Discussão:Portugal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Estrela de artigo destacado Portugal é um artigo destacado; o que significa que ele (ou uma versão anterior) foi identificado como um dos melhores artigos produzidos pela comunidade da Wikipédia. Apesar disso, se puder actualizar ou melhorá-lo, por favor, faça-o.
Etapas passadas por este artigo
Data Processo Resultado
2 de novembro de 2008 Candidato a artigo destacado Promovido
28 de abril de 2010 Revalidação de artigo destacado Despromovido
2 de novembro de 2010 Candidato a artigo destacado Não promovido
18 de janeiro de 2012 Candidato a artigo destacado Promovido
Estatuto actual: Artigo destacado

Discordo Asturas[editar código-fonte]

Há várias referências neste artigo para um possível rei das Astúrias, e não é, não existia o reino das Astúrias, era o reino da Galiza, e mais tarde o Reino da Galiza e Leon

dados disponíveis multidões documentos prubas e que isto é assim, é a Espanha nacionalista nega isso, mas isso parece não só em documentos sobreviventes, também aparece em documentos, atlas e globos de todas as partes do mundo. Eles são negados a história da Galiza para não reivindicar sua independência da Espanha

Mesmo no caso de independência, Galiza diria como a sua própria metade das Astúrias, Leão parte, e até mesmo o norte de Portugal (a sul da Galiza antiigua).

Tudo claro, fazendo um referendo à sua população, ou não pertencem à nova galiza, chamado agora república da Gallaecia

não mais para encontrar um mapa antigo do tempo e vercomentário não assinado de 83.165.59.193 (discussão • contrib) Vanthorn® 22h50min de 15 de outubro de 2013 (UTC)

Os nacionalistas galegos nao tendes medida. Este artigo é uma vergonha. --Cocedi (discussão) 15h40min de 24 de junho de 2017 (UTC)

Hierarquização das figuras do Estado[editar código-fonte]

A ordem correta de hierarquia é: Presidente da República > Presidente da Assembleia da República > Primeiro-Ministro. Já não a primeira vez que faço a correção. Espero que seja a última.--Rodrigo Pereira (discussão) 20h27min de 18 de dezembro de 2013 (UTC)

Alteração indevida de layout de verbete destacado[editar código-fonte]

O usuário Lacobrigo está a alterar a ilustração deste verbete sem qualquer apresentação de uma justificativa minimamente plausível para tal. E pior: está a usar de guerras de edições para manter sua edição por aqui.

As imagens atuais do verbete foram escolhidas e posicionadas não de forma aleatória ou como uma simples cópia da versão anglófona do verbete (como o usuário em questão está a fazer); estas imagens foram escolhidas quando eu e outros usuários estávamos a trabalhar no destaque deste artigo e apenas escolhi as fotografias consideradas pelo Wikimedia Commons como as melhores disponíveis (em termos de resolução, ângulo, cores, etc), como na caso da imagem da Serra da Estrela.

Também sempre procurei respeitar as regras do Livro de Estilo, evitando que imagens "esmaguem" o texto das seções (ao contrário do que o Lacobrigo está insistindo em fazer na seção "Geografia", por exemplo, onde ele simplesmente enfiou uma fotografia no meio do texto). O usuário também retirou uma animação que mostra a evolução territorial da península ibérica sem apresentar qualquer motivo para isso (assim como fez em todas as vezes em que decidiu editar este verbete, apenas dizendo que as imagens que ele gosta são mais "expressivas" - seja lá o que isso quer dizer). Ademais, a edição do usuário, além de ter destruído o layout de algumas seções, contém uma série de erros adicionais, como fotografias com legendas erradas. Tentei fazer uma edição intermediária, ao manter parte das imagens adicionadas por ele, mas, mesmo assim, voltei a ser revertido. Lembro-lhes que estamos a tratar de um artigo destacado e layout faz parte da qualidade do verbete. Aguardo a opinião da comunidade (convido para participar do debate: Marcos Elias de Oliveira Júnior, HVL, Stegop, Gabriel Yuji). Chronus (discussão) 21h20min de 5 de março de 2014 (UTC)

