Diplonema (género)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Como ler uma infocaixa de taxonomiaDiplonemea
Diplonema papillatum SEM image.gif
(iucn3.1 ou iucn2.3)
Classificação científica
Reino: Protista
Divisão: Excavata
Filo: Euglenozoa
Classe: Diplonemea
Ordem: Diplonemida
Família: Diplonemidae
Género: Diplonema
Espécies
    D. breviciliata
    D. nigricans
    D. papillatum
    D. ambulator
    D. metabolicum

Diplonema é um género de protistas de vida livre do grupo dos Euglenozoa. Distingue-se do Rhynchopus na classe Diplonemea pela ausência de um estado dispersivo flagelado completo.

Características[editar | editar código-fonte]

Diplonema apresenta dois curtos flagelos de igual extensão e duas aberturas subapicais. A maioria são de vida livre, no entanto foram registados casos de infecção em amêijoas e descomposição súbita de plantas de aquário sobre as quais podem estar implicados estes microorganismos. Foi descrito inicialmente em 1914 e depois redescoberto na década de 1960, em que foi chamado Isonema, classificando-o incorrectamente entre os euglénidos (agora nos diplonémidos).[1]

Referências

  1. W. Marande, J. Lukeš y G. Burger, Unique Mitochondrial Genome Structure in Diplonemids, the Sister Group of Kinetoplastids, Eukaryot Cell. 2005 de Junho; 4(6): 1137–1146.