Saltar para o conteúdo

Diocese de Málaga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Diocese de Málaga
Dioecesis Malacitanus
Diocese de Málaga
Catedral Basílica da Virgem da Encarnação
Localização
País Espanha
Arquidiocese metropolitana Arquidiocese de Granada
Estatísticas
População 1.290.000 católica
1.717.504 total
Área 7.306[1] km²
Informação
Rito romano
Criação 4 de agosto de 1486 (537 anos)
Catedral Catedral Basílica da Virgem da Encarnação
Governo da diocese
Bispo Jesús Esteban Catalá Ibáñez
Bispo emérito Ramón Buxarrais Ventura
Jurisdição Diocese
Página oficial Site da diocese
Mapa
Mapa da área da diocese
dados em catholic-hierarchy.org

A Diocese de Málaga (em latim: Dioecesis Malacitanus) é uma diocese da Igreja Católica localizada no município de Málaga, na província de Málaga, comunidade autónoma de Andaluzia. É pertencente a Arquidiocese de Granada na Espanha. Foi fundada em 4 de agosto de 1486 pelo Papa Inocêncio VIII. Com uma população católica de 1 290 000 habitantes, sendo 75,1% da população total, possui 303 paróquias com dados de 2022.[1][2]

Em 4 de agosto de 1486 o Papa Inocêncio VIII cria a Diocese de Málaga. Em 1957 a Diocese de Málaga perde território para a Arquidiocese de Granada. Em 1958 a Diocese de Málaga ganha parte dos territórios da Arquidiocese de Sevilha a da Diocese de Córdova. No mesmo ano a diocese perde território para a Arquidiocese de Sevilha.[2]

Lista de bispos

[editar | editar código-fonte]

A seguir uma lista de bispos desde a criação da diocese em 1486.[1][2]

Nome Período Notas
Bispos
53.º Jesús Esteban Catalá Ibáñez 2008 - atual
52.º Antonio Dorado Soto 1993 - 2008
51.º Ramón Buxarrais Ventura 1973 - 1991 Bispo emérito
50.º Ángel Suquía Goicoechea 1969 - 1973 Nomeado arcebispo de Santiago de Compostela
49.º Emilio Benavent Escuín 1967 - 1968 Nomeado arcebispo coadjutor de Granada
48.º Ángel Cardeal Herrera Oria 1947 - 1966
47.º Balbino Santos y Olvera 1935 - 1946 Nomeado arcebispo de Granada
46.º Manuel González y García 1920 - 1935 Nomeado bispo de Palência
45.º Juan Muñoz y Herrera 1895 - 1919
44.º Marcelo Spínola y Maestre 1886 - 1895 Nomeado arcebispo de Sevilha
43.º Manuel Gómez-Salazar y Lucio-Villegas 1878 - 1886 Nomeado arcebispo de Burgos
42.º Esteban José Pérez Fernández 1875 - 1878
41.º Zeferino González y Díaz Tuñón, O.P. 1874 - 1875
40.º Esteban José Pérez Fernández 1868 - 1874 Nomeado arcebispo de Tarragona
39.º Juan Nepomuceno Cascallana 1851 - 1868 Faleceu no cargo
38.º Salvador José Reyes y García de Lara 1848 - 1851 Nomeado arcebispo de Granada
37.º José Gómez y Navas, T.O.R. 1833 - 1835 Faleceu no cargo
36.º Juan José Bonel y Orbe 1831 - 1833 Nomeado bispo de Córdova
35.º Juan Nepomuceno Gómez Durán 1829 - 1830 Faleceu no cargo
34.º Juan Francisco Martínez y Castrillón 1828 - 1828 Faleceu no cargo
33.º Manuel Martínez Ferro , O.de M. 1825 - 1827 Faleceu no cargo
32.º Ildefonso Cañedo y Vigil 1814 - 1825 Nomeado arcebispo de Burgos
31.º José Vicente Lamadrid 1800 - 1809
30.º Manuel Ferrer y Figueredo 1785 - 1799 Faleceu no cargo
29.º José Molina Lario y Navarro 1776 - 1783 Faleceu no cargo
28.º José de Franquís Laso de Castilla 1756 - 1774 Faleceu no cargo
27.º Juan de Eulate y Santa Cruz 1745 - 1755 Faleceu no cargo
26.º Gaspar Cardeal de Molina y Oviedo, O.S.A. 1734 - 1744 Faleceu no cargo
25.º Diego González Toro y Villalobos 1725 - 1734 Nomeado bispo de Cuenca
24.º Giulio Cardeal Alberoni 1717 - 1725
23.º Manuel de Santo Tomás y Mendoza, O.P. 1713 - 1717 Faleceu no cargo
22.º Francisco de San José Pedro Mesía, O.F.M. 1704 - 1713 Faleceu no cargo
21.º Bartolomé Espejos y Cisneros 1693 - 1704 Faleceu no cargo
20.º Alfonso Enríquez de Santo Tomás, O.F.M. 1664 - 1692 Faleceu no cargo
19.º Antonio Peña y Hermosa 1659 - 1664 Nomeado bispo de Jaén
18.º Diego Martínez Zarzosa 1656 - 1658 Faleceu no cargo
17.º Alfonso de la Cueva-Benavides 1648 - 1655 Faleceu no cargo
16.º Antonio Henriquez Porres, O.F.M. 1633 - 1648 Faleceu no cargo
15.º Gabriel Trejo y Paniagua 1627 - 1630 Faleceu no cargo
14.º Francisco Hurtado de Mendoza y Ribera 1622 - 1627 Nomeado bispo de Plasencia
13.º Luis Fernández de Córdoba 1615 - 1622 Nomeado arcebispo de Santiago de Compostela
12.º Juan Alonso Moscoso 1603 - 1614 Faleceu no cargo
11.º Tomás de Borja 1600 - 1603 Nomeado arcebispo de Saragoça
10.º Diego Aponte Quiñones 1598 - 1599 Faleceu no cargo
9.º Luis García Haro de Sotomayor 1587 - 1597 Faleceu no cargo
8.º Francisco Pacheco de Córdoba 1574 - 1587 Nomeado bispo de Córdova
7.º Francisco Blanco Salcedo 1565 - 1574 Nomeado arcebispo de Santiago de Compostela
6.º Bernardo Manrique, O.P. 1541 - 1565 Faleceu no cargo
5.º Raffaele Sansoni Riario 1518 - 1521 Faleceu no cargo
4.º Cesare Riario 1518 - 1540 Faleceu no cargo
3.º Diego Ramírez de Villaescua de Haro 1500 - 1418 Nomeado bispo de Cuenca
2.º Pedro Díaz de Toledo y Ovalle 1487 - 1499 Faleceu no cargo
1.º Rodrigo de Soria, O.F.M. 1458 - 1487 Faleceu no cargo

Referências

  1. a b c «Diocese de Málaga». GCatholic.org. Consultado em 20 de maio de 2024 
  2. a b c «Diocese de Málaga». Catholic-Hierarchy. Consultado em 20 de maio de 2024 

Ligações externas

[editar | editar código-fonte]