta é formada por 32 paróquias e um Santuário. Abrange um território de 33 municípios com uma superfície de 16.704,01 km², e uma população em torno de 382.168 mil habitantes.

Pastoralmente está dividida em cinco regiões pastorais: Região de Cruz Alta, Região de Ijuí, Região de Panambi, Região de Espumoso e Região de Soledade.

A diocese é formada pelos seguintes municípios: Ajuricaba, Alto Alegre, Augusto Pestana, Barros Cassal, Boa Vista do Cadeado, Boa Vista do Incra, Campos Borges, Chapada, Condor, Coronel Barros, Cruz Alta, Doutor Bozano, Espumoso, Estrela Velha, Fontoura Xavier, Fortaleza dos Valos, Ibirapuitã, Ibirubá, Ijuí, Jacuizinho, Jóia, Lagoão, Mormaço, Nova Ramada, Panambi, Pejuçara, Quinze de Novembro, Saldanha Marinho, Salto do Jacuí, Santa Bárbara do Sul, São José do Herval, Soledade e Tunas.[2]

Bispos[editar | editar código-fonte]

Nome Período Notas
Bispos
Dom Adelar Baruffi 2015 Atual[3]
Dom Friedrich Heimler, SDB 2002-2015 Bispo Emérito
Bispo Coadjuntor Dom Pedro Ercílio Simon 1990-1995
Dom Jacó Roberto Hilgert 1976-2002 Bispo Emérito
Dom Nei Paulo Moretto 1972-1976


  1. Greice Pozzatto - Assessoria de Comunicação da Diocese de Cruz Alta
  2. Greice Pozzatto - Assessoria de Comunicação da Diocese de Cruz Alta
  3. Greice Pozzatto - Assessoria de Comunicação da Diocese de Cruz Alta