  • A edição do Lacobrigo torna o artigo mais pobre em termos informativos e prejudica o layout.--Stegop (discussão) 21h30min de 5 de março de 2014 (UTC)
  • Exatamente, se tivesse mais informações, até que a imagem dava certinho, além disso, imagens demais deixam o layout sobrecarregado e desorganizando, como se o artigo fosse um panfleto turístico. E ressalto que não é a primeira vez que o artigo como esse, e ainda destacado. é "vítima" de guerras de edição. Marquinhos diga aí 23h57min de 5 de março de 2014 (UTC)
  • Não sei o que pensar exactamente dos pretextos aqui mencionados. Sempre tive a impressão que a Wikipédia é um website de todos, para todos, onde as pessoas podem expor os seus conhecimentos e contribuir de forma significativa para a qualidade desta enciclopédia universal, subsequentemente atendendo ao respeito por edições relevantes, e não ao bel-prazer de se editar como se quiser e definir padrões pessoais de como um artigo deve ser apresentado. Estou bem informado das regras da Wikipédia e tenho sempre em atenção respeita-las e contribuir de forma coerente e concisa, de forma a não gerar nenhuma ambiguidade. Mas aparentemente as opiniões e edições de alguns têm mais importância do que o dos restantes, e subrepõem-se aos dos outros. O usuário Chronus, de uma forma sarcástica a meu ver, referiu-se no seu discurso na minha página sobre Portugal como "o seu país", por duas ocasiões. Detectei, por acaso, alguma Lusofobia? É por isso que desgosta das minhas edições que visam ilustrar melhor o artigo do meu país? Tem algo contra Portugal ou contra os portugueses? (Sim, sou português e com orgulho) É que se for esse o caso terei de referir esta situação às entidades competentes, pois desde o momento em que a discussão adopta um cariz de descriminação/antipatia a um determinado país/grupo étnico ou nacional, mesmo que indirectamente, a situação reverte-se. Se interpretei de forma errónea então agradeço que me esclareça. Para concluir quero deixar claro que nunca foi a minha intenção causar nenhuma guerra de edição mas sim tornar o artigo mais aprazível ao leitor. Estou disposto a ouvir sugestões, mas não me irei desmotivar de contribuir para a página de Portugal simplesmente porque alguns não gostam de algumas imagens que publiquei. Cumprimentos. Lacobrigo (discussão) 02h28min de 6 de março de 2014 (UTC)
É recorrente esse blá blá blá lamentável de que "ah, achei que a Wikipédia fosse livre" quando pisam no calo de algum editor, seja registrado ou anônimo. O ponto é, caro Lacobrigo, que se o senhor realmente estivesse "bem informado" sobre os regulamentos da Wikipédia não cometeria os equívocos que cometeu no layout desta página, visto que o LE também é uma das nossas políticas oficiais e rege a formulação do visual dos verbetes, ainda mais dos destacados. E, por favor, não venha deturpar minhas palavras para fazer essa acusação ridícula de xenofobia. Fica feio para você. Vou refrescar-lhe a memória sobre o que você escreveu no sumário deste artigo: Citação: Lacobrigo escreveu: «Discordo absoluamente (sic) consigo, as imagens que publiquei ilustram melhor o meu país não vejo razões porque não se possa ter certas imagens semelhantes ao artigo anglófono.» Quem em primeiro lugar insinuou algo sobre nacionalidade foi você no meio da guerra de edições que promoveu, o que me pareceu uma provocação ao fato de um brasileiro estar a editar um artigo sobre Portugal (não seria a primeira vez que um português me ofende/provoca por conta da minha nacionalidade por essas bandas). Se interpretei errado esse meu país escrito por você, peço desculpas. No entanto, aviso-lhe que é melhor guardar suas ameaças ("terei de referir esta situação às entidades competentes") para si, visto que isso também é proibido por aqui. A propósito, não é objetivo de ninguém por aqui desmotivar seu trabalho como editor, desde que respeite as regras do site e o trabalhos realizado por terceiros. Por fim, os dois usuários acima (um deles é português, inclusive) se posicionaram contra a sua edição especificamente nesse caso, portanto peço que acate a decisão da comunidade e não insista nesse comportamento após a desproteção da página. Chronus (discussão) 02h50min de 6 de março de 2014 (UTC)
Ah sim, importante ressaltar também que mantive grande parte das imagens adicionadas por você, em uma edição intermediária onde tentei acabar com a disputa. Mesmo assim fui prontamente revertido. Isso sim que é "editar como se quiser e definir padrões pessoais de como um artigo deve ser apresentado", hein?! Nos acusa justamente daquilo que faz. Curioso. Chronus (discussão) 03h26min de 6 de março de 2014 (UTC)
  • Com todo o devido respeito, você acha que passa alguma credibilidade com argumentos juvenis como "blá blá blá"?

