Discografia de Legião Urbana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Discografia de Legião Urbana
Álbuns de estúdio 8
Álbuns ao vivo 6
Álbuns de compilação 2
Singles 23

A discografia de Legião Urbana, uma banda brasileira de rock surgida em Brasília e ativa entre 1982 e 1996, consiste de dezesseis álbuns, somando mais de 14 milhões de discos vendidos[1].

O primeiro álbum, Legião Urbana, lançado em 2 de janeiro de 1985, é extremamente politizado, com letras que fazem críticas contundentes a diversos aspectos da sociedade brasileira. Dois, lançado em 1986 é iniciado pela canção "Daniel na Cova dos Leões" e esta, é iniciada com um pouco da canção "Será" envolta de ruídos de rádio e do hino da Internacional Socialista. "Tempo Perdido" fez um grande sucesso e se tornou um dos maiores clássicos da banda. Logo depois, Que País É Este 1978/1987 é a obra mais punk da banda e é também o último trabalho oficial com a participação do então baixista Renato Rocha.

O álbum As Quatro Estações de 1989 é considerado por muitos o melhor e mais inspirado trabalho do grupo e contém o maior número de "hits". Em Novembro de 1991, lança V, disco mais melancólico e progressivo. O álbum O Descobrimento do Brasil de 1993, possui letras que oscilam entre tristeza e alegria, encontros e despedidas. Apesar de boas vendas, o CD não foi muito tocado nas rádios. As faixas de sucesso foram "Giz", "Vinte e Nove" e "Perfeição", música essa que foi na época uma pesada crítica ao Brasil.

A Tempestade ou O Livro dos Dias, lançado em 20 de setembro de 1996[2], inicialmente programado como disco duplo, foi o último da banda com o Renato Russo vivo. O segundo disco saiu logo depois, Uma Outra Estação, canções como "Clarisse" ficaram de fora do álbum anterior por desejo do próprio Renato, que a considerava com uma temática muito pesada. A letra da canção "Sagrado Coração" consta no encarte porém não possui registro da voz de Renato. O álbum conta com participações especiais como Renato Rocha, baixista dos primeiros discos da Legião, e Bi Ribeiro, baixista dos Paralamas do Sucesso.

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Lista de álbuns, com vendas e certificações
Álbum Detalhes Vendas Certificações
Legião Urbana
  • Lançado: 2 de Janeiro de 1985
  • Gravadora: EMI
  • Formato: LP, K7, CD
Dois
  • Lançado: Julho de 1986
  • Gravadora: EMI
  • Formato: LP, K7, CD
Que País É Este
  • Lançado: Outubro de 1987
  • Gravadora: EMI
  • Formato: LP, K7, CD
  • Brasil Vendas certificadas 1,000,000
As Quatro Estações
  • Lançado: 26 de Outubro de 1989
  • Gravadora: EMI
  • Formato: LP, K7, CD
V
  • Lançado: Novembro de 1991
  • Gravadora: EMI
  • Formato: LP, K7, CD
O Descobrimento do Brasil
  • Lançado: Novembro de 1993
  • Gravadora: EMI
  • Formato: LP, K7, CD
  • Brasil Vendas certificadas: 500,000
  • Brasil PMB: 2× Platina[5]
A Tempestade ou O Livro dos Dias
  • Lançado: 20 de Setembro de 1996
  • Gravadora: EMI
  • Formato: LP, K7, CD
  • Brasil PMB: 2× Platina[5]
Uma Outra Estação
  • Lançado: 18 de julho de 1997
  • Gravadora: EMI
  • Formato: CD
  • Brasil Vendas certificadas: 250,000
  • Brasil PMB: Platina[5]

Álbuns ao vivo[editar | editar código-fonte]

