Discussão:Luiz Inácio Lula da Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Crystal Clear action lock4.png
Esta página está protegida contra movimentação até que as disputas sobre o seu título estejam resolvidas na página da discussão.
A razão para sua proteção encontra-se na página da política da proteção. A página pode ainda ser editada mas não pode ser movida até que seja desprotegida. A proteção não é um endosso do nome atual da página (Luiz Inácio Lula da Silva). Você pode também pedir a sua desproteção.

Introdução parcial e com a coesão textual comprometida[editar código-fonte]

@Instambul: Respeito muito o seu trabalho, porém vejo o parágrafo (sobre a Odebrecht) inserido na introdução como redundante e inadequado. O artigo se encontra em situação delicada quanto à sua parcialidade, o que torna necessária a cautela para que o problema citado não se agrave. Na minha opinião, o trecho deve ser inserido no texto introdutório após as ilações do MPF serem confirmadas por sentenças. Na minha edição, também fiz ajustes buscando uma melhor coesão textual. Abraço.--Juniorpetjua (discussão) 20h09min de 13 de outubro de 2016 (UTC)

Tudo bem, sem problemas.Eu voltei a edição anterior porque havia removido em vez de transferir para outra seção. O adequado é transferir, uma vez que trata-se de um fato importante e referenciado por fontes fiáveis. Mas a depender do que ocorrer deve constar na introdução mais adiante, como ocorre em Eduardo Cunha. Veja que neste outro artigo do ex-presidente da Câmara, também não precisou ser confirmado por sentença para constar na introdução do artigo. Mas ainda assim apoio sua sugestão, sem problemas. Peço só que não remova sem introduzir em outra seção mantendo sempre a imparcialidade. Em caso de duplicidade (se já houver o conteúdo, deve complementar pois são infos diferentes ainda que aborde um mesmo assunto). Abraços e boas contribuições. Instambul (discussão) 22h21min de 13 de outubro de 2016 (UTC)
Cada vez mais escancaradamente parcial e panfletário esse artigo. Um verdadeiro lixo. A atuação desimpedida de antipetistas hidrófobos ao arrepio de todas as regras está contaminando gravemente esse projeto. Dornicke (discussão) 00h14min de 14 de outubro de 2016 (UTC)
Seu comentário é digno de estupidez que não mereceria sequer resposta. Mas vamos lá. A começar são fatos, notórios e não deve ser omitido. Isto é assim para outros artigos como Eduardo Cunha que você nunca questionou. Em segundo lugar o "antipetista" que você cita é o mesmo que incluiu nas controvérsias do artigo do Sérgio Guerra a propina de R$ 10 mi. O mesmo que incluiu nas controvérsias de Eduardo Cunha todas as três denúncias, que você nunca questionou. O mesmo que criou hoje a Operação Ápia que conduziu coercitivamente um ex-político do PSDB e um prendeu um político do Solidariedade, ambos da oposição petista. O mesmo que incluiu no artigo da Operação Lava Jato a parte que cita os recebimentos de políticos do PSDB. O fato de você vir questionar este único artigo quando todos os outros envolvidos na Lava Jato seguem o mesmo padrão mostra quem é o parcial aqui. Instambul (discussão) 00h32min de 14 de outubro de 2016 (UTC)
Não citei nomes, se a carapuça te serviu só lamento. Reafirmo que o artigo está um lixo e que as últimas intervenções só serviram pra deixá-lo ainda mais parcial do que já estava. Estão confundindo o conceito de enciclopédia com o de blog. Só posso de fato lamentar que o que deveria ser uma enciclopédia tenha virado uma filial da Veja ou um panfleto da juventude tucana. Dornicke (discussão) 00h39min de 14 de outubro de 2016 (UTC)
Lula ainda não tem condenação na justiça. Três parágrafos falando de acusações que nem sequer foram julgadas na introdução de BPV? Posso colocar três parágrafos com críticas à parcialidade e erros jurídicos de Sérgio Moro na introdução da página do juiz, ou tem gente que vai chiar, ter ataque de pelanca e arrancar 50 mil regras do nada pra remover o texto, será? Dornicke (discussão) 00h47min de 14 de outubro de 2016 (UTC)
Dornicke Primeiramente, críticas com esse teor não colaboram em nada. Chamar o verbete de “lixo” repetidas vezes, sem se dar ao trabalho de apontar melhorias, é simplesmente poluir a página. Deveria fazer como o Juniorpetjua, que fundamentou as críticas e chegou a um consenso. Aliás, só pela sua página de usuário e pelo vasto histórico de bloqueio, logo se vê o tipo de “imparcialidade” que você propõe. ForistadeSãoPaulo 02h11min de 14 de outubro de 2016 (UTC)
Se um dia estiver interessado na sua opinião sobre minha página de usuário ou qualquer opinião pessoal sua a meu respeito eu te procuro. Espere sentado. Dornicke (discussão) 04h02min de 14 de outubro de 2016 (UTC)

Seção grande do item 8[editar código-fonte]

A seção sobre a Operação Lava Jato, Operação Zelotes e Bancoop está ficando extensa. Existe alguma sugestão para não ficar demasiadamente grande e constar como WP:PESO, mas sem retirar informação válida e referenciada? Qual a sugestão? Uma sugestão seria transferir a um novo artigo, e deixar somente o resumo, como já foi feito em alguns artigos, mas daria um pouco de trabalho a quem se voluntariar. Instambul (discussão) 04h57min de 20 de dezembro de 2016 (UTC)

Instambul, eu acho que a seção "Suspeitas de corrupção" está bastante exagerada porque está com cara de WP:JORNAL. Imagine que Lula fosse inocentado de todas as acusações; a seção inteira seria simplesmente removida? Acho que pensar assim é um bom critério para decidir-se o que deve ser incluído ou não. Enquanto ele não for julgado, as informações deveriam ser muito mais resumidas do que está atualmente. De forma geral, seções "críticas", "controvérsias" e ultimamente "operação lava jato" viraram uma paga tal qual é a seção "curiosidades". Acho que elas só empobrecem o artigo e servem basicamente para desabonar os biografados. Vixe! (discussão) 16h21min de 9 de fevereiro de 2017 (UTC)
Acho a seção relevante, pois é um assunto que envolve a possibilidade de prisão de um ex-presidente da república e por ser bastante falado na mídia (o que indica relevância). Talvez devêssemos apenas fazer um resumo de cada item para o deixar mais curto, removendo detalhes desnecessários. Holy Goo (discussão) 16h40min de 9 de fevereiro de 2017 (UTC)
É preciso reescrever a seção por completo e se ater apenas aos fatos mais importantes, por exemplo, em quais processos é réu e em quais é investigado. Um parágrafo para cada processo no qual ele é réu e mais um parágrafo para todas as outras investigações é mais do que suficiente em uma enciclopédia. Tudo isso em uma única seção, sem subseções. Vixe! (discussão) 16h52min de 9 de fevereiro de 2017 (UTC)
Symbol declined.svg Discordo, pois acho todas as informações atuais relevantes. Porém, não vejo problema em pequenas reduções de texto e remoção de detalhes não tão importantes. Holy Goo (discussão) 16h55min de 9 de fevereiro de 2017 (UTC)
Diga uma novidade... Vixe! (discussão) 16h59min de 9 de fevereiro de 2017 (UTC)

