Discografia de Beyoncé

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Discografia de Beyoncé
Beyoncé s apresentado em Montreal, Canadá, durante a The Mrs. Carter Show, 2013.
Álbuns de estúdio 6
Álbuns ao vivo 4
Álbuns de compilação 2
Extended plays (EP) 2
Singles 40

A discografia de Beyoncé, uma cantora e compositora norte-americana de R&B, é formada por seis álbuns de estúdio, quatro álbuns ao vivo, um álbum de remixes, três extended play e cinquenta e nove singles (incluindo vinte promocionais, dez como artista convidada e três de caridade). Beyoncé foi a artista mais certificada na década de 2000 pela Recording Industry Association of America (RIAA).[1] Em 24 de junho de 2003, durante a pausa das Destiny's Child, Beyoncé lançou seu álbum de estreia, Dangerously in Love. A obra ficou em primeiro lugar nos Estados Unidos, no Reino Unido, no Canadá, na Alemanha, na Irlanda, na Noruega e na Grécia. Tendo alcançado a décima sexta posição de Portugal, o álbum vendeu mais de 11 milhões de cópias mundialmente, sendo 5 milhões apenas nos Estados Unidos. Do trabalho, quatro canções foram lançadas como singles: "Crazy in Love", "Baby Boy", "Me, Myself and I" e "Naughty Girl"; tendo todas alcançado as dez primeiras posições da Billboard Hot 100, com as duas primeiras passando, respectivamente, nove e oito semanas no cume. Com "Crazy In Love" e Dangerously In Love, Beyoncé se tornou a primeira artista feminina — e quinta no geral — a ter, simultaneamente, ambos single e álbum no topo das tabelas do Reino Unido e Estados Unidos.[2]

Depois do desmembramento das Destiny's Child, Beyoncé lançou "Check on It" com Slim Thug para trilha sonora de The Pink Panther, tendo ficado na primeira posição da Billboard Hot 100 por cinco semanas, a música foi incluída em seu segundo álbum de estúdio, B'Day (2006), que produziu seis singles incluindo "Déjà Vu", "Irreplaceable" e "Beautiful Liar" que alcançaram as dez primeiras posições do periódico padrão dos Estados Unidos. "Ring the Alarm" se tornou a melhor estreia da artista em território norte-americano quando estreou na 11ª posição da Billboard Hot 100, tendo "Irreplaceable" passado dez semanas consecutivas na primeira posição da mesma tabela entre 2006 e 2007. B'Day vendeu mais de 8,5 milhões de cópias mundialmente. Seu terceiro álbum, I Am... Sasha Fierce, foi lançado em 2008. Tendo atingido a primeira posição da Billboard 200 nos Estados Unidos, da Irlanda e da Polônia e número dois em Portugal e no Brasil, vendeu mais de 9 milhões de cópias mundialmente até então. Mais tarde, o registro de originais foi certificado como disco de platina pela Associação Fonográfica Portuguesa (AFP) e como disco de diamante pela Associação Brasileira dos Produtores de Discos (ABPD). Gerou os singles mundiais "Single Ladies (Put a Ring on It)", "If I Were a Boy", "Halo" e "Sweet Dreams"; os quatro alcançaram as dez primeiras posições nos Estados Unidos, sendo que a primeira se tornou a quinta canção da artista a alcançar o topo. "Diva", "Ego", "Video Phone" e "Broken-Hearted Girl" também serviram como faixas de divulgação em países selecionados.

Seu quarto trabalho de originais, 4, foi distribuído em 2011. Atingiu a primeira posição nos Estados Unidos, na Suíça, no Reino Unido, na Irlanda e na França. Vendendo mais de 3 milhões de cópias, o disco gerou 'Run the World (Girls)", "Best Thing I Never Had", "Countdown" e "Love on Top" como singles mundiais e unicamente "Party" em território norte-americano e "End of Time" em território britânico. O seu quinto projeto de originais, BEYONCÉ, que cujo foram comercializadas mais de 6 milhões de cópias ao redor do mundo e 2 milhões nos Estados Unidos, fez dela a primeira artista feminina da história a ter seus cinco primeiros álbuns no topo da Billboard 200. O disco foi o primeiro na carreira da artista a alcançar a primeira posição na Holanda e Austrália. "Drunk in Love" e "XO" foram lançadas simultaneamente como singles.

Lemonade lançado em abril de 2016, como seu sexto álbum de estúdio e segundo visual, após uma semana de lançamento, o disco tornou o seu sexto álbum consecutivo a estrear no topo da Billboard 200, fazendo dela a única artista a ter todos os seus 6 primeiro álbuns a debutar em primeiro lugar.

