Discussão:Nicolau Copérnico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Há trechos do artigo que gostaria de comentar[editar código-fonte]

Em 1536, a Teoria de Copérnico já tinha atingido sua forma definitiva, e alguns rumores sobre ela alcançou os cientistas de toda a Europa. De muitas partes do continente, Copérnico recebeu convites para publicá-la, mas ele sentia-se apreensivo em atender tais pedidos.

Correto...

mentira

O ponto de vista aristotélico (que considerava a Terra como um ente fixo) e os princípios geocêntricos de Ptolomeu (que considerava a Terra como o centro do Universo) foram adotados e elevados ao nível de dogmas inquestionáveis pela teologia cristã vigente; por isso, Copérnico temia uma perseguição que poderia ocorrer contra seu revolucionário trabalho que alterava a estrutura do Universo (colocando a Terra e demais planetas girando em torno do Sol) e mudava as regras de contagem do tempo.

A noção (muito comum) de que o modelo geocêntrico teria sido elevado ao nível de dogma pela teologia cristã é um mito (ou, no mínimo, um exagero). Décadas após a morte de Copérnico ainda não havia posição Católica oficial acerca da teoria heliocêntrica. Nesse meio tempo, defender as idéias de Copérnico certamente não era considerado uma heresia. (Mesmo porque membros importantes do clero mostraram-se bem impressionados com o novo modelo; embora outros tenham ficado apreensivos). Só na época de Galileu Galilei a situação se complicou, mas mesmo nesse período a instrução da Igreja foi de que o heliocentrismo poderia ser ensinado apenas como uma hipótese (a não ser que surgissem provas conclusivas da veracidade dele).
É sabido que Copérnico temia publicar seu trabalho por medo de ser ridicularizado, como ele mesmo escreve: "quando dediquei algum tempo à idéia, o meu receio de ser desprezado pela sua novidade e o aparente contra-senso, quase me fez largar a obra feita" ... Por outro lado, não vejo base histórica para afirmar que Copérnico temia especificamente uma perseguição religiosa. Além do "aparente contra-senso" da idéia, na época havia bons argumentos racionais contra o modelo (que só foram adequadamente respondidos mais tarde).

Por certo tentando amortecer o impacto que causaria, o livro publicado por Rheticus era dedicado ao papa Paulo III, o que colocou em dúvida por muitos anos a reputação de Copérnico, mas Kepler, em 1609, descobriu que o prefácio não fora autorizado por Copérnico.

O problema do prefácio não-autorizado por Copérnico existiu, mas não está relacionado à dedicatória. A dedicatória do livro ao Papa foi escrita por Copérnico (com o consentimento do próprio Papa Paulo III) exatamente para se proteger de críticas, não exatamente da crítica de religiosos, mas sim do escárnio por parte de outros estudiosos.

PS.: Porque dedicar um livro ao papa deveria "por em dúvida" a reputação de alguém? Muito estranha essa conversa. --Leinad-Z 15:05, 13 Outubro 2005 (UTC)

Nicolau Copérnico[editar código-fonte]

Nicolau Copernico, nasceu em 19 de fevereiro de 1473 e morreu no dia 24 de Maio de 1574

Impossível: viveu então 101 anos? --Tertius 00:52, 13 Março 2007 (UTC)

Negativo, ele morreu nesse dia mas o ano de 1543.

Astrónomo prussiano[editar código-fonte]

Queira desculpar o meu Português. Eu não estava em Portugal desde 2000...

Copernico não era polaco. Ele não podia falar polonês, mas ele falou e escreveu alemão (e latim, grego e, possivelmente italiano). Ele era um prussiano, com o alemão como língua materna. O nome de seu pai em 1480 está documentada como Niclas Koppernigk (ver: Nicolaus Copernicus Gesamtausgabe: Urkunden, Akten und Nachrichten: Texte und Übersetzungen, ISBN 3050030097 S. 23ff, Marian Biskup: Regesta Copernicana (calendar of Copernicus' Papers), Ossolineum, 1973, p. 32, [1] [2]). Ele nasceu em Thorn (Tratado de Versalhes: em 1920, a cidade alemã Thorn irá polonês: Toruń). O povo alemão teve com o rei polonês formado uma aliança contra a Ordem Teutónica: Prússia Real, 1466. Os moradores de Thorn convertido ao protestantismo, como quase todos da Prússia a partir do 1525. Polónia permaneceu um católico, tal como a diocese de Ermland, onde trabalhou Copérnico. Académicos internacionais chamado dele em latim Nicolaus Copernicus Tornaeus Borussus Mathematicus: Nicolau Copérnico de Torn, matemático prussiano (Nicolai Copernici Torinensis de revolutionibus orbium coelestium). De acordo com o Partições da Polônia (1772/1795 - 1918), Polonês autores fizeram propaganda contra a Prússia ea Alemanha, chamavam-lhe Mikołaj Kopernik, famoso astrónomo polaco. Os inimigos da Alemanha em duas guerras mundiais, apoiou esta. A neutralidade ea verdade perderam.

Por favor use neutro na redacção do artigo. Sugiro a utilização do Inglês Stanford Encyclopedia of Philosophy http://plato.stanford.edu/entries/copernicus/, é muito bom. Mas cuidado, eles usam nomes modernos dias lugar ("Frombork"), por uma questão de coerência.

Muito obrigado. --Matthead (discussão) 01h31min de 3 de abril de 2009 (UTC)

Aristarco[editar código-fonte]

Seria interessante colocar Aristarco como o primeiro cientista que propôs a teoria heliocentrista, mais tarde confirmada por Copérnico. --Gawiga 18h15min de 31 de outubro de 2011 (UTC)