Aquela seção é vergonhosa. Talvez uma das maiores vergonhas em páginas mais relevantes e lidas. Puro jornal, nada enciclopédico. Érico (fale) 17h01min de 9 de fevereiro de 2017 (UTC)

Credo, não sabia que era tão ruim assim. Quando eu tiver tempo vou dar uma olhada para ver o que faço. Holy Goo (discussão) 17h34min de 9 de fevereiro de 2017 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário acredito que com duas edições que fiz resolvi uns 50% dos problemas da seção. Enxuguei as subseções que eram muitas. Melhorei os textos e enxuguei os textos se limitando ao biografado. Removi trechos do tipo. "Outras pessoas" , "além dele" , "O filho também foi denunciado" e etc. Ainda pretendo fazer mais melhorias na seção. Obrigado aos que colaboraram no debate sugeriram as melhorias. Sds. Instambul (discussão) 18h20min de 9 de fevereiro de 2017 (UTC)

Enxuguei mais ainda a seção. Reduzi para as subseções principais onde não é mais possível enxuga-las, mas ainda é possível enxugar o conteúdo. Acho que já resolvi uns 80% dos problemas da seção. Instambul (discussão) 19h00min de 9 de fevereiro de 2017 (UTC)
Melhorou um pouco, mas não chega nem perto de 80%. Jornais são citados inúmeras vezes (como o Estado de S. Paulo, Folha, etc.), há muitas citações, e a leitura é difícil. Holy Goo (discussão) 19h27min de 9 de fevereiro de 2017 (UTC)
Isto, da para melhorar mais a leitura, reduzindo mais os textos. Quanto as citações de jornais não há problemas. Isto ocorre em diversos artigos. Este fato por si só não deixa o artigo como WP:Jornal. Instambul (discussão) 19h35min de 9 de fevereiro de 2017 (UTC)

Nomeação de Lula[editar código-fonte]

@Érico: Neste seu sumário de edição, o que você quis dizer com "favor, não ser parcial até na imagem"? O que estou fazendo é dar sim a devida ênfase para essa nomeação que foi muito controversa e que gerou protestos. A seção aborda o assunto de forma muito branda. Quanto à imagem, acho relevante a incluir a imagem da manifestação, pois acho que ela caracteriza melhor a controversa nomeação de Lula para cargo de ministro. Sds. Holy Goo (discussão) 22h51min de 9 de fevereiro de 2017 (UTC)

A seção toda está parcial. Colocar uma imagem enfatizando protestos só piora essa situação. Além do mais, a imagem de Dilma, presidente da República, e Lula, agora nomeado, ex-presidente do país, e criticado por "tentar se livrar de investigações", é mais expressiva, e muito possivelmente histórica. Érico (fale) 22h53min de 9 de fevereiro de 2017 (UTC)

"Possível erro histórico"[editar código-fonte]

Primeiramente, as aspas estão lá para indicar justamente que é uma citação. Se realmente alguém crê que isso não está claro talvez o texto ou o estilo possa ser adaptado para indicar isso.

Em segundo lugar, praticamente todas as fontes usaram a citação para dar a notícia do recurso. Realmente precisamos retirar o termo? Chico Venancio (discussão) 23h48min de 9 de fevereiro de 2017 (UTC)

Chicocvenancio Sim, porque:
  • Erro histórico é nomear alguém ministro descaradamente para o blindar da justiça. A vasta maioria da sociedade achou isso um erro.[1]
  • Não me parece que a notícia seja relevante o suficiente para ser mencionada. O que o lula falou não importa e esse recurso não deu em nada. Lembrando que o Lula entrava toda a hora com recursos na justiça, e ainda o faz. Holy Goo (discussão) 23h58min de 9 de fevereiro de 2017 (UTC)
Holy Goo Por favor leia WP:FORUM. Chico Venancio (discussão) 00h04min de 10 de fevereiro de 2017 (UTC)
Já havia lido. Qual o problema, exatamente? O recurso que o Lula protocolou no STF não é uma informação relevante. Holy Goo (discussão) 00h10min de 10 de fevereiro de 2017 (UTC)


Referências

Info/Criminoso[editar código-fonte]

Gente, não vamos brigar. Discutamos aqui se a a infocaixa deve ser usada ou não. Eu sou indiferente. HG (discussão) 03h15min de 13 de julho de 2017 (UTC)

Um tanto curioso a infobox ser contestada num momento tão inoportuno, por assim dizer... Vi que a do Eduardo Cunha foi removida hoje, depois de tantos meses no verbete. ƑelipeO'Couto 03h26min de 13 de julho de 2017 (UTC)
@FelipeOCouto: Não só Eduardo Cunha, mas Marcelo Odebrecht, Nestor Cerveró, Pedro Corrêa, Othon Luiz Pinheiro da Silva e outros, estão por meses com a predefinição e ninguém contestou. Mas quando chegou em Antonio Palocci e neste artigo passou a ser "redundante". Obs: Nestes artigos citados e em muitos outros não só estão meses como permanecem até este momento. Portanto editores continuam a escolher por conivência quem tem a tag e quem não tem conforme justifiquei na edição. Aguardo comentários. Felipe e Edmundo Soares por favor vejam o inicio da discussão debate aqui de alguns dias atrás. O HG fala para não iniciar uma briga mas ele não entende que não se trata de briga, mas se trata do que é justo. Se é usado em diversas biografias com condenação em primeira instância, porque não em outras? Como definir qual usar ou não a tag? Conivência? Ou se usa em todas as condenações ou nenhuma. Não é briga, é uma questão de coerência. HG, uma coisa é ser indiferente ao uso da predefinição, o que eu também sou, outra coisa é usar para algumas biografias e para outras biografias considerar redundante; pra mim isto é parcialidade. É simples assim. Instambul (discussão) 03h41min de 13 de julho de 2017 (UTC)