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Título Melhor posição nas tabelas musicais Vendas Certificações
EUA
[3]
ALE
[4]
AUS
[5]
BRA
[6]
CAN
[7]
FRA
[8]
HOL
[9]
IRL
[10]
JAP
[11]
NZL
[12]
POR
[13]
RU
[14]
SUI
[15]
Dangerously in Love 1 1 2 1 14 4 1 12 8 16 1 2
B'Day
  • Lançamento: 4 de setembro de 2006
  • Gravadora: Columbia
  • Formatos: CD, CD/DVD, download digital
1 5 8 3 12 5 3 4 8 8 3 2
I Am... Sasha Fierce
  • Lançamento: 18 de novembro de 2008
  • Gravadora: Columbia
  • Formatos: CD, CD/DVD, download digital
1 3 6 2 17 20 6 1 3 3 2 2 7
4
  • Lançamento: 28 de junho de 2011
  • Gravadora: Parkwood, Columbia
  • Formatos: CD, download digital
1 5 2 3 1 2 1 10 3 3 1 1
Beyoncé
  • Lançamento: 17 de dezembro de 2013
  • Gravadora: Parkwood, Columbia
  • Formatos: CD, download digital
1 11 1 2 1 10 1 2 11 2 3 2 4
Lemonade 1 3 1 1 1 7 1 1 43 1 1 1 1

Álbuns ao vivo[editar | editar código-fonte]

Ano Álbum Melhor posição Vendas
EUA
[3]
EUA
R&B
[85]
ALE
[4]
HOL
[9]
JAP
[11]
SUI
[15]
2004 Live at Wembley
  • Lançado: 26 de abril de 2004
  • Gravadora: Columbia Records
  • Formatos: CD/DVD, download digital
17 8 59 8 73
2007 The Beyoncé Experience Live
  • Lançado: 16 de novembro de 2007
  • Gravadora: Columbia Records
  • Formatos: CD/DVD, download digital
22
2009 I Am... Yours: An Intimate Performance at Wynn Las Vegas 85 66 43
2010 I Am... World Tour
  • Lançado: 30 de novembro de 2010
  • Gravadora: Columbia Records
  • Formatos: CD/DVD, download digital
40 76
"—" Não entrou na tabela musical deste país.

Extended plays (EP)[editar | editar código-fonte]

Título Melhor posição Vendas
EUA
[3]
EUA
R&B

[85]
Irreemplazable
  • Lançamento: 28 de agosto de 2007
  • Gravadora: Columbia Records
  • Formatos: CD/DVD, download digital
105 41
4: The Remix
  • Lançamento: 23 de abril de 2012
  • Gravadora: Columbia Records
  • Formatos: Download digital
30

Álbuns de compilação[editar | editar código-fonte]

Álbum Melhor posição Vendas
EUA
[3]
EUA
R&B
[85]
Dangerously in Love/Live at Wembley[88]
Above and Beyoncé - Video Collection & Dance Mixes
  • Lançamento: 16 de junho de 2009
  • Gravadora: Columbia Records
  • Formatos: CD/DVD, download digital
35 23

Outros álbuns[editar | editar código-fonte]

Título Notas
True Star: A Private
Performance
Speak My Mind [91]
  • Lançamento: 1 de janeiro de 2005
  • Gravadora: Sony Music Entertainment
  • Formatos: CD, download digital
Beyoncé Karaoke Hits, Vol. I[93]
  • Lançamento: 11 de março de 2008
  • Gravadora: Columbia Records
  • Formatos: Download digital]
  • Contém versões karaokê de algumas músicas do B'Day.
Live in Vegas Instrumentals
  • Lançamento: 28 de setembro de 2010[94]
  • Gravadora: Columbia
  • Formato: Download digital
  • Álbum instrumental ao vivo a partir do I Am... Yours: An Intimate Performance at Wynn Las Vegas.[94]
Heat[95]
  • Lançamento: fevereiro de 2011
  • Gravadora: Columbia Records
  • Formatos: CD
  • CD que vem acompanhado com a fragrância Heat, contendo versões remixes das músicas do I Am... Sasha Fierce.

Singles[editar | editar código-fonte]

Como artista principal[editar | editar código-fonte]

