Discussão:Lista de presidentes do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Etapas passadas por esta lista
Data Processo Resultado
9 de novembro de 2008 Candidata a lista destacada Não promovida
4 de maio de 2011 Candidata a lista destacada Promovida
Estatuto atual: Lista destacada

Período de Sarney na presidência[editar código-fonte]

Conforme consta la Lista de vice presidentes e na página de José Sarney, o mesmo só tomou posse no cargo de presidente efetivamente dia 21 de abril de 1985, tendo exercido interinamente, como "presidente em exercício" o cargo máximo da república entre 15 de março e 21 de abril do mesmo ano. Como o tempo de interinidade não conta nos mandatos nesta lista, como no caso de Itamar Franco e Michel Temer, tendo seus períodos contados após a posse como presidente de fato, e não em exercício, creio que a data de Sarney deva mudar para 21 de abril. Sendo uma mudança de dessas gostaria se ouvir a opinião dos demais editores da página. Paladinum2 (discussão) 18h35min de 1 de dezembro de 2018 (UTC)

@Paladinum2: Diferente dos outros casos que citou, Tancredo não tomou posse, portanto legalmente não exercia o cargo durante sua enfermidade. O vice neste caso era o presidente de fato nesse período. Se for alterado o início da presidência de Sarney para 21 de abril, ficará uma lacuna na presidência entre 15 de março e 21 de abril.--PauloMSimoes (discussão) 18h32min de 2 de dezembro de 2018 (UTC)
Então as outras páginas devem mudar, por colocarem o inicio do governo Sarney em 21 de Abril. Minha sugestão é colocar o início do governo efetivo de Sarney em 21 de abril com uma Nota explicando que o mesmo ficou como presidente em exercício entre 15 de março e 21 de abril. Se não fica contradizente com os demais governos interinos, ou com as demais informações em outras páginas. Paladinum2 (discussão) 18h47min de 2 de dezembro de 2018 (UTC)
Se outros artigos deixam esta lacuna, penso que devam ser corrigidos. O formato atual da lista é o correto, no meu entender, sem lacunas e com as notas explicativas n.º 30 e n.º 32. Sarney foi o presidente de fato desde 15 de março. Como cita a fonte, "foi efetivado no cargo" em 21 de abril. Nos casos de Collor e Dilma também não há lacunas, mas acho que deveriam seguir o formato de Tancredo. Este último nem tomou posse, e não há sentido se deixar um período de mais de um mês "sem presidente da nação". Os outros dois "foram afastados do cargo" antes da renúncia e impeachment, respectivamente. A partir destes afastamentos, não podiam assumir qualquer encargo como presidentes, mas sim seus interinos, que passaram a ocupar o cargo. "A caneta" estava na mão deles nesses períodos.--PauloMSimoes (discussão) 12h59min de 3 de dezembro de 2018 (UTC)
Por exemplo, o Governo Temer, com a nomeação ministerial, ocorreu antes da data listada como efetivação do mesmo no cargo. O Governo Temer iniciou como o mesmo assumiu como presidente em exercício. Presidente em exercício era a condição de Sarney nesse período. Paladinum2 (discussão) 22h28min de 6 de dezembro de 2018 (UTC)