────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────

Inclusive eu a introduzi pois vi que constava no artigo de Eduardo Cunha. Edmundo Soares (discussão) 03h28min de 13 de julho de 2017 (UTC)
Edmundo Soares E agora debateremos essa desfaçatez como se não houvesse nenhum tipo de conveniência nessas atitudes. Bem-vindo a wikipedia lusófona. ƑelipeO'Couto 03h29min de 13 de julho de 2017 (UTC)

2 infocaixas[editar código-fonte]

Bom, ultimamente tornou-se moda no domínio principal o uso de 2 infocaixas para dar ao leitor "toda a dimensão possível dos fatos" da forma mais dinâmica o possível. Como se uma infocaixa já não bastasse... Aparentemente, logo serão cogitadas 3 ou mais infocaixas, se o pessoal acha que convém. O problema, é claro, é que isso é de uma redundância, de um pleonasmo tão grande que dá a falsa impressão de que infocaixas e predefinições são obrigatoriedades em todos os artigos. O biografado em questão é um político. Usa-se {{Info/Político}}. Como se já não bastasse o tamanho demasiadamente grande disso na introdução, já cumprindo seu trabalho que é dar a informação de forma prática, também é "obrigatório" uma segunda. O suposto motivo? "Por que ela existe, então deve ser usado". Bom, ninguém aqui que é editor sério e não fica com partidarismos vai discutir se o biografado é um criminoso ou não. A Wiki não é fórum para isso. {{Info/Criminoso}} faria sentido aqui. Isso, é claro, se o biografado não fosse apenas "um criminoso". Esse tipo de infocaixa é útil e até mesmo recomendável para artigos como Charles Manson, Jack, o Estripador e outros artigos onde não há nada de relevante a se constatar além do fato que que "fulano é um crimino ... só isso".

Infocaixa não é obrigatoriedade, nunca foi. Óbvio que a "cultura" aqui é que todos a tenham. Nada contra, eu mesmo uso. O problema é quando não sabem avaliar as necessidades certas e convenientes nos artigos certos. Continuo a manter a mesma posição em Eduardo Cunha, José Dirceu e mais qualquer outra biografia de pessoas (vivas ou não): um artigo, uma infocaixa ... no máximo (a única exceção que me lembro são artigos sobre carros e - provavelmente - doenças). Para os que acreditam que exista em minhas atitudes "conveniência" com "condenados", lamento informar, mas minhas opiniões políticas não interessam ao projeto (e também são irrelevantes). Elas também não são guias pelos quais deixo minhas preferencias político-partidárias falarem mais alto do que a importaria de vigiar os verbetes. Se não acreditam, basta perguntar aos que me acompanham nesses quase 6 anos de casa.

Acredito no dialogo, por isso estou a disposição. 1 artigo, 1 infocaixa. Texto, imagens e fontes, é isso que, de fato, um artigo precisa. Sdç. --Zoldyick (discussão) 03h43min de 13 de julho de 2017 (UTC)

@Zoldyick: Eu nunca discordei do seu ponto de vista. Só discordo quando é usado para alguns e para outros é redundante. Diversas biografias continuam com o uso da tag. Citei algumas acima. E como disse o FelipeOCouto essa predefinição passou a ser contestada pela primeira vez alguns dias atrás na edição de Antonio Palocci. Ou seja, ela ficou por meses (ou até mesmo anos) em outras biografias sem quem nenhum editor questionasse..Enfim, volto a frizar que é a igualdade e precedente meu questionamento e não o uso da predefinição em si para condenados por corrução. Sds. Instambul (discussão) 03h46min de 13 de julho de 2017 (UTC)
Não é que "para outros é redundante", @Instambul:. Acontece que, apesar de eu ter muitos artigos na minha lista de vigiados (incluindo esse do Palocci), eu (particularmente) não consigo e não tenho tempo (nem saco, rs) para vigiar todos os artigos controversos sobre políticos e por aí vai. É desanimador tentar elaborar artigos mais "inteligentes" e 2 semanas depois já existir uma bagunça gigantesca (claro, ninguém é proprietário de um artigo). Mas é impossível eu ver o artigo do Lula, depois o do Palocci, depois o do Aécio, do Tio Patinhas, participar das PEs, atender pedidos nos pedidos a administradores, editar os artigos que eu quero, criar os artigos que eu quero, fazer fusão, fazer redirect, e por aí vai, e ainda ter tempo para vigiar todos os outros artigos e contestar a tudo e a todos. Isso seria o inferno, cara. --Zoldyick (discussão) 03h58min de 13 de julho de 2017 (UTC)
@Zoldyick: desculpa mas este argumento não me convence. Você já editou diversos artigos do qual a predefinição ficou por meses. Inclusive quando começamos o debate em Antonio Palocci eu falei diversas vezes do Eduardo Cunha e a tag foi removida por você somente hoje. Ou seja, somente hoje que você considerou la redudante, mesmo após todo debate. Depois entrei em Wikipausa por uma semana e quando voltei a predefinição ainda estava no artigo do Cunha. Eu cito o Cunha como exemplo porque sei que você vigia (e mesmo se não vigia) teria sido mencionado no debate, mas existem outros exemplos como José Dirceu, muito bem lembrado por você. Naquela ocasião, do debate na discussão do Palocci, você ainda deu uma resposta absurda de que para alguns não teria problema ter o uso desta infocaixa. Pra mim, o fato de escolher qual biografia ter ou não é parcialidade, porque a escolha fica sem critério, subjetivo e fadado a uso de ideologias. Instambul (discussão) 04h04min de 13 de julho de 2017 (UTC)
Esta discussão não cabe a um caso particular por ser muito abrangente. Já é de praxe adicionar múltiplas caixinhas para artigos de determinadas pessoas que excedam-se nas ocupações ilustradas por elas, tal como atores (Arnold Schwarzenegger), santos (Papa João Paulo II) e políticos (já exemplificado). Já é procedimento regularizado na Wikipédia e sua contestação, embora perfeitamente válida, não traduz-se como justificativa para obstruir esta regularidade. Doutro modo, a aplicação da caixinha é corretíssima pela farta documentação dos crimes de corrupção praticados pelo biografado e que ocorreram sob seu período de mandato na presidência da República. Recomendo ao usuário reclamante que abra sua discussão num espaço mais apropriado. Mais além, desencorajo futuras intervenções neste sentido. Edmundo Soares (discussão) 04h21min de 13 de julho de 2017 (UTC)
Na verdade, não existe "procedimento regularizado" para uso de múltiplas infocaixas. Você é que esta escrevendo isso sem base em política ou recomendação alguma. O "habito" (essa é a palavra correta) de se adicionar múltiplas infocaixas simplesmente nunca foi contestado por nenhum editor dada a natureza colaborativa do projeto, que aceita qualquer coisa que supostamente melhore a qualidade dos artigos. Fora isso, a infocaixa não foi institucionalizada como obrigação, e o uso de múltiplas também não o foi. --Zoldyick (discussão) 04h37min de 13 de julho de 2017 (UTC)
Bom, minha opinião sobre o assunto: eu acredito que mais de uma infocaixa não deve ser utilizada, mas somente se forem duas infocaixas consecutivas, o que infelizmente é mais comum do que se parece. Mas se a infocaixa estiver distante da primeira (e bem distante, como neste caso) e se for discreta, não vejo problema algum. HG (discussão) 04h42min de 13 de julho de 2017 (UTC)
O usuário evidentemente não compreendeu de que modo empreguei o termo regularidade. Fiz-o no sentido de hábito estabelecido; de prática costumada; de regular no sentido de ser já usual no projeto. Edmundo Soares (discussão) 15h07min de 13 de julho de 2017 (UTC)


