Discussão:História da música

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A musica deve ser respeitada em todos sentidos pode ser pagode,funk,rock,pop,jazz,clássica não importa.

Realmente, deve ser respeitada sim, porém, por estarmos falando de arte, e é assim que encaro a música, deve ser produzida com responsabilidade prezando a qualidade e forma de expressão.

Nem todas as pessoas gostam do mesmo tipo de música por isso devemos realmente respeitar. Existem pessoas que gostam de um estilo de música mais agitado como por exemplo um hard core, enquanto outras pessoas gostam de músicas bem mais lentas como por exemplo MPB. Nenhuma critica a qualquer tipo de música deixa de ser construtiva, pois todo o conhecimento e pouco. a musica não é tudo que tem som mas tudo que tem ordem. E existem varios tipos de tocar musicas exemplo:Com taças,com estrumentos diferentes e até mesmo com a boca fazendo varios tipos de sons diferentes ao mesmo tempo. Então respeite sempre os outros gostos.

fusão[editar código-fonte]

Ver argumentação em Discussão:História_das_tradições_da_música_clássica Cralizemsg 19h45min de 25 de abril de 2011 (UTC)

Em 1957 Marius Schneider escreveu: “Até poucas décadas atrás o termo ‘história da música’ significava meramente a história da música erudita européia. esse judeu disse isso e hoje em dia vc só encontra pseudo-musica tchu tcha; alem disso muita coisa que chegou nas americas pelos colonos europeus a exemplo dos corais protestantes pos-lutero e cia de repente foi usurpado por outros e geraram sub-tipos que depois foram catalogados como sem nenhuma raíz, origem ou contribuição oeste-eurasiana..o repente ja existia na europa medieval; a esmeralda de victor hugo ja usava pandeiro, mas daqui a pouco o pandeiro surgiu no brasil..haha..o hip hop existiria sem o vinil de origem euro-americana?..o jazz sem o saxofone europeu?..o miami bass sem o roubo da musica eletronica e seus equipamentos?..tudo se rouba do oeste da eurasia e nunca se da credito e depois diz-se que se inventou nas americas ou no congo..