Diocese de Guajará-Mirim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Diocese de Guajará-Mirim
Guaiaramirensis
Localização
País
 Brasil,  Rondônia
Arquidiocese metropolitana Arquidiocese de Porto Velho
Estatísticas
População 130,200 hab. (Censo 2006)
Área 89.700 km²
Informação
Rito Romano
Criação 16 de outubro de 1979 (42 anos)
Padroeiro(a) Nossa Senhora do Seringueiro
Governo da diocese
Bispo Benedito Araújo
Jurisdição Diocese
Página oficial http://www.dgm.org.br/
dados em catholic-hierarchy.org

A Diocese de Guajará-Mirim (Dioecesis Guaiaramirensis) é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica no Brasil. Pertence à Província Eclesiástica de Porto Velho. Pertence ao Conselho Episcopal Regional Noroeste da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. A sé episcopal está na Catedral de Nossa Senhora do Seringueiro, na cidade de Guajará-Mirim, no Estado do Rondônia [1][2].

História[editar | editar código-fonte]

A Prelazia de Guajará-Mirim foi criada pelo Papa Pio XI, por meio da bula Animarum cura, de 1 de março de 1929, desmembrada da Diocese de São Luís de Cáceres e da então Prelazia de Porto Velho. Foi confiada pela Santa Sé aos cuidados da Terceira Ordem Regular[1]. Foi elevada a Diocese pelo Papa João Paulo II, por meio da Constituição Apostólica Guaiaramirensis, de 16 de outubro de 1979[3][4].

Bispos[editar | editar código-fonte]

Nome Período Notas
Bispos
Dom Benedito Araújo 2011-atual
Dom Geraldo João Paulo Roger Verdier 1980-2011
Dom Luiz Roberto Gomes de Arruda, T.O.R. 1966-1978
Dom Francisco Xavier Elias Pedro Paulo Rey, T.O.R. 1945-1966
Bispo-coadjutor
Dom Benedito Araújo 2011
Dom Luiz Roberto Gomes de Arruda, T.O.R. 1964-1966

Referências

  1. a b Centro de Estatística Religiosa e Investigações Sociais (2009). Anuário Católico do Brasil. 2009/2010 12 ed. Brasília: CERIS; CNBB; CRB. p. 853-855. 1424 páginas 
  2. Catholic Hierarchy. «Perfil da Diocese de Guajará-Mirim» (em inglês). Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  3. Ioannes Paulus II (16 de outubro de 1979). «Constitutio Apostolica Guaiaramirensis» (em latim). Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  4. Ioannes Paulus II (1980). «Constitutio Apostolica Guaiaramirensis». Roma. Acta Apostolicae Sedis (em latim). 72 (6): 793-794 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]