Estou entrando nesta discussão meio de para-quedas mas queria ressaltar um ponto muito relevante. Segundo a Constituição Federal, artigo 5o, parágrafo LVII - ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória. O que significa isso em termos práticos nesta seara!? Significa que até a sentença de qualquer biografado haver transitado em julgado, ou seja, não ser passível de ser recorrida, não se pode classificar o biografado como criminoso. Logo, não se pode colocar a infocaixa "criminoso" nesta página, porque a sentença só correu na 1a instância. E isto afrontaria, tanto a constituição, quanto a WP:BPV. O mesmo vale pra Palocci e Cunha (pelo menos por enquanto). Já José Dirceu está correto pois a página dele consta a infocaixa e as sentenças dele já transitaram em julgado. Portanto, o critério para se colocar a infocaixa - que significa rotular alguém como "Criminoso" - é simples: só pode ser feito depois da sentença do biografado haver transitado em julgado--Spartacus (discussão) 14h35min de 13 de julho de 2017 (UTC)

  • Concordo com o Spartacus., usar a info/criminoso no artigo de alguém que não foi condenado ainda pode até mesmo levar o biografado a processar a WP.-- Leon Saudanha 15h16min de 13 de julho de 2017 (UTC)
@Leon saudanha: o uso da predefinição só é usado para condenados. Se alguém usou em algum artigo que não tenha sido condenado na justiça deve sim ser removido imediatamente. A predefinição só foi incluída neste artigo , por editores diversos, após a condenação. Instambul (discussão) 20h52min de 14 de julho de 2017 (UTC)
    • @Spartacus. e Leon saudanha: Info/Criminoso é apenas o nome da predefinição. Em lugar nenhum da infocaixa está escrito que Lula é um criminoso. Além disso, não vejo necessidade de tamanha rigidez para o uso da Info/Criminoso. Lula, Cunha e afins estão presou ou foram condenados, e pronto. HG (discussão) 15h35min de 13 de julho de 2017 (UTC)
      • Holy Goo... precisamos ser rígidos para uso da Info/Criminoso. "Criminoso" é um termo/rótulo muito forte e por mais que não conste explicitamente essa palavra na infobox... ela é isso: uma rotulação. De novo eu ressalto a CF88:ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória e WP:BPV As biografias de pessoas vivas (BPVs) devem ser escritas de forma conservadora no que diz respeito à privacidade do biografado--Spartacus (discussão) 17h20min de 13 de julho de 2017 (UTC)
        • @Spartacus.: Se você mesmo disse que a infocaixa não chama Lula de criminoso, onde é que está o rótulo, meu amigo? É cada argumento furado. Lula foi condenado a 9 anos e meio de prisão pelos crimes tais e tais e ele atualmente se encontra solto. Onde está a mentira nisso? HG (discussão) 18h00min de 13 de julho de 2017 (UTC)
          • @Holy Goo: A infobox não afirma explicitamente que ele seja criminoso. Mas quem entrar em "código-fonte" vai ler {{Info/Criminoso}}. Quem comparar com outras biografias vai ver que esse tipo de box é usado em páginas de criminosos. Logo, pode-se dizer que a infobox afirma implicitamente que o Lula é criminoso. Como a afirmação na infobox já se encontra no texto, muito bem explicado, não vejo razão para mantê-la.--Spartacus (discussão) 19h15min de 13 de julho de 2017 (UTC)

Qualquer biografia, incluindo políticos de partido A ou B, deve respeitar as leis locais e a nossa WP:BPV. Não podemos insinuar, afirmar ou induzir que uma pessoa seja isso ou aquilo enquanto houverem instância jurídicas que possam rejeitar acusações. Se no Brasil há um consenso e jurisprudências que na segunda instância, qualquer condenado passa a assumir sua condição de "criminoso" ou "culpado", devemos respeitar este procedimento para o bem jurídico da Wikipédia. Se o mesmo ocorre em outras páginas, as edições devem ser revistas. Se não ha um consenso entre a comunidade, deve levar para a esplanada este assunto (principalmente no caso de 2 infobox), para uma visualização maior da comunidade. O "R" Aliado 19h24min de 13 de julho de 2017 (UTC)

