Diretório raiz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Diretório raiz no sistema operacional OpenIndiana

Em informática, o diretório raiz é o primeiro ou mais alto diretório em uma hierarquia, principalmente utilizados nos sistema de arquivos do Unix e de sistemas Unix-like. Pode ser comparado ao tronco de uma árvore, de onde todos os ramos se originam. O sistema de arquivos raiz é o sistema de arquivos contido na mesma partição de disco na qual o diretório raiz está localizado. Sobre esse sistema raiz, todos os outros sistemas de arquivos são montados quando o sistema é inicializado.[1]

Sistema operacionais[editar | editar código-fonte]

Em sistemas do tipo Unix, o diretório-raiz é notado pelo sinal / (barra). Todos os acessos ao sistema de arquivos, incluindo os discos removíveis, fazem parte de toda a hierarquia e são sub-ordenadas no diretório raiz.

Já nos sistemas DOS , OS/2 e Microsoft Windows, cada partição possui um diretório raiz individual (nomeado C:\ para uma partição particular C) e não existe um diretório raiz comum que os contenha a todos eles como nos sistemas Unix.[2]

Embora DOS, OS/2 e Windows suportem hierarquias mais abstratas, com partições montáveis dentro de um diretório de outra unidade, isso é raramente visto. Isso foi possível no DOS através da adição do comando JOIN , disponível para todas as versões de Windows também.

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Entendendo o que é Diretório Raiz - Sistema e Comando | Tecnologia - Cultura Mix». tecnologia.culturamix.com. Consultado em 30 de março de 2019 
  2. «Linux: Entendendo a árvore de diretórios». Hardware.com.br. Consultado em 30 de março de 2019 

Links externos[editar | editar código-fonte]