Sim, é "o meu país" simplesmente no sentido em que é o país onde nasci, cresci e tenho orgulho de ainda nele viver a contribuir para o seu desenvolvimento. Tem algo contra isso? Não o afirmei num sentido de superioridade, se foi dessa forma como interpretou. Não tenho culpa de você já ter sofrido descriminação, eu pessoalmente nunca descriminei mas já a sofri. E não obstante das piadas, das afirmações que somos burros, tento manter a minha imparcialidade. Já dizia o grande Mark Twain "Nunca discuta com pessoas estúpidas, elas te arrastarão para o seu nível e vencer-te-ão por experiência". Meu caro, eu não fiz ameaças nenhumas. Apenas mencionei que se sente alguma antipatia para comigo pelo facto de ser português, ou por querer melhorar o visual da página em questão (Portugal) terei de consultar a situação com as devidas autoridades competentes do site. Se você não fez nada disso, não tem nada com que se preocupar, descanse. Relativamente ao artigo, faça como bem entender. Já vi que o privilégio de edição e contribuição de certos e determinados artigos cabe apenas a uma rede selectiva de sabedores intelectuais, claramente acima dos restantes editores. Compreendo e aceito isso. Se as minhas contribuições não são bem vindas por alguns, que posso fazer. Não vou privar ninguém da felicidade de editar um artigo a seu gosto. Não faço esse tipo de coisas. Reverti as suas acções porque entendi que não ilustravam da melhor forma o artigo. Considero um artigo incompleto sem imagens correspondentes para o complementar. Nada de "panfleto turístico" nisto, simplesmente se você visualizar páginas semelhantes na Wikipédia, você vai ver que têm uma grande amplitude de imagens. O artigo de Portugal é pobre nas mesmas, na minha opinião. E embora pareça, nem sequer estou a ser irónico mas puramente sincero e expondo apenas o meu ponto de visto. Cumprimentos. Lacobrigo (discussão) 03h45min de 6 de março de 2014 (UTC)

A expressão "blá blá blá" não pode ser definida como "argumento". É apenas um termo onomatopaico. Procure saber melhor a definição dos conceitos que pretende usar em uma discussão antes de escrever coisas que não fazem muito sentido. A propósito, o que eu vi de "juvenil" por aqui até agora foi um usuário que cismou que não gostou das fotos de um determinado artigo e que promoveu uma guerra de edições completamente desnecessária para manter seu ponto de vista à força, ignorando o estatuto do verbete. Em relação ao artigo: não, você não faz o que bem entender. Todos nós aqui temos regras para seguir. Além disso, vários editores já se posicionaram contra as suas edições nesta página. E não dá para dizer que um verbete com, no mínimo, uma fotografia por seção é "pobre" em imagens. O artigo está bem ilustrado, isso é evidente. Chronus (discussão) 04h50min de 6 de março de 2014 (UTC)
Caro Lacogribo, a Wikipédia é livre, mas este é um artigo destacado, com a participação de muitos editores. Alterações de imagens como a sua, são bem-vindas, mas devem ser discutidas primeiro pela comunidade. Não assuma xenofobia onde ela não houve, porque esse é o primeiro passo para uma discussão não produtiva. Sugiro que o usuário explique as razão para a inclusão das imagens (e da exclusão da do mapa ibérico) e por que razão as acha mais representativas. Assim, a comunidade poderá comentar caso a caso e tentar encontrar um consenso. Gameiroestá lá? 04h39min de 6 de março de 2014 (UTC)
O país também "é meu" e por isso mesmo estou muito agradecido ao Chronus por ter trabalhado nele a ponto de o elevar a destaque! --Stegop (discussão) 11h03min de 6 de março de 2014 (UTC)
  • Bem, já vi que por mais argumentos que utilize irei ser sempre recebido com mil e um argumentos a contrapor as minhas sugestões, alterações, etc, mesmo que tenham apenas como objectivo melhorar o artigo. Quando existe um sentimento de animosidade, por mais lógica que se utilize, o resultado é sempre infrutífero, especialmente quando existem várias pessoas que se opõem às nossas acções. Não quero fomentar discórdia nem "guerras de edições", mas sim explanar os motivos porque agi da forma como agi e de ter feito as alterações que fiz, mas o usuário Chronus (discussão) alterou algumas edições que fiz em outros artigos com fins perniciosos em mente, simplesmente para me perseguir e retaliar pelas alterações que fiz na página de Portugal. Algo que até foi mencionado por um administrador. Eu não tenho culpa do senhor ter experienciado discriminação por parte de alguns conterrâneos meus, isso não lhe dá o direito de antagonizar outras pessoas. Aprenda a separar as coisas, se faz favor. O usuário em questão até admitiu (algo que está claramente supracitado) que agiu de forma deliberada neste sentido por ter erroneamente interpretado uma afirmação minha. Já não me dirigirei a você pois é inútil continuar num debate com alguém que tem claros ressentimentos para com outro membro. Senhor Gameiro, a razão porque quis incluir certas imagens foi porque acreditei que melhoravam a apresentação do artigo. Não querendo denegrir o trabalho de muita gente, considero que em termos visuais a página de Portugal poderia estar melhor. A página Anglófona é um bom exemplo em termos não só de quantidade ilustrativa mas sim de qualidade. Um artigo pode ser expansivo em termos de imagens mas pobre nas mesmas, se estas não possuírem qualidade. O mapa animado é relevante, não digo o contrário, mas entre esse mapa e o castelo que é um icon de Portugal, um marco histórico altamente imperativo, construído na mesma época em que Portugal se definiu como nação até aos dias de hoje, prefiro sim uma imagem do castelo conhecido como o 'berço de Portugal'. Tem o direito de discordar, respeito isso, e aliás, é o que espero sinceramente, nem sei se vale a pena continuar nesta discussão em que se tornou mais que óbvio que as minhas opiniões irão ser continuamente ignoradas ou contrapostas. Enfim, cumprimentos. Lacobrigo (discussão) 11h30min de 6 de março de 2014 (UTC)
Não vi argumento nenhum em relação à qualidade ou pertinência das imagens. "Mudei-porque-é-o-meu-país-e-quem-é-contra-é-xenófobo" não é argumento. Antero de Quintal (discussão) 11h43min de 6 de março de 2014 (UTC)
Meu caro, acabei de argumentar no último comentário, o que é mais pertinente, um mapa animado ou o castelo que é um ícone de Portugal, construído pouco antes da formação oficial do país? Não estou a afirmar que o mapa nem tem importância, nada disso, mas entre o mapa e o castelo, conhecido como o berço de Portugal, acredito que o último se enquadre melhor na secção em questão. Lacobrigo (discussão) 12h24min de 6 de março de 2014 (UTC)
O mapa ilustra o texto da secção. Antero de Quintal (discussão) 14h01min de 6 de março de 2014 (UTC)