Ano Obra Melhores posições atingidas Certificações Álbum
EUA
[96]
ALE
[97]
AUS
[5]
CAN
[98]
HOL
[9]
IRL
[10]
JAP
[99]
NZL
[12]
RU
[14]
SUI
[100]
2002 "Work It Out" 75 21 30 12 36 7 48 Austin Powers in Goldmember
2003 "Crazy in Love"
(com Jay-Z)
1 6 2 2 2 1 3 2 1 3 Dangerously in Love
"Fighting Temptation"
(com Missy Elliot , MC Lyte & Free)
54 13 42 The Fighting Temptations
"Baby Boy"
(com Sean Paul)
1 4 3 2 11 6 3 2 2 5 Dangerously in Love
"Me, Myself and I" 4 35 11 7 14 21 18 11 41
2004 "Naughty Girl" 3 16 9 2 10 14 6 10 18
2005 "Check on It"
(com Slim Thug)
1 11 5 5 2 3 1 3 7 #1's
2006 "Déjà Vu"
(com Jay-Z)
4 9 12 8 17 3 2 15 1 3 B'Day
"Ring the Alarm" 11
"Irreplaceable" 1 11 1 2 3 1 1 1 4 9
2007 "Listen" 61 18 32 6 8 10 Dreamgirls
"Beautiful Liar"
(com Shakira)
3 1 5 2 1 1 1 1 1 1 B'Day
"Get Me Bodied" [note 1] 46
"Green Light" [note 2][note 3] 18 46 12
2008 "If I Were a Boy" 3 3 3 4 1 2 5 2 1 3 I Am... Sasha Fierce
"Single Ladies (Put a Ring on It)" 1 3 5 2 8 4 14 2 7 40
"At Last" 67 79 Cadillac Records
2009 "Diva" 19 40 50 72 I Am... Sasha Fierce
"Halo" 5 5 3 3 9 4 17 2 4 4
"Ego" 39 42 11 60
"Sweet Dreams" 10 8 2 21 26 4 4 1 5 24
"Broken-Hearted Girl" [note 2] 14 14 20 27 79
"Video Phone"
(com Lady Gaga)
65 31 49 32 58
2011 "Run the World (Girls)" 29 10 16 25 11 _ 9 11 22 4
"Best Thing I Never Had" 16 29 17 27 23 2 18 5 3 35
"Party" 50
"Countdown" 71 70 45 35
"Love on Top" 20 20 65 25 85 3 14 13
2012 "End of Time" 113 27 39
2013 "XO" 46 68 16 36 37 15 15 10 23 Beyoncé
"Drunk in Love"
(com Jay-Z)
2 70 22 23 45 10 92 7 9 40
2014 "Partition" 23 57 74
"Pretty Hurts" 113 83 47 78 87 56 65 67
"Flawless"
(com Chimamanda Ngozi Adichie ou Nicki Minaj)
41 88 77 65
"7/11" 13 78 41 27 48 54 9 24 33 74
2016 "Formation" 10 74 17 32 59 31 Lemonade
"Sorry" 11 74 40 82 33
"Hold Up" 13 25 37 52 11
"Freedom" 35 62 60 95 40
"All Night" 38 73 60
Notas
  1. Single apenas nos EUA.
  2. a b Não foi lançado nos EUA.
  3. Lançado apenas em alguns países europeus e na Holanda como Freemasons remix.

Como artista convidada[editar | editar código-fonte]

Ano Título Melhores posições Certificações Álbum
EUA
[96]
EUA R&B
[85]
ALE
[97]
AUS
[5]
CAN
[98]
HOL
[9]
IRL
[10]
JAP
[99]
NZL
[12]
RU
[14]
SUI
[100]
2000 "I Got That"
(com Amil)
All Money Is Legal
2002 "'03 Bonnie & Clyde"
(com Jay-Z)
4 2 6 2 6 9 8 4 2 1 The Blueprint²: The Gift & The Curse
2004 "The Closer I Get To You"
(com Luther Vandross)
62 Dance with My Father
2007 "Hollywood"
(com Jay Z)
58 Kingdom Come
"Amor Gitano"
(com Alejandro Fernández)
Viento a Favor
"Until the End of Time"
(com Justin Timberlake)
17 3 31 FutureSex/LoveSounds
2008 "Love in This Club, Part II"
(com Usher e Lil Wayne)
18 7 96 69 Here I Stand
2010 "Put It in a Love Song"
(com Alicia Keys)
60 18 71 26 24 The Element of Freedom
"Telephone"
(com Lady Gaga)
3 3 3 3 6 1 21 1 3 1 The Fame Monster
2011 "Lift Off"
(com Kanye West, Jay-Z)
89 48 Watch the Throne
2014 "Part II (On the Run)"
(com Jay-Z)
81 29 93 Magna Carta Holy Grail
"Say Yes"
(com Michelle Williams e Kelly Rowland)
109 106 Journey to Freedom
2015 "Runnin' (Lose It All)"
(com Naughty Boy e Arrow Benjamin)
90 85 22 61 14 12 10 4 23 Single sem álbum
2016 "Hymn for the Weekend"
(com Coldplay)
64 _ 31 25 32 27 10 _ 7 10 13 A Head Full of Dreams
2017 "Walk on Water" (com Eminem) Revival
"—" Não entrou na tabela musical deste país.

Singles promocionais[editar | editar código-fonte]

Ano Título Melhor posição Álbum
EUA
[96]
EUA R&B
[85]
ALE
[97]
AUS
[5]
CAN
[98]
HOL
[9]
IRL
[10]
JAP
[99]
NZL
[12]
UK
[14]
SUI
[100]
2006 "One Night Only" 67 Dreamgirls: Music from the Motion Picture
2007 "Upgrade U"
(com: Jay-Z)
59 11 B'Day
2009 "Si Yo Fuera un Chico" I Am... Sasha Fierce
"Sing A Song" Wow! Wow! Wubbzy!: Sing-a-Song
2010 "Fever" Heat
"Wishing on a Star"[170] Live at Wembley
2011 "1+1" 57 105 82 71 4
"—" Não entrou na tabela musical deste país.

