Disco voador em Itatira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Localização pelo mapa de Itatira.

Disco voador em Itatira é ou foi um acontecimento de aparições de ovnis em Itatira, uma pequena cidade do Ceará. Rendendo uma reportagem da Rede Globo no programa Via Brasil.[1][2]

Primeiras aparições[editar | editar código-fonte]

Relatos 2008-2009[editar | editar código-fonte]

Em novembro de 2008, alguns moradores diziam ter visto um objeto voador não-identificado na cidade de Itatira, no Sertão Central do Ceará a 176 quilômetros de Fortaleza. Os moradores descrevem da mesma maneira: o objeto se move rápido, irradia uma luz muito forte, provoca um calor enorme e não emite barulho algum. As aparições, que se estenderam de 2008 a 2009 em Itatira já repercutiram em mais de 200 relatos extraordinários da presença de ovnis no pequeno município. Dezenas de moradores presenciaram o que relataram como “uma grande bola parecida com a lua” que pairava sob a serra da comunidade de Mourão, a poucos metros do Centro da cidade. Os moradores da comunidade também testemunharam o objeto que permaneceu por alguns minutos “fixo” no céu e depois “desceu” escondendo-se atrás da serra. Muitos chegaram a tirar fotografias em celulares ou câmeras do que viram na noite de terça-feira, 27 de janeiro de 2009.[3][4]

Medo[editar | editar código-fonte]

Com as aparições e histórias a cena passou a se repetir em outras localidades deixando as pessoas temerosas. Os moradores permaneciam com as luzes dos veículos apagadas, pois acreditavam que atraiam a atenção dos supostos discos voadores. Famílias nas áreas mais afastadas não mais saiam à noite para trabalhar em suas plantações temendo os avistamentos.[5]

Investigação[editar | editar código-fonte]

A Agência Brasileira de Inteligência Nacional (Abin), passou a fazer investigações sobre o acontecimento na região.[6] Chegando diversos ufólogos, professores de universidades e turistas interessados em acampar e observar as “naves”, levando consigo uma fotografia daquilo que agora, tornou-se natural e comum à maioria dos habitantes da cidade. O prefeito José Ferreira Matheus na época entrou em contato com autoridades e especialistas para tentar explicar os fenômenos que, segundo especialistas em ufologia, devem continuar.[7]

Em Itatira, já foram registradas 273 aparições de 21 de novembro de 2008 até a data de 8 de abril de 2009.[8]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]