Introdução demasiado longa?[editar código-fonte]

A introdução tem atualmente quatro parágrafos, e cada um deles é longo, especialmente o segundo. O índice nem sequer é visível quando se abre a página. Eu acho que, embora a informação seja relevante e merece ficar na introdução, é preciso fazê-la mais curta.comentário não assinado de Lxpnh98 (discussão • contrib) (data/hora não informada)

O livro de estilo recomenda quatro parágrafos e estamos a falar do mais antigo Estado-nação europeu, logo é natural que o parágrafo dedicado a sua história seja um pouco mais longo, assim como acontece em verbetes como Rússia e China. Chronus (discussão) 03h51min de 10 de setembro de 2014 (UTC)

Índice[editar código-fonte]

Aflis, por favor não altere a estrutura do índice como fez aqui. Esta é uma característica universal para artigos sobre países para garantir a uniformidade, como pode ver aqui aqui, aqui aqui. Nao podemos andar a mudar 'a toa cada vez que encontramos um novo facto. Se acha que tem uma razão válida para justificar por que o índice deve ser mudado, por favor abra uma discussão no nível indicado. Para que conste, o conceito de demografia engloba todos os aspectos de uma sociedade, incluindo a distribuição de renda/ riqueza e aspectos semelhantes. Cumprimentos, Rui Gabriel Correia (discussão) 23h14min de 30 de outubro de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo com o Rui Gabriel Correia. Existe um padrão, que deve ser seguido, em verbetes desta temática. Chronus (discussão) 23h18min de 30 de outubro de 2015 (UTC)
Se na wikipédia o entendimento consensual (conhecido e partilhado pelos usuários) é que "demografia" enquanto subtítulo abrange todos os aspectos da sociedade - tudo bem. Quero, no entanto, chamar a atenção para o facto de, em ciências sociais, "demografia" tem um alcance muito mais restrito. -- Aflis (discussão) 10h24min de 31 de outubro de 2015 (UTC) PS: Basta ver e comparar os artigos sobre demografia nas diferentes versões da wikipédia, p.ex. a portuguesa, a inglesa, a francesa, a espanhola, a neerlandesa, a italiana. -- Aflis (discussão) 15h24min de 9 de novembro de 2015 (UTC)
@Aflis: Quando diz que "em ciências sociais, *demografia* tem um