Singles para caridade[editar | editar código-fonte]

Ano Título Melhor posição Álbum
EUA
[96]
EUA R&B
[85]
ALE
[97]
AUS
[5]
CAN
[98]
HOL
[9]
IRL
[10]
JAP
[99]
NZL
[12]
UK
[14]
SUI
[100]
2003 "What More Can I Give"
(com Michael Jackson e outros artistas)
Para homenagear as vítimas dos ataques de 11 de setembro de 2001.[171]
2004 "The Star Spangled Banner"
(performance no Super Bowl XXXVIII)
Gravada ao vivo durante o Super Bowl XXXVIII.
2008 "Just Stand Up!"
(com as cantoras do Stand Up to Cancer)
11 57 39 10 11 85 19 26 Parte da campanha Stand Up to Cancer.
2011 "God Bless the USA"[172] Para arrecadar fundos para o New York Police and Fire Widows' and Children's Benefit Fund.[173]
"Irreplaceable" (ao vivo no Glastonbury)[174] 33 Para arrecadar fundos para as fundações Oxfam, WaterAid & Greenpeace.
"—" Não entrou na tabela musical deste país.

Outras canções[editar | editar código-fonte]

Ano Título Melhores posições Certificações Álbum
EUA
[96]
EUA R&B
[85]
ALE
[97]
AUS
[5]
CAN
[98]
HOL
[9]
IRL
[10]
JAP
[99]
NZL
[12]
RU
[14]
SUI
[100]
2003 "Sexy Lil' Thug" 67 20 55 Speak My Mind
2004 "Dangerously in Love 2" 57 17 Dangerously in Love
2006 "Kitty Kat" 66 B'Day
"Lost Your Mind" 117
"Freakum Dress" 116
"Resentment" 111
2007 "Irreemplazable" 78 Irreemplazable
2008 "Ave Maria" 150 I Am... Sasha Fierce
"Honesty" 79
2009 "Radio" 14
2010 "Halo (ao vivo)" 105 54 Hope for Haiti Now
"Love a Woman"
(Mary J. Blige com Beyoncé)
89 My Life II... The Journey Continues (Act 1)
2011 "I Miss You" 184 4
"I Was Here" 85 88 131 74
2012 "Dance For You" 78 7 147
2013 "Mine"
(com Drake)
82 25 82 65 Beyoncé
"Blow" 48 81
2014 "Standing on the Sun" (Remix)
(com Mr. Vegas)
45 170
"Ring Off" 105 31 84 81
"Feeling Myself"
(Nicki Minaj com Beyoncé)
43 12 84 81 The Pinkprint
"—" Não entrou na tabela musical deste país.