Lista de álbuns, com vendas e certificações
Álbum Detalhes Vendas Certificações
Música para Acampamentos
  • Lançado: 1992
  • Gravadora: EMI
  • Formato: LP (duplo), CD (duplo)
  • Brasil Vendas certificadas: 500,000
  • Brasil PMB: 2× Platina[5]
Acústico MTV - Legião Urbana
  • Lançado: 27 de Outubro de 1999
  • Gravadora: EMI
  • Formato: CD, VHS, DVD
  • Brasil PMB: Diamante[5]
Como É que Se Diz Eu Te Amo
  • Lançado: 2001
  • Gravadora: EMI
  • Formato: CD (duplo)
  • Brasil Vendas certificadas: 250,000
  • Brasil PMB: Platina[5]
As Quatro Estações ao Vivo
  • Lançado: 27 de março de 2004
  • Gravadora: EMI
  • Formato: CD (duplo)
  • Brasil Vendas certificadas: 250,000
  • Brasil PMB: Platina[5]
Legião Urbana e Paralamas Juntos
  • Lançado: 2009
  • Gravadora: EMI
  • Formato: CD, DVD
Concerto Sinfônico - Legião Urbana (Ao Vivo No Rock In Rio)
  • Lançado: 2012
  • Gravadora: Mza Music
  • Formato: CD, DVD

Álbuns de compilação[editar | editar código-fonte]

Lista de álbuns, com vendas e certificações
Álbum Detalhes Vendas Certificações
Mais do Mesmo
  • Lançado: 1998
  • Gravadora: EMI
  • Formato: CD
  • Brasil Vendas certificadas: 750,000
  • Brasil PMB: 3× Platina[5]
Perfil
  • Lançado: 2011
  • Gravadora: Som Livre
  • Formato: LP (duplo), CD (duplo)[9]

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Single Álbum
1985 "Será" Legião Urbana
"Ainda É Cedo"
"Soldados"
1986 "Tempo Perdido" Dois
"Eduardo e Mônica"
1987 "Quase sem Querer"
"Acrilic on Canvas"
"Índios"
"Que País É Este" Que País É Este 1978/1987
1988 "Angra dos Reis"
"Eu Sei"
"Faroeste Caboclo"
1989 "Há Tempos" As Quatro Estações
"Pais E Filhos"
1990 "1965 (Duas Tribos)"
1991 "Vento no Litoral" V
"O Teatro dos Vampiros"
"Sereníssima"
"Metal Contra as Nuvens"
1993 "Perfeição" O Descobrimento do Brasil
1994 "Giz"
1996 "A Via Láctea" A Tempestade ou O Livro dos Dias
1999 "Hoje a Noite Não Tem Luar" Acústico MTV

Trilhas sonoras[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Álbuns do Legião Urbana são relançados em CD e vinil». Estadão. 25 de outubro de 2010. Consultado em 19 de fevereiro de 2020. Cópia arquivada em 30 de setembro de 2015 
  2. Garcia, Lauro Lisboa (25 de outubro de 2010). «Não foi tempo perdido». Estadão. Consultado em 19 de fevereiro de 2020. Cópia arquivada em 16 de abril de 2015 
  3. a b Cristiano Vinicius de Oliveira Gomes (1 de janeiro de 2014). Renato russo - temos nosso próprio tempo. [S.l.]: Editora Appris. pp. 79–. ISBN 978-85-8192-373-4 
  4. Ricardo Alexandre (26 de junho de 2017). Dias de Luta: O rock e o Brasil dos anos 80. [S.l.]: Arquipélago Editorial. pp. 295–. ISBN 978-85-60171-41-5 
  5. a b c d e f g h i «Certificados — Pró-Música Brasil: Legião Urbana». PMB. Consultado em 19 de fevereiro de 2020. Cópia arquivada em 20 de fevereiro de 2020 
  6. On Line Editora (11 de setembro de 2017). Guia Rock Nacional Anos 80 01. [S.l.]: On Line Editora. pp. 29–. GGKEY:PU9KYYYF4RT 
  7. Lima, Roni (23 de outubro de 1996). «Último CD vendeu 500 mil cópias». Folha de S.Paulo. UOL HOST. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  8. Soares, Ronaldo (18 de janeiro de 2001). «Legião Urbana é a banda extinta mais ativa do país». Folha de S.Paulo. UOL HOST. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  9. «Sai nova coletânea de sucessos da Legião Urbana». R7. Consultado em 12 de fevereiro de 2011