Caros... O que essa infocaixa acrescenta na seção onde foi adicionada? O texto "Crime: X", "Pena: Y", "Situação: Z". Nada que não poderia ser sumarizado no primeiro parágrafo da seção: "... é acusado de A B C ... tendo sido condenado por X a Y anos em primeira instância ... responde em liberdade.". A infocaixa parece-me fazer sentido quando é a principal infocaixa de um artigo cuja relevância do sujeito é ser um criminoso. No caso dessa seção desse artigo parece-me uma maneira preguiçosa de resumir a situação legal do sujeito. Nada acrescenta. Sugiro a substituição por um texto melhor que o atual. Se não houver oposição, posso tentar fazê-lo nos moldes supracitados. Saturnalia0 (discussão) 03h13min de 14 de julho de 2017 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo do uso da infocaixa,, per WP:BPV: Uma orientação geral importante a considerar quando se escreve material biográfico de pessoas vivas é "não depreciar", e para isso recomenda-se a análise dos seguintes fatores: "especulação ou fato", "apresentação desproporcional de informação controversa em relação àquelas outras que tornam a pessoa notável" . A infocaixa reduz uma personalidade de relevância eminentemente política e um contexto político complexo a um rótulo inadequado para usar em relação a uma sentença em primeira instância, de um processo que ainda não trânsitou em julgado. Discordo também do seu uso nos artigos de Cunha e Palocci pelo mesmo motivo. Se usada, deveria ser para pessoas que se destacaram por serem criminosos, não pessoas de destaque em outras áreas que cometeram crimes - quanto mais as que possam vir a ter cometido crime, ao menos em termos legais, caso em que se encontra o biografado. Dornicke (discussão) 08h14min de 14 de julho de 2017 (UTC)

Haja paciência. A Wikipédia não está julgando o Lula. Sua condenação é simplesmente um fato histórico. Engraçado que quando essa predefinição estava no artigo do Eduardo Cunha, ninguém reclamou, né. A infocaixa vai ficar sim, podem chorar a vontade. HG (discussão) 11h02min de 14 de julho de 2017 (UTC)
Se estivéssemos numa PE, este argumento seria anulado como falacioso por OUTROS. E como assim ninguém contestou no artigo do Cunha? Eu contestei e continuo a contestar o uso de mais de uma predefinição desnecessária em qualquer artigo (salvo os exemplos já citados). --Zoldyick (discussão) 22h29min de 14 de julho de 2017 (UTC)
Ah é... porque vc é o dono da wikipedia né @Holy Goo:!? Havia esquecido disso. Desculpe.--Spartacus (discussão) 12h03min de 14 de julho de 2017 (UTC)
Ninguém aqui é dono da Wikipédia, Spartacus. Existi sim, um fundador. E gostaria de lembra-lo que existem editores-administradores e editores-burocratas que cuidam muito bem desse projeto (como também centenas de outros editores)! Seja mais educado com seu colega! Editor D.S (discussão) 12h29min de 14 de julho de 2017 (UTC)
Só um pouco de sarcasmo, Editor D.S, pra ver se trago sensatez ao coração peludo do Holy Goo--Spartacus (discussão) 12h53min de 14 de julho de 2017 (UTC)
Vamos desenvolver um raciocínio então. Há uma seção e três parágrafos sobre a condenação do Lula. Esse conteúdo deveria ser removido também? HG (discussão) 14h50min de 14 de julho de 2017 (UTC)
Não. --Spartacus (discussão) 19h13min de 14 de julho de 2017 (UTC)
Por que não? Não é violação de BPV? HG (discussão) 19h52min de 14 de julho de 2017 (UTC)
Não. Porque seria? O texto não afirma que ele pode ser enquadrado como criminoso, apenas a {{Info/Criminoso}} o faz. Spartacus (discussão) 20h07min de 14 de julho de 2017 (UTC)


Symbol declined.svg Discordo dessa segunda infocaixa. Na boa, a maior parte desse artigo do Lula nada tem a ver com "criminoso", mas sim como pessoa pública e presidente do Brasil, portanto, isso vai contra a WP:PESO e WP:BPV. EVinentefale comigo 19h16min de 14 de julho de 2017 (UTC)

Novamente, a caixa não diz que ele é criminoso. Ela apenas contém as informações sobre a condenação do Lula de forma resumida, assim como se tem no texto. HG (discussão) 19h52min de 14 de julho de 2017 (UTC)
E daí? Poluição desnecessária e peso indevido à uma condenação que ainda cabe mais recursos. EVinentefale comigo 19h53min de 14 de julho de 2017 (UTC)
@EVinente: Você discorda só do uso no artigo do Lula, ou para todos os condenados da Lava Jato? Pra mim, é mais fácil mudar o nome da predefinição pra info/Condenado; Ou criar uma nova predefinição semelhante, visto que o nome atual é utilizado para outros casos mencionados pelo Zold. Instambul (discussão) 20h49min de 14 de julho de 2017 (UTC)
Instambul, pra mim, a infocaixa tem que ser utilizada para quem é notório por ser criminoso (e devidamente qualificado para isso), o que não é o caso aqui, o Lula não é notório por isso, portanto essa infocaixa é imprópria nesse artigo. EVinentefale comigo 20h51min de 14 de julho de 2017 (UTC)
@EVinente: Concordo em partes, contigo. Veja, nenhum político é notório por ser criminoso. Ou tem algum? Quem vai definir essa notoriedade? Por exemplo, o Eduardo Cunha ao seu ver, é "notório criminoso" para ter a infocaixa? Foi o que eu disse acima, é simplesmente melhor mudar o nome pra info/Condenado e resolveria todo problema (claro proposto por consenso). O que eu debati acima com alguns editores e volto a mencionar contigo é que não da pra ficar escolhendo por conveniência (não digo que é seu caso) para qual político deva ser usado ou não. É preciso criar critério, ou simplesmente criar uma nova predefinição. Todavia qualquer ação a ser tomada é preciso ir pro consenso. O "status quo" é o uso da predefinição p/ condenados por corrupção. Desta forma já vem sendo usado a mais de um ano. Instambul (discussão) 20h56min de 14 de julho de 2017 (UTC)
Instambul, concordo que tenha que haver um pouco menos de POV nessa infocaixa de "criminoso". Mas a tua sugestão é bem lógica. EVinentefale comigo 21h01min de 14 de julho de 2017 (UTC)

Está mais do que claro neste tópico, @Instambul: e @Holy Goo:, que eu não sou o único a contestar o uso de uma dupla infocixa neste artigo. --Zoldyick (discussão) 22h26min de 14 de julho de 2017 (UTC)

Ora, temos um xerloque holmes aqui. HG (discussão) 22h27min de 14 de julho de 2017 (UTC)

Protegi a página por três dias devido a esta guerra de edições que não cessa. Mantive o status quo sem, portanto, a info/criminoso, que não poderá ser adicionada novamente sem um consenso. Não pretendo participar da discussão sobre o assunto, mas acredito que o caminho a ser seguido é a sugestão do Instambul, logo acima. Érico (dis¢.) 23h01min de 14 de julho de 2017 (UTC)

O conteúdo da infocaixa era o seguinte: |crime = corrupção passiva, lavagem de dinheiro |pena = 9 anos e 6 meses em regime fechado |estado = em liberdade.