Notas

  1. O álbum, até então, só foi divulgado via Tidal e em regiões selecionadas.[77]

Referências

  1. Pedersen, Erik (17 de fevereiro de 2010). «Beyoncé Tops Decade's RIAA Sales». Billboard. Prometheus Global Media. Cópia arquivada em 30 de janeiro de 2012 
  2. Sexton, Paul (7 de julho de 2007). «Beyoncé Tops U.K. Album, Singles Charts». Billboard. Nielsen Business Media. Consultado em 5 de abril de 2011 
  3. a b c d «Beyoncé Chart History in Billboard 200». Billboard. Consultado em 21 de abril de 2010 
  4. a b «Chartverfolgung/Beyoncé/Longplay» (em German). musicline.de PhonoNet. Consultado em 29 de dezembro de 2013 
  5. a b c d e f «CD - TOP 10 Semanal - De 27 de Julho a 02 de Agosto de 2009». Associação Brasileira dos Produtores de Discos (ABPD). Consultado em 29 de dezembro de 2013 
  6. «Discography Beyoncé (Australia)». Australian Charts. Consultado em 29 de dezembro de 2013 
  7. «Beyoncé Chart History in Canadian Albums». Billboard Canadian Albums. Consultado em 21 de abril de 2010 
  8. «Beyoncé Dans Les Charts Français». Les Charts. Consultado em 8 de abril de 2011 
  9. a b c d e f g «Discography Beyoncé (Netherlands)». Dutch Charts. Consultado em 29 de dezembro de 2014 
  10. a b c d e f «Discography Beyoncé (Ireland)». irishcharts.com. Consultado em 29 de dezembro de 2014 
  11. a b «ビヨンセのアルバム売り上げランキング» (em japonês). Oricon. Consultado em 3 de setembro de 2012 
  12. a b c d e f «Discography Beyoncé». charts.org.nz. Hung Medien. Consultado em 29 de dezembro de 2014 
  13. «Portuguese Charts - Beyoncé Discography». Portuguese Charts. Consultado em 19 de outubro de 2011  Texto "obra Hung Medien" ignorado (ajuda)
  14. a b c d e f «Beyoncé UK Chart Positions». Chart Stats. Consultado em 29 de dezembro de 2014 
  15. a b «Suchergebnisse in der Schweizer Hitparade: Beyoncé». Hitparede. Consultado em 19 de outubro de 2011 
  16. Chandler, D.L. (5 de abril de 2011). «Jay-Z And Beyonce Celebrate Three Years Of Wedded Bliss». MTV Rapfix. Viacom. Consultado em 6 de abril de 2011. Arquivado do original em 30 de janeiro de 2012 
  17. «Superstar Beyonce Completes Search for 10-Piece All-Female Band». Sony Music World Music / Sony Urban Music / Columbia Records. PR Newswire. 22 de junho de 2006. Consultado em 18 de abril de 2014 
  18. Chandler, D.L. (5 de abril de 2011). «Jay-Z And Beyonce Celebrate Three Years Of Wedded Bliss». MTV. MTV Networks. Consultado em 6 de abril de 2011 
  19. «Beyoncé's Albuns By The Numbers». Billboard. Consultado em 7 de Abril de 2011 
  20. «The Official Beyoncé and Destiny's Child Top 40 Revealed!». Official Charts Company. Consultado em 5 de julho de 2013 
  21. «Gold-/Platin-Datenbank (Beyoncé; 'Dangerously In Love')» (em alemão). Bundesverband Musikindustrie. Consultado em 29 de dezembro de 2012 
  22. «ARIA Charts – Accreditations – 2011 Albums». Australian Recording Industry Association. Consultado em 7 de setembro de 2011 
  23. «Certificações (Canadá) – Beyonce – Dangerously In Love» (em inglês). Music Canada. Consultado em 29 de dezembro de 2012 
  24. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – Dangerously In Love» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 29 de dezembro de 2012 
  25. «Gold and Platinum Search». SNEP. Consultado em 17 de janeiro de 2013 
  26. «Goud/Platina» (em Dutch). NVPI (The Dutch Association of Producers and Importers of image- and sound bearers). Consultado em 5 de abril de 2011 
  27. «List of works certified Gold in July 2003». Recording Industry Association of Japan. 2003. Consultado em 21 de abril de 2010 
  28. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s «BPI – Certified Awards Search: Beyoncé Knowles». British Phonographic Industry. Consultado em 5 de abril de 2011 
  29. «The Official Swiss Charts and Music Community: Awards ('Beyonce')» (em inglês). Hung Medien. Consultado em 25 de dezembro de 2013 
  30. a b Book, Ryan (2 de setembro de 2013). «The Best-Selling Labor Day Albums: Beyoncé, Jay-Z and More». Music Times. Music Times, LLC. Consultado em 28 de novembro de 2013  Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "B.27Day_Worldwide_Sales" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  31. a b «Lady Gaga & Beyonce Singles Stall on the Charts: Cause for Alarm?». Billboard.biz. Consultado em 9 de dezembro de 2011 
  32. a b Jones, Alan (3 de julho de 2011). «Beyonce's 4 wins the album chart numbers game». Music Week. United Business Media. Consultado em 4 de julho de 2011 
  33. «Gold-/Platin-Datenbank (Beyoncé; 'B'Day')» (em alemão). Bundesverband Musikindustrie. Consultado em 29 de dezembro de 2012 
  34. «ARIA accreditations - 2007 Albums». Australian Recording Industry Association. Consultado em 6 de julho de 2011 
  35. «BPI - Gold & Platinum Certification». Canadian Recording Industry Association. Consultado em 29 de dezembro de 2013 
  36. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – B'Day» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 29 de dezembro de 2012 
  37. «Gold and Platinum Search». SNEP. Consultado em 17 de janeiro de 2013 
  38. «2006 Certification Awards – Multi Platinum». Irish Recorded Music Association. Consultado em 5 de abril de 2011 
  39. «List of works certified in September 2006». Recording Industry Association of Japan. 18 de setembro de 2006. Consultado em 25 de abril de 2010 
  40. «List of works certified in November 2007». Recording Industry Association of Japan. 10 de novembro de 2007. Consultado em 10 de novembro de 2010 
  41. «Latest Gold / Platinum Albums». Recording Industry Association of New Zealand. Consultado em 9 de agosto de 2011 
