Discussão:Druida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Criei esta página mais para evitar que alguém criasse druída antes. Espero que outras pessoas com mais conhecimento sobre o assunto possam ampliá-la. --E2m 16:46, 28 Nov 2004 (UTC)


Não compreendo, nem concordo com este artigo. Será que o seu autor poderia indicar as fontes que consultou para escreve-lo? Obrigado.

Parece-me demasiado parcial, mais new-age que histórico! --Left-Rev. Gwydion Alcaspe Khalid, The Fool 01:15, 3 Setembro 2005 (UTC)


Grande parte do texto parece uma cópia deste site ou será aceitável como "fonte". Paulo Juntas 18:39, 3 Dezembro 2005 (UTC)

oi muito legal o texto

A iniciativa foi boa, mas...[editar código-fonte]

Este texto é repleto de erros e não condiz com o que seja o Druidismo. Precisa realmente ser não revisado, mas reescrito. A Wicca não existia nos tempos dos celtas (é uma religião do século XX) e os povos celtas seguiam a religião Druidismo, da qual os Druidas eram sacerdotes.

Existiam ainda (pelo que se conseguiu averiguar até hoje) outras duas classes sacerdotais: Bardo e Ovate (Também chamado e Vate ou, na Irlanda, de Fili).

Alexandre Malhado http://malhado.bosquesagrado.org

Corrigindo a citação acima[editar código-fonte]

Os celtas seguiam o Celtismo, que era uma religião politeista. Os druidas eram monoteistas e utilizavam-se dos simbolos celtas para orienta-los. Os druidas alem de sacerdotes, pelo alto respeito que tinham nas comunidades celtas, tambem ocupavam postos de juizes e filosofos

Os celtas seguiam várias religiões regionais/tribais, de base politeísta matrifocal e indo europeia.

A sociedade estava organizada em três classes sociais: produção (agricultores, pastores), militar (guerreiros) e intelectual desempenhada pelos druidas/druidesas (de drus = homem e wid = sábio). Assim, druida designa uma classe social e não um cargo especifico.

Naturalmente a sua religiosidade também se dividia em nestes três aspectos daí as diferentes tribos terem no centro da sua religião Deusas tripartidas, isto é que regem sobre a fertilidade, a soberania e sabedoria (profecia, medicina, poesia, etc).

Assim, os druidas desempenhavam todas as funções intelectuais, musicos, poetas, profetas, juízes, seanchas (genealogos) e sacerdotes.

Segundo os textos classicos, nomeadamente os de césar seriam uma ordem organizada acima dos reinos gauleses, porém segundo a mitologia Irlandesa conclui-se que seriam várias escolas regionais dependentes muitas vezes dos Reis locais.

Tanto existiam Druidas masculinos como femininos, e não existem provas que a adoração e sacerdocio de Deusa ou Deus fosse vedada a nenhum dos sexos.

Boa parte do que foi comentado acima já consta do texto atual. O problema é que textos de primeira mão sobre o druidismo são, com muito boa vontade, escassos. A maior fonte, que é Júlio César, não escreveu mais de uma página sobre eles. O que existe é muita suposição e "achismo" em datas posteriores, escritas por gente que nunca conviveu com um druida autêntico.
Al Lemos 15:28, 3 Novembro 2006 (UTC)

O Druidismo nunca foi monoteísta.[editar código-fonte]

Na verdade, o conceito de que eles teriam sido monoteístas, entre outras mentiras, foi inventado quando do renascimento do Druidismo há poucos séculos. A história, que é do que trata uma enciclopédia como esta, tem provas mais que suficientes sobre a religião dos Druidas e dos celtas ser exatamente a mesma. O dito "celtismo" é uma invenção moderna que também nada tem haver com o Druidismo antigo.

Para maiores informações a esse respeito e um estudo sério do que seja o Druidismo, consulte a Bibliografia Sobre Druidismo e Celtas indicada por nossa Ordem Druídica.

Outros textos meus que indico a esse respeito:

- Filosofia de vida ou religião?

- Druidismo, uma religião;

- E o tal do "Uno"?;

Este verbete não afirma, em nenhum ponto, que os druidas eram monoteístas. - Al Lemos 10:45, 12 Janeiro 2007 (UTC)

Explicando[editar código-fonte]

Na resposta desta discussão está a frase "Os druidas eram monoteistas", o que é uma inverdade. Minha assertiva foi quanto à discussão, neste ponto.


Druidismo hoje ===[editar código-fonte]

Acho que saber a nossa história de druidas é muito importante mas mais iomportante que isto é saber que caminhos devemos seguir, quero dizer, hoje no Brasil o druidismo ainda nem é considerado uma religião, acho isto um cúmulo. Acho que nós precisamos de alguém corajoso o bastante para ser nosso Aleyster Crowley (ocultista de plantão) ou mesmo nosso Gerald Gardner (fundador da wicca em meados de 1950). Gostaria de colocar o druidismo no mapa e ser mais respeitado. o comentário precedente não foi assinado por Eddiehat (discussão • contrib.)

O druidismo pode não ser importante no Brasil, mas certamente tem importância na Europa e nos Estados Unidos. - Al Lemos 21:31, 24 Março 2007 (UTC)

Canibalismo[editar código-fonte]

Removi a referência a canibalismo no texto. O texto dizia que as pesquisas da Miranda Green comprovam, além dos sacrifícios, o canibalismo, mas na prática o link indicado cita o canibalismo como uma possibilidade - ossos humanos quebrados da mesma forma que se quebra ossos animais para extrair o tutano - e isso em apenas um sítio arqueológico específico, bem diferente dos sacrifícios em si, sobre os quais há evidências melhor distribuídas geograficamente e um pouco mais de consenso. Além disso, ainda segundo o link referenciado, quem cita essa possibilidade é o arqueólogo Mark Horton, e não a Prof. Miranda Green. Se houver opinião de que a possibilidade de canibalismo é algo essencial ao artigo, precisamos pensar numa melhor formulação pra frase, pra não passar a mesma impressão errada da frase anterior. - João Uberti 23/12/09

Yes check.svg Feito Caro colega João Uberti, as seções sobre evidências de canibalismo e sacrificios humanos já foram corrigidas.Diovani Mangia (discussão) 17h55min de 28 de novembro de 2010 (UTC)

Sacrifício[editar código-fonte]

Encontrar cadáveres não prova sacrifícios rituais, já que os druidas veneravam a mãe terra. Mas caso isso seja aceito, o que dizer dos milhares de inocentes morto por inúmeras religiões como cristianismo e outras em nome de um Deus maior? O que difere essas mortes? O nome do Deus em que cada uma dessas religiões acredita?

Basta pensar um pouco para perceber que o ser humano nasce carregando a fé em Deus, mas o "diabo" divide essa fé atravez das milhares de religiões que temos, fazendo com que os filhos de Deus acabem guerreando entre eles mesmos

Imparcialidade[editar código-fonte]

Tomei a iniciativa de corrigir o texto para uma linguagem mais imparcial e ajustada ao contexto de quem foram e continuarão a ser os Druidas.

Espero que voz pareça bem.