Me indiquem exatamente exatamente em que local se encontra o problema e como esse conteúdo difere do que está escrito em forma de prosa? HG (discussão) 00h43min de 15 de julho de 2017 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo. É simplesmente absurda a inserção desta segunda infocaixa. Artigo da Wikipédia não é panfleto político, e deve ser imparcial.--Juniorpetjua (discussão) 01h44min de 15 de julho de 2017 (UTC)

Outro que não da pra levar o argumento a sério. Basta ver suas votações sobre política. Você foi um dos que votou para eliminar artigo de vereador do PSC mas argumentou para manter artigo de vereador do PT. Também nunca questionou a predefinição no artigo do Eduardo Cunha e outros tantos políticos. Instambul (discussão) 21h47min de 15 de julho de 2017 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário Instambul concordo em renomear a predefinição para "info/condenado". Mas como ficariam as infoboxes da artigos sobre criminosos que nunca foram identificados e por isso nunca foram condenados, como Jack, o Estripador, D. B. Cooper e o Assassino do Zodíaco?-- Leon Saudanha 02h02min de 15 de julho de 2017 (UTC)

Então Leon saudanha este mesmo questionamento eu fiz acima. Acredito que teria que criar uma nova predefinição semelhante, e não redirecioná-la (ou renomea-la) justamente para ñ ter que trocar nestes casos. Ou outra hipótese seria ter um consenso para o uso da predefinição somente nestes casos e remover em todos os condenados por corrupção. Instambul (discussão) 21h47min de 15 de julho de 2017 (UTC)
Instambul entendi. Acredito que o melhor a se fazer seria abrir uma votação para decidir se o fato de o biografado ter sido condenado por algum crime deve constar ou não em infoboxes.-- Leon Saudanha 23h13min de 15 de julho de 2017 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo da utilização da info na página. Primeiro, a utilização de duas infos deveria ser feitas para biografias cujo os biografados possuem ampla notoriedade em dois ou mais temas, tal como o artigo Romário (político e atleta) .

O caso do Lula é totalmente distinto, a notoriedade do biografado é ampla no campo da política, e o uso da predefinição de criminoso deveria ser para biografados cujo notoriedade é amplamente por ser criminoso. Além disso, a palavra criminoso tem um peso indevido que pode ser considerado ofensivo para alguns. Em primeira instância, discordo totalmente da utilização da info nessa biografia. Talvez seja o caso de criar uma predefinição nova como "/condenado por corrupção", mas isso é assunto para outra página. Edmond Dantès d'un message? 02h40min de 15 de julho de 2017 (UTC)

@Conde Edmond Dantès: Exatamente, foi esta sugestão que eu dei. Criar uma predf. /condenado e não /criminoso. O /criminoso se limitaria a crimes como seria killers e etc, dos quais o Leon exemplificou. Instambul (discussão) 21h52min de 15 de julho de 2017 (UTC)
@Instambul: Essa podia ser uma solução intermediária nesse caso. Entretanto, criar uma predefinivao nova e não mover a atual. Mas devo dizer que há a necessidade de pensar muito. No meu ver, qualquer político condenado por corrupção não deveria ter uma info. Coloca mais poluição visual além de ser redundante com o texto. Em primeira instância, discordo da utilização dessa info criminoso em qualquer artigo de política. Edmond Dantès d'un message? 22h09min de 15 de julho de 2017 (UTC)
@Conde Edmond Dantès: Concordo plenamente, porque ai se cria um critério fácil de definir quais artigos ter e quais não ter. A sugestão do Darwinius não seria possível porque tornaria o uso da predef. subjetiva. Teria GE a todo momento, justamente porque não teria um critério definido mas sim uma visão pessoal de cada editor sobre políticos condenados. A sua sugestão até o momento ao meu ver foi a melhor. Instambul (discussão) 22h14min de 15 de julho de 2017 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo veementemente Entre outras, pela mesma razão do Conde Edmond Dantès. A notoriedade do Lula é notoriamente no plano político, e esses crimes pelos quais ele foi condenado - em 1ª instância! - pelo que percebi, são bem corriqueiros e jamais seriam causa de notoriedade em ninguém, não fosse tratar-se de um conhecidíssimo político, ex-Presidente do Brasil. A colocação da infobox de criminoso/condenado parece-me um caso de POV pushing bem claro, e deve ser removida de qualquer outro artigo em que a notoriedade não venha do (eventual) crime cometido. Mesmo em casos de crime notável, a infobox jamais deveria ser colocada em casos de condenações que estejam em recurso, ou em vias de. Se nem para a Justiça a pessoa é culpada de alguma coisa nessas situações, para uma enciclopédia ela vai ser?!-- Darwin Ahoy! 11h07min de 15 de julho de 2017 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo igualmente da sugestão do Instambul, e da renomeação para Info/condenado - A mim isso parece-me coisa sem sentido. Na quase totalidade dos casos o que é realmente notável é o crime, não a "condenação". E aí caímos no mesmo problema detectado pelo Saudanha: Que fazer com criminosos históricos que nunca foram condenados, como Jack o Estripador? Essa moção não ajuda em nada neste caso, e ainda atrapalha bastante nuam série de outros.-- Darwin Ahoy! 11h13min de 15 de julho de 2017 (UTC)