  42. «GALARDÕES 2007». Associação Fonográfica Portuguesa. Consultado em 5 de abril de 2011 
  43. «The Official Swiss Charts and Music Community: Awards ('Beyonce')» (em inglês). Hung Medien. Consultado em 25 de dezembro de 2013 
  44. «Beyoncé's star formation: from Destiny's Child to Queen Bey». The Guardian. 27 de junho de 2016. Consultado em 27 de junho de 2016 
  45. «Beyonce guru is Cockney DJ Dave». Thesun. Consultado em 7 de abril de 2011 
  46. «Gold-/Platin-Datenbank (Beyoncé; 'I Am...Sasha Fierce')» (em alemão). Bundesverband Musikindustrie. Consultado em 29 de dezembro de 2012 
  47. «ARIA accreditations - 2009 Albums». Australian Recording Industry Association. Consultado em 6 de julho de 2011 
  48. a b «Certificações (Brasil) – Beyoncé». Associação Brasileira dos Produtores de Discos. Consultado em 25 de dezembro de 2013 
  49. «Certificações (Canadá) – Beyonce – I Am...Sasha Fierce» (em inglês). Music Canada. Consultado em 29 de dezembro de 2012 
  50. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – I Am... Sasha Fierce» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 29 de dezembro de 2012 
  51. «Ireland Certifications». Irish Recorded Music Association. Consultado em 5 de abril de 2011 
  52. a b «NZ Albums Chart». Recorded Music NZ. 21 de outubro de 2013. Consultado em 18 de outubro de 2013 
  53. «TOP 30 ARTISTAS - SEMANA 16 de 2010». Artistas & Espetáculos. Consultado em 5 de abril de 2011  Parâmetro desconhecido |aquivourl= ignorado (ajuda)
  54. «The Official Swiss Charts and Music Community: Awards ('Beyonce')» (em inglês). Hung Medien. Consultado em 25 de dezembro de 2013 
  55. «Adele domina lista dos discos mais vendidos de 2011». Infoglobo Comunicação e Participações S.A. O Globo. Consultado em 10 de janeiro de 2011 
  56. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome usalbumsales
  57. Halperin, Shirley (24 de julho de 2013 2013). «Beyoncé Scraps 50 Songs Amid Album Delay». The Hollywood Reporter. Consultado em 31 de dezembro de 2013 2013  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  58. «Beyoncé já é platina tripla no Brasil com '4'». Sony Music Brasil. Consultado em 29 de dezembro de 2013 
  59. Jones, Alan (6 de maio de 2013). «Official Charts Analysis: Daft Punk's Get Lucky tops 300k sales». Music Week. United Business Media. Consultado em 12 de maio de 2013. (pede subscrição (ajuda)) 
  60. «ABPI Sales Awards Launch Automatic Certification» (em inglês). British Phonographic Industry. Consultado em 11 de novembro de 2013 
  61. «ARIA Charts – Accreditations – 2013 Albums». Australian Recording Industry Association. Consultado em 20 de dezembro de 2013 
  62. «Certificações (Canadá) – Beyonce – 4» (em inglês). Music Canada. Consultado em 25 de dezembro de 2013 
  63. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – 4» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 29 de dezembro de 2012 
  64. «Gold and Platinum Search». SNEP. Consultado em 28 de fevereiro de 2012 
  65. «Ireland Certifications». Irish Recorded Music Association. Consultado em 5 de abril de 2011 
  66. Copsey, Rob (24 de novembro de 2014). «Beyonce's surprise album 1 year on: 10 amazing #ChartFacts». Official Charts Company. Consultado em 24 de novembro de 2014. Arquivado do original em 24 de novembro de 2014 
  67. Poland, Sony Music (19 de janeiro de 2014). «Beyonce – kolejne rekordy nowej płyty!». Sony Music. Sony Music Poland Official Website. Consultado em 23 de janeiro de 2014 
  68. Tardio, Andres (17 de abril de 2014). «Hip Hop Album Sales: Week Ending 4/13/2014». HipHop DX. Cheri Media Group. Consultado em 17 de abril de 2014 
  69. http://vendasdealbunsbrasil.tk/
  70. Lane, Daniel (1 de abril de 2014). «The Official Top 40 Biggest Selling Artist Albums of 2014 So Far». Official Charts Company. Consultado em 9 de abril de 2014 
  71. «ARIA Charts – Accreditations – 2014 Albums». Australian Recording Industry Association. Consultado em 4 de janeiro de 2014 
  72. «Certificações (Canadá) – Beyonce – Beyonce» (em inglês). Music Canada. Consultado em 11 de janeiro de 2014 
  73. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – Beyoncé» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 25 de dezembro de 2013 
  74. «Ireland Certifications». Irish Recorded Music Association. Consultado em 5 de abril de 2011 
  75. «Certificações (Nova Zelândia) (álbum)» (em inglês). Recorded Music NZ. Consultado em 20 de dezembro de 2013 
  76. «The Official Swiss Charts and Music Community: Awards ('Beyonce')» (em inglês). Hung Medien. Consultado em 25 de dezembro de 2013 
  77. [1]
  78. «IFPI best sellers 2016». IFPI. April 25,2017. Consultado em October 9,2017  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  79. «Drake's 'Views' Is Nielsen Music's Top Album of 2016 in the U.S.». Billboard. 5 de janeiro de 2017. Consultado em 5 de janeiro de 2017 
  80. White, Jack (30 de dezembro de 2016). «The Official Top 40 Biggest Albums of 2016». Official Charts Company. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  81. Gavin Ryan (25 de junho de 2016). «ARIA Albums: Red Hot Chili Peppers Claim an Easy No 1» (em inglês). Noise11. Consultado em 25 de junho de 2016 
  82. «Gold/Platinum - Lemonade - Music Canada» (em inglês). Music Canada. Consultado em 16 de junho de 2016 
  83. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – Beyoncé» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 25 de dezembro de 2013 
  84. «NZ Top 40 Albums Chart» (em inglês). Recorded Music NZ. Consultado em 14 de junho de 2016 
  85. a b c d e f g Allmusic. «Billboard Singles» (em inglês). Consultado em 14 de janeiro de 2010 
