Dirk Kuyt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dirk Kuyt
Dirk Kuyt
Kuyt atuando pelo Fenerbahçe em 2012
Informações pessoais
Nome completo Dirk Kuijt
Data de nasc. 22 de julho de 1980 (35 anos)
Local de nasc. Katwijk aan Zee,  Países Baixos
Altura 1,84 m[1]
Destro
Informações profissionais
Clube atual Países Baixos Feyenoord
Número 7
Posição Atacante, ala e lateral-direito
Site oficial http://www.dirkkuytfoundation.nl/
Clubes de juventude
19851998 Países Baixos Quick Boys
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
19982003
20032006
20062012
20122015
2015
Países Baixos Utrecht
Países Baixos Feyenoord
Inglaterra Liverpool
Turquia Fenerbahçe
Países Baixos Feyenoord
0184 000(66)
0122 000(83)
0286 000(71)
0126 000(37)
0000 0000(0)
Seleção nacional3
20042014 Países Baixos Países Baixos 0104 000(24)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 30 de junho de 2015.


3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 30 de junho de 2015.

Dirk Kuijt, mais conhecido como Kuyt (Katwijk aan Zee, 22 de julho de 1980), é um futebolista profissional neerlandês. Atualmente joga no Feyenoord como atacante.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início da Carreira[editar | editar código-fonte]

Kuyt começou sua carreira profissional com o FC Utrecht em 1998 e rapidamente tornou-se titular do time. Passou 5 anos jogando pelo FC Utrecht e foi vendido para o Feyenoord em 2003.

Em 2005 tornou-se capitão do Feyenoord. Foi o artilheiro do clube por três temporadas consecutivas e tornou-se ídolo da torcida.

Liverpool[editar | editar código-fonte]

2006[editar | editar código-fonte]

Kuyt no Liverpool

Foi vendido para o Liverpool em 2006. Nas primeiras temporadas atuou como centroavante, sendo inclusive o artilheiro do time em sua temporada de estréia e marcando o gol do Liverpool na derrota por 2-1 para o Milan na final da Liga do Campeões da Uefa. Depois, muito em virtude da contratação do espanhol Fernando Torres, passou a atuar pelo lado direito, cumprindo a função de meio campista, esporadicamente retornando a sua posição de origem em virtude de desfalques. Mesmo com a saída de Rafael Benítez em 2010, o holandês manteve-se titular no setor direito do meio campo durante a rápida passagem do técnico Roy Hodgson. Com a demisão desse e a posterior saída de Fernando Torres no meio da temporada 2010/2011, Kuyt passou a ser empregado novamente como centroavante dessa vez pelo técnico Kenny Dalglish. Esse retorno a posição original rendeu importantes gols. No dia 6 de março de 2011 o atacante marcou seu primeiro "hattrick" (marcar 3 gols em um mesmo jogo) com a camisa do Liverpool justamente contra um dos maiores rivais do time, o Manchester United em uma vitória por 3-1. A temporada 2011/2012 viu uma queda de rendimento do holandês que marcou apenas uma vez no primeiro turno e seu primeiro gol na Premier League viria apenas no segundo turno em um jogo contra o Wolverhampton. Esse gol foi o 50º do atacante na Premier League tornando-o apenas o quinto holandês a atingir essa marca [2] . Apesar da má fase, o holandês novamente justificou sua fama de marcar gols decisivos ao entrar durante a prorrogação da final da Copa da Liga Inglesa contra o Cardiff City e marcar o gol da virada do Liverpool: 2-1. O Cardiff ainda viria a empatar, levando o jogo para pênaltis mas não evitando a derrota para o time de Kuyt, que converteu uma das cobranças. Esse título da Copa da Liga quebrou um jejum de seis anos sem títulos do Liverpool e foi o primeiro conquistado por Kuyt com a camisa do time [3] .

Fenerbahçe[editar | editar código-fonte]

Em 3 de Junho de 2012, assinou contrato com o Fenerbahçe [4] [5] [6] O preço de cláusula de liberação foi de € 1 milhão.[7] Kuyt recebeu um salário de € 2.850.000, além de um bónus de € 17.500.[8] Ele marcou seus primeiros gols na Liga dos Campeões contra o Vaslui em uma vitória por 4 a 1, a compensação das metas segundo e terceiro.[9] Kuyt também marcou na sua estreia no campeonato da liga recém-chegados Elazigspor em 18 de agosto de 2012, como o jogo terminou com um empate 1 a 1.[10] Na partida contra o Gaziantepspor, Dirk Kuyt marcou seu gol 250 de sua carreira, incluindo metas internacionais.[11]

Seleção Holandesa[editar | editar código-fonte]

Foi convocado pela primeira vez em 2004. Fez seu primeiro gol em partida contra a Macedônia em 9 de outubro de 2004. Foi convocado e titular da Holanda nas copas de 2006 e 2010.

Kuyt na seleção holandesa, ao lado de Huntelaar

Em 2006 fez uma campanha apagada pela Seleção, que foi eliminada nas oitavas-de-final por Portugal.

Em 2010 fez parte do ataque holandês ao lado de Arjen Robben e Robin van Persie, a Holanda chegou a final mas perdeu para a Espanha por 1x0. Nessa copa fez o segundo gol da Holanda contra a Dinamarca na vitória por 2x0.

Kuyt fez sua partida de numero 100 contra o México nas oitavas de final da Copa do Mundo de 2014, onde saiu vitorioso com 2x1.

Se aposentou no dia 3 de outubro de 2014, alegando que gasta tanta energia para jogar pouco pela seleção holandesa.[12]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Utrecht
Liverpool
Fenerbahçe

Referências

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Dirk Kuyt

Ligações externas[editar | editar código-fonte]