Darwinius obrigado por participar do debate. Qual seria sua sugestão? Remover a predefinição de todos os condenados por corrupção? Seria uma sugestão viável também. Sds. Instambul (discussão) 21h47min de 15 de julho de 2017 (UTC)
Instambul Se é um político sem qualquer relevo, que só é conhecido por um escândalo de corrupção, aí ela pode/deve estar.-- Darwin Ahoy! 21h50min de 15 de julho de 2017 (UTC)
@Darwinius:Não acha que vai ficar muito subjetivo? Eu já acho melhor não usar para nenhum. Quer ver, você consegue por exemplo citar algum político brasileiro ou português em que a predefinição deva ser usado? Sds. Instambul (discussão) 21h58min de 15 de julho de 2017 (UTC)
@Instambul: penso que existe sim, algum presidente da junta, por exemplo, que nunca seria notável excepto por um escândalo desse género (algum dessa lista). Mas eu não concordo muito com o uso dessa predefinição em cosias políticas, de modo geral, como você e outros disseram, pode ser subjectivo e parece jogo rasteiro.-- Darwin Ahoy! 22h23min de 15 de julho de 2017 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo para que qualquer página tenha 2 infobox. Artur Gomes de Morais (discussão) 18h51min de 15 de julho de 2017 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário Romário e outros artigos tem duas infocaixa. No caso do Romário, como ficaria? Instambul (discussão) 21h47min de 15 de julho de 2017 (UTC)
Symbol declined.svg Discordo O citado foi condenado apenas em primeira instância, continua livre e pode apelar em várias instancias superiores ainda. A infobox é obviamente um proselitismo poltico e isso deve ser combatido aqui de todas as formas. Qto a mudar pra condenado tbém discordo, nem todo criminoso notorio é condenado, alguns ate morrem antes da condenação. Sem sentido. No mais, a infocaixa atual é usada para criminosos comuns geralmente crime de sangue, não para politicos. Tão querendo fazer politicagem rasteira aqui, só isso.MachoCarioca oi 19h25min de 15 de julho de 2017 (UTC)
@MachoCarioca: Ninguém está fazendo politicagem. A infocaixa já era usada em outros artigos, como o do Eduardo Cunha e outros políticos que são ou eram contra o PT. Quem disse que crime tem que envolver sangue? HG (discussão) 19h56min de 15 de julho de 2017 (UTC)
Ninguém disse que crime tem q envolver sangue, vc não entende o que lê. Sou contra o uso na do Eduardo Cunha tbém. Deve ser retirada. Estão fazendo politicagem e da grossa aqui.MachoCarioca oi 19h57min de 15 de julho de 2017 (UTC)
Symbol comment vote.svg Comentário A infocaixa vem sendo usada a mais de um ano em outros artigos de outros políticos. Nunca foi questionada. Um deles por exemplo é do Eduardo Cunha, um outro político, José Dirceu, além de outros. Entendo que o uso da predf. deve ser debatida, e se chegar a um consenso, mas seu comentário foi bizarro ao afirmar o uso da predefinição para politicagem, quando ela é usada para todos os condenados. Em vez de "renomaear" poderia criar uma semelhante mas com nome /condenado, ai resolveria o problema que mencionou. Existiria as duas predefinições; outra sugestão seria simplesmente não usar para nenhum condenado por corrupção. Instambul (discussão) 21h47min de 15 de julho de 2017 (UTC)
Minha posição é que não deve ser usada na de nenhum, é uma utilização espúria da caixa e para o que foi criada, substituir a caixa comum de info de pessoas que só tem verbete por serem criminosos notórios e assim conhecidos pelos fatos que protagonizaram, o unico motivo de terem verbetes aqui. Não é o caso de politicos, q tem biografia propria. Se está sendo usada em bios de politicos está tendo um mau uso editorial e devem ser todas retiradas. Alguém colocou de orelhada, ninguém se ligou e foram botando. Hora de retirar tudo. É tudo POV pushing. É minha posição. Abs. MachoCarioca oi 22h17min de 15 de julho de 2017 (UTC)
A discussão ficou bagunçada porque existem dois assuntos distintos. O primeiro é o uso de duas infocaixa como em Romário por exemplo (este eu não sei qual é sua opinião). A segunda é o uso da predf. criminoso, do qual você deu seu argumento de remoção para todos os políticos. Como seria o caso para empreiteiros, por exemplo Marcelo Odebrecht e Ricardo Pessoa? Sobre os políticos, tendo consenso é preciso operacionalizar a remoção, pois diversos artigos de políticos ainda estão em uso a predf. Instambul (discussão) 22h24min de 15 de julho de 2017 (UTC)
O mesmo q para politicos, no caso destes empresários a info normal de bios, a questão de serem presos, julgados ou condenados isso é coisa pro texto do verbete. A info criminosos é pra gente só verbetada por isso, caso de Charles Manson e Suzane von Richthofen. Ora, nem criminosos muito maiores q esses todos, julgados e condenados, como Hermann Goering tem info de criminosos, a bio dele é muito mais rica q isso, tem predef propria. é claro que se está fazendo um POV pushing politico de direita nessas bios com essas predefs, não vi ninguém colocar ela no Carlos Alberto Brilhante Ustra, também julgado e condenado como torturador. Essa predef não se aplica a estas pessoas, simples. É tudo politicagem baixa aqui. MachoCarioca oi 22h49min de 15 de julho de 2017 (UTC)
Acho que a solução mais lógica é usar a infocaixa exclusivamente para biografados que se notabilizaram por serem criminosos — independentemente de condenação ou não. Empresários que se notabilizaram por serem empresários, políticos que se notabilizaram por serem políticos, etc., não cabem nessa regra. Identificar como "criminoso" qualquer pessoa que tenha uma condenação judicial é de um reducionismo absurdo. Seria jogar Nelson Mandela, Martin Luther King Jr., Giordano Bruno, Pablo Escobar, Fernandinho Beira-Mar e Chico Picadinho no mesmo balaio, sem contextualizar em nada as informações sobre as condenações. E nenhuma enciclopédia séria categorizaria Nelson Mandela ou Martin Luther King Jr. como "criminosos" apenas porque assim foram considerados por determinado juiz, em um determinado contexto político da história. Subscrevo a mesma preocupação manifestada por MachoCarioca em relação ao POV pushing político, com viés de direita, que "viralizou" no projeto nos últimos anos. Dornicke (discussão) 04h59min de 16 de julho de 2017 (UTC)
@Dornicke: Concordo que deva ter esta distinção e por isto posteriormente sugeri criar em vez de renomear/redirecionar predefinição com /condenado justamente para fazer essa separação. Mas dizer que a inclusão destas infocaixas é de "viés de direita" é forçar a barra. Os primeiros usos das predefinições foram em artigos tais quais: Eduardo Cunha (aceitou o pedido de impeachment de Dilma Rousseff), Marcelo Odebrecht (delatou Dilma, Lula, e o PT, PMDB além de outros políticos de diversos partidos), Pedro Corrêa (tentou delatar Lula, mas não teve delação homologada), Ricardo Pessoa (delatou PT e PMDB), ou seja, pessoas que em certo momento ou foram contrário ou se indispuseram com o partido e os líderes dos partidos de esquerda. Além destes também foram inclusos João Vaccari Neto, José Dirceu filiados ao PT e André Vargas (ex-filiado). Ou esse tal "viés de direita" é bem imparcial e está de parabéns quanto a utilização da infocaixa (visto que a inserção da infocaixa foi para todos independente do lado que estejam na política), ou no seu caso há uma forçação de barra para tornar o uso da predefinição política pós condenação do ex-presidente, visto que o senhor nunca questionou o uso em Eduardo Cunha, e em todos os demais mencionados. Por isto eu prefiro levar a sério somente seu argumento inicial para que o uso não se misture com Escobar, Beira-Mar e etc, este sim, argumento muito válido. Instambul (discussão) 12h18min de 17 de julho de 2017 (UTC)
Symbol declined.svg Discordo Já esclareceu o colega Spartacus que "criminoso" é quem foi condenado por crime em última instância. Analogias a outras biografias são inválidas, pois "dois erros não fazem um acerto." Att --Usien6 14h25min de 17 de julho de 2017 (UTC)
Acho que o que se pretende corrigir aqui é a desfaçatez da falta de cuidado consciente. Espero que percebam a quão ridícula é a situação de fazer valer algo apenas em determinados verbetes. ƑelipeO'Couto 15h07min de 17 de julho de 2017 (UTC)
Não reclamei da colocação do artigo do Cunha porque eu não sabia da colocação no artigo do Cunha. Simples. O viés político de direita sendo forçado no projeto não está restrito ao uso de infobox depreciativas, está se manifestando de várias formas. Dornicke (discussão) 17h52min de 17 de julho de 2017 (UTC)
Isso é fruto de sua imaginação. Eu adicionei a infocaixa no artigo do Cunha da mesma forma que apoiei sua adição aqui no artigo do Lula. Agora olhe toda essa conversa acima que a infocaixa gerou neste artigo. Será que o viés é de direita mesmo? HG (discussão) 19h10min de 17 de julho de 2017 (UTC)
É exatamente a impressão que eu tenho quando vejo artigos sobre portais virtuais e publicações da esquerda serem mandados para eliminação por "falta de fontes" ou "irrelevância", enquanto artigos sobre livros de relevância altamente questionável de ultra-direitistas são criados aos montes, por exemplo. Dornicke (discussão) 19h32min de 17 de julho de 2017 (UTC)
WP:FORUM. Sua ultra-opinião com ultra-sufixos não tem absolutamente nada a ver nem com as infocaixas nem com o verbete do Lula. ƑelipeO'Couto 20h12min de 17 de julho de 2017 (UTC)
Tem sim e não sou o primeiro editor a indicar a existência de um padrão de POV-pushing em artigos políticos, com viés de direita, no projeto. WP:FORUM não se aplica, pois não estou "exigindo mudanças no seu país, na sociedade e no mundo através da Wikipédia", estou discutindo problemas editoriais da própria Wikipedia, tendo em vista os seus pilares, sobretudo imparcialidade. Agora se a minha opinião te incomoda, não leia. Ninguém está te obrigando a participar da discussão. Dornicke (discussão) 04h34min de 18 de julho de 2017 (UTC)
@Dornicke: O "vies de direita" é tão forte na Wikipédia que o artigo Carlos Bolsonaro foi eliminado, e Luciana Novaes mantido. Os dois são políticos e vereadores. É tão forte que existe o "Controvérsias envolvendo Jair Bolsonaro" mas não existe controvérsias de outros políticos, como o próprio Lula. É tão forte que artigos que se posicionam abertamente como de direita ou liberal, como Movimento Brasil Livre e Movimento Vem pra Rua são constantemente alvo de vandalismos. Portanto é puro achismo de sua parte. Assim como eu o Holy e o Felipe poderíamos fazer afirmação contrária à sua, dizendo que o viés aqui é predominante de esquerda. Será cada qual com seu achismo, mas prefiro ainda achar que as políticas são aplicadas pelas normas vigentes, embora há sempre exceções como no caso dos vereadores. Instambul (discussão) 13h14min de 18 de julho de 2017 (UTC)
Citação: É tão forte que existe o "Controvérsias envolvendo Jair Bolsonaro" mas não existe controvérsias de outros políticos, como o próprio Lula. Bom, para falar a verdade, eu criei o artigo Investigações envolvendo Luiz Inácio Lula da Silva, mas o que eu fiz foi mover o conteúdo daqui, do artigo do Lula, para lá, pois o texto estava muito longo e de fato violava BPV. Portanto, removi o viés de direita ao remover a violação de BPV, pode-se afirmar. HG (discussão) 13h43min de 18 de julho de 2017 (UTC)