  86. Grein, Paul (6 de outubro de 2010). «Week Ending Oct. 3, 2010: America's Most Popular Inmate». Yahoo! Music. Yahoo!. Consultado em 1 de abril de 2011 
  87. «Week Ending Oct. 3, 2010: America's Most Popular Inmate». mtv.com. Consultado em 28 de setembro de 2013 
  88. «Dangerously in Love/Live at Wembley [CD/DVD]». Allmusic. Consultado em 18 de Outubro de 2011 
  89. 1° Semana: «Dancing Diva». Billboard. Consultado em 7 de Abril de 2011  2° Semana: «comprehensive albums last week». Billboard. Consultado em 7 de Abril de 2011 
  90. a b «True Star: A Private Performance [Single]». Amazon.com. Consultado em 23 de abril de 2011 
  91. «Speak My Mind». MTV. Consultado em 21 de agosto de 2011 
  92. Speak My Mind (em inglês) no Allmusic. Acessado em 6 de junho de 2011.
  93. «Beyoncé - Beyoncé Karaoke Hits, Vol. I». iTunes. Consultado em 7 de abril de 2011 
  94. a b «Live In Vegas Instrumentals (Instrumental)». iTunes Store. Apple. Consultado em 5 de abril de 2011 
  95. «Free limited edition CD with Beyonce Heat». Cosmopolitan. Consultado em 7 de abril de 2011 
  96. a b c d e «Beyoncé Chart History - Billboard Hot 100». Billboard. Consultado em 5 de outubro de 2010 
  97. a b c d e «Beyoncé Chart History - Media Control Charts». Music Line. Consultado em 5 de outubro de 2010 
  98. a b c d e «Beyoncé Chart History - Canadian Single Chart». Allmusic. Consultado em 5 de outubro de 2010 
  99. a b c d e «Beyoncé Chart History - Japan Hot 100». Billboard. Consultado em 5 de outubro de 2010 
  100. a b c d e «Beyoncé Chart History - Swiss Music Charts». Swiss Charts. Consultado em 5 de outubro de 2010 
  101. «ARIA Charts – Accreditations – 2002 Singles». Australian Recording Industry Association. Consultado em 20 de dezembro de 2013 
  102. a b c «ARIA Charts – Accreditations – 2013 Albums». Australian Recording Industry Association. Consultado em 20 de dezembro de 2013 
  103. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – Crazy In Love» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  104. «Certified check for May delivery paid music Recording Industry Association of Japan - Abbreviation: Certified for May». RIAJ. Consultado em 7 de janeiro de 2014 
  105. «The Official New Zealand Music Chart». Recording Industry Association of New Zealand. 12 de outubro de 2003. Consultado em 10 de julho de 2013 
  106. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – Baby Boy» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  107. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – Me, Myself and I» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  108. «ARIA Charts – Accreditations – 2004 Singles». Australian Recording Industry Association. Consultado em 20 de dezembro de 2013 
  109. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – Naughty Girl» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  110. «Top 40 Singles». Recording Industry Association of New Zealand. Consultado em 13 de fevereiro de 2003 
  111. «Certificações (Canadá) – Beyonce – Check on It» (em inglês). Music Canada. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  112. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – Check on It» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  113. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – Déjà Vu» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  114. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – Ring the Alarm» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  115. a b «ARIA Charts – Accreditations – 2007 Singles». Australian Recording Industry Association. Consultado em 20 de dezembro de 2013 
  116. «Certificações (Canadá) – Beyonce – Irreplaceable» (em inglês). Music Canada. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  117. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – Irreplaceable» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  118. a b c d e f g «Latest Gold / Platinum Singles». RadioScope. 24 de julho de 2011. Cópia arquivada em 16 de janeiro de 2012 
  119. «Certified check for May delivery paid music Recording Industry Association of Japan - Abbreviation: Certified for May» (em jp). RIAJ. Consultado em 13 de agosto de 2012 
  120. «Gold-/Platin-Datenbank (Beyoncé; 'Beautiful Liar')» (em alemão). Bundesverband Musikindustrie. Consultado em 29 de dezembro de 2012 
  121. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – Beautiful Liar» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  122. «Gold-/Platin-Datenbank (Beyoncé; 'If I Were a Boy')» (em alemão). Bundesverband Musikindustrie. Consultado em 29 de dezembro de 2012 
  123. a b c d «ARIA Charts – Accreditations – 2013 Singles». Australian Recording Industry Association. Consultado em 20 de dezembro de 2013 
  124. «Certificações (Canadá) – Beyonce – If I Were a Boy» (em inglês). Music Canada. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  125. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – If I Were a Boy» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  126. a b «The Official Swiss Charts and Music Community: Awards ('Beyonce')» (em inglês). Hung Medien. Consultado em 25 de dezembro de 2013 
  127. «Certificações (Canadá) – Beyonce – Single Ladies» (em inglês). Music Canada. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  128. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – Single Ladies» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  129. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – Diva» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  130. «Gold-/Platin-Datenbank (Beyoncé; 'Halo')» (em alemão). Bundesverband Musikindustrie. Consultado em 29 de dezembro de 2012 
