Diretor técnico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Julho 2014).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

Um Diretor Técnico, Diretor-Chefe de Tecnologia ou Chief Technology Officer (CTO) é uma posição de nível executiva em uma empresa ou outra entidade cuja ocupação é focada em questões científicas e tecnológica dentro de uma organização. Ele é o indivíduo dentro de uma organização que tem a responsabilidade final para toda a política de tecnologia e assuntos relacionados, tais como pesquisa e desenvolvimento.

Ele é o visionário na área tecnológica de uma empresa ou organização. Ele "vê", pesquisa, estrategiza, desenvolve e coloca em prática os objetivos da empresa na área tecnológica.

Um diretor técnico deve ter a visão da empresa e o conhecimento das metas para alinhar a tecnologia com os objetivos da organização.

As especificidades do trabalho do diretor técnico podem variar de uma organização para outra. Alguns itens típicos de uma descrição do trabalho do diretor técnico:

  • Identificar oportunidades e riscos para o negócio.
  • Visualizar o futuro da empresa e ter um espírito empreendedor e criativo.
  • Gerenciar pesquisa e desenvolvimento.
  • Monitorar tecnologia e tendências sociais que poderiam impactar a empresa.
  • Participar nas decisões de gestão sobre governança corporativa.
  • Comunicar a estratégia de tecnologia da empresa a parceiros, gestão, investidores e funcionários.
  • Manter informações atualizadas sobre padrões de tecnologia e regulamentos de conformidade.

Em abril de 2009, o presidente Barack Obama nomeou Aneesh Chopra o primeiro diretor de tecnologia dos Estados Unidos. O foco especial do primeiro CTO nacional era usar a tecnologia aplicada para estimular a criação de emprego, melhorar os sistemas de saúde e de segurança, e também para aumentar o acesso de banda larga.

O CTO comumente se posicionará na área tecnológica de uma empresa mas com certa raridade, algumas empresas "start-ups" iniciam-se por um CTO. Já neste caso, ele se torna o próprio CEO. Para que estas empresas funcionem é necessário que o mesmo tenha também um espírito empreendedor e ousado, qualidade essencial para liderar uma empresa.

A posição CTO muitas vezes se sobrepõe a outros postos de trabalho, em particular a do CIO (diretor de informática) e CSO (diretor de ciência) por seu conhecimento e poder visualizar e colocar em prática seu conhecimento para o avanço da empresa.

Fonte: http://searchcio.techtarget.com/definition/Chief-Technology-Officer-CTO

Responsabilidades de um Diretor Técnico[editar | editar código-fonte]

Como dito acima, o CTO muitas vezes é o empreendedor e líder de sua startup e com isso vem inúmeras reponsabilidades. Abaixo estão listados os deveres mais vitais para a saúde do negócio e crescimento rápido da empresa.

Contratar ótimos programadores[editar | editar código-fonte]

Normalmente empresas de software ou startups começam com inovações tecnológicas ou mesmo uma estrutura de software por trás das funcionalidades. Cabe ao diretor técnico garimpar, entrevistar e garantir que o time seja composto de ótimos desenvolvedores, que acelerarão as funcionalidades para entrega aos clientes. No longo prazo essa é uma receita poderosa para fazer com que uma startup triunfe. O CTO deve conhecer muito bem as características necessárias para o tipo de aplicação que a empresa desenvolve e buscar os programadores que cumprem exatamente os requisitos.

Disponibilizar opções[editar | editar código-fonte]

Todas startups enfrentarão desafios e o papel do CTO é manter as opções abertas e não desistir de sempre fornecer soluções. Ele tem de prover alternativas para resolver os problemas que os clientes estão enfrentando dentro do software e traduzi-las ao time de desenvolvimento. Esse elo entre os desenvolvedores e os requisitos do cliente é frequentemente desempenhado pelo Diretor técnico.

Monitorar novas tecnologias[editar | editar código-fonte]

Todo CTO deve estar atento a todas as novidades tecnológicas do mercado em que sua empresa está inserida. É papel dele ler blogs, testar novidades, e estar à frente das mudanças tecnológicas. Ele precisa conhecer as linguagens de programação que o mercado vem adotando, aos influenciadores do mercado para que o software de sua empresa esteja sempre coerente com o que há de mais atualizado.[1]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Administração é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.