Discussão:Cânon bíblico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O artigo é razoável, porém peca pelo excesso de religiosidade. Não é exato quando diz que os 4 evangelhos do NT já estavam escritos no ano 100 d.C., também omite a forma como foram selecionados os textos considerados de "inspiração divina" no Concílio de Nicéia no séc.IV, que culminou no atual Novo Testamento. É importante frizar que não existe atualmente nenhum texto do novo testamento escrito nos primórdios da era cristã. O que existem são cópias de cópias de cópias de cópias, feitas (e adaptadas conforme a interpretação do copista)no transcorrer dos séculos.

Adaptação? Agora você está sendo imparcial. Prove.

Moção da página Livros da Bíblia para Cânon bíblico[editar código-fonte]

Por que foi movida a página Livros da Bíblia, que era mais bonito, para Cânon bíblico? O evangélico que ler este artigo vai pensar que foram criados vários livros da Bíblia além dos 39 do Antigo Testamento e 27 do Novo. Quando eu crio predefinições da Bíblia no Wikcionário, sigo o que está na Bíblia protestante, com 66 livros. Vocês colocaram vários livros apócrifos do Antigo e Novo Testamento. Deve haver algum teólogo que moveu esse artigo, ou alguém que pesquisou na Internet os livros que nunca nem ouvi falar.

Leonardo José Raimundo (discussão) 19h24min de 25 de junho de 2017 (UTC)