  131. «Certificações (Canadá) – Beyonce – Halo» (em inglês). Music Canada. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  132. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – Halo» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  133. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – Ego» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  134. «ARIA Charts – Accreditations – 2009 Singles». Australian Recording Industry Association. Consultado em 20 de dezembro de 2013 
  135. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – Sweet Dreams» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  136. «Certificações (Canadá) – Beyonce – Run the World (Girls)» (em inglês). Music Canada. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  137. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – Run the World (Girls)» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  138. a b «ARIA Charts – Accreditations – 2011 Singles». Australian Recording Industry Association. Consultado em 20 de dezembro de 2013 
  139. «Certificações (Canadá) – Beyonce – Best Thing I Never Had» (em inglês). Music Canada. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  140. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – Best Thing I Never Had» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  141. «Chart #1787 - Top 40 singles». Recording Industry Association of New Zealand. Consultado em 29 de setembro de 2011 
  142. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – Countdown» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  143. «ARIA Charts – Accreditations – 2012 Singles». Australian Recording Industry Association. Consultado em 20 de dezembro de 2013 
  144. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – Love on Top» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  145. «ARIA Charts – Accreditations – 2014 Singles». Australian Recording Industry Association. Consultado em 31 de janeiro de 2014 
  146. «Certificações (Canadá) – Beyonce – XO» (em inglês). Music Canada. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  147. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – XO» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  148. «ARIA Charts – Accreditations – 2015 Singles». Australian Recording Industry Association. Consultado em 30 de abril de 2015 
  149. «Certificações (Canadá) – Beyonce – Drunk in Love» (em inglês). Music Canada. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  150. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – Drunk in Love» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  151. «Chart #2441 - Top 40 singles». Recording Industry Association of New Zealand. Consultado em 28 de fevereiro de 2014 
  152. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – Partition» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  153. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – 7/11» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 30 de abril de 2015 
  154. «Chart #3854 - Top 40 singles». Recording Industry Association of New Zealand. Consultado em 30 de abril de 2015 
  155. a b c Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome autogenerated1
  156. a b «CHART WATCH #378». Australian Recording Industry Association. Consultado em 7 de abril de 2011 
  157. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Certification_list
  158. «Certified Awards Search: Beyonce». British Phonographic Industry. Consultado em 6 de abril de 2011. Arquivado do original em 13 de março de 2012 
  159. «Certificações (Estados Unidos) – Jay-Z – '03 Bonnie & Clyde» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  160. «Certificações (Estados Unidos) – Justin Timberlake – Until the End of Time» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  161. «Certificações (Estados Unidos) – Usher – Love in This Club, Part II» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 
  162. «ARIA Charts - Accreditations - 2010 Singles». ARIA. Consultado em 24 de maio de 2010 
  163. «Gold-/Platin-Datenbank (Lady Gaga; 'Telephone')» (em alemão). Bundesverband Musikindustrie. Consultado em 16 de fevereiro de 2013 
  164. «Certificações (Canadá) – Lady Gaga – Telephone» (em inglês). Music Canada. Consultado em 16 de fevereiro de 2013 
  165. «Digital sales certification in May 2010» (em jp). RIAJ. Consultado em 4 de janeiro de 2012 
  166. «Digital sales certification in August 2010» (em jp). RIAJ. Consultado em 4 de janeiro de 2012 
  167. «Certificações (Nova Zelândia) (single)» (em inglês). Recorded Music NZ. Consultado em 16 de fevereiro de 2013 
  168. «Certificações (Reino Unido) – Lady Gaga – Telephone» (em inglês). British Phonographic Industry. Consultado em 6 de janeiro de 2014 
  169. «The Official Swiss Charts and Music Community: Awards 2010» (em inglês). Hung Medien. Consultado em 16 de fevereiro de 2013 
  170. «Wishing On A Star». Amazon. Consultado em 21 de Abril de 2011 
  171. «Jackson completes charity single». BBC. Consultado em 19 de Junho de 2011 
  172. «God Bless the USA - Single - Beyoncé». iTunes. Consultado em 19 de Junho de 2011 
  173. «Beyoncé debuts charity single God Bless the USA». Guardian. Consultado em 19 de Junho de 2011 
  174. «Irreplaceable (Live at Glastonbury) - Single». iTunes Store. Consultado em 6 de Maio de 2011 
  175. «Certificações (Estados Unidos) – Beyonce – Dangerously In Love 2» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de novembro de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]