Artigo parcial[editar código-fonte]

Sugiro pequenas alterações no último parágrafo da introdução: "Lula foi condenado em primeira instância a nove anos e seis meses de prisão" no lugar de "Lula foi condenado a nove anos e seis meses de prisão"; e "condenado por um crime comum" no lugar de "condenado por receber propina".--Juniorpetjua (discussão) 22h31min de 17 de julho de 2017 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo, per WP:BPV. Dornicke (discussão) 04h35min de 18 de julho de 2017 (UTC)
Já fiz a alteração. MachoCarioca oi 04h38min de 18 de julho de 2017 (UTC)

Estrutura das seções[editar código-fonte]

O artigo carece de uma organização mais uniforme. Começa pelo critério cronológico, depois vai para o temático, e volta e se perde.

  • 2 Carreira política e 3 Presidente da República deveriam estar juntos tratando tematicamente da atuação/carreira política do biografado.
  • 6 Vida após a Presidência trata de coisas pessoais, logo deveria estar ao lado das outras seções que tratam da vida "privada" do biografado, que incluem as seções 4 Casamentos e filhos e 1 Início de vida.
  • Nos cabeçalhos de nível 3 subordinados a 2 Carreira política, há uma seção para o segundo mandato, mas não para o primeiro; há sobre a reeleição, mas não para as campanhas presidenciais anteriores; há ao mesmo tempo questões cronológicas como 3.6 Efeitos da crise financeira global de 2008 e temáticas como 3.8 Política externa.
  • As seções 3.3.1 Polêmicas sobre a reeleição e 3.2 Crises políticas não seriam parte das controvérsias??

Creio que corrigidas essas situações, o artigo estará melhor estruturado. --Luan (discussão) 20h39min de 19 de julho de 2017 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo corrigindo as seções o artigo ficará de melhor leitura e melhor estruturado. Instambul (discussão) 21h20min de 19 de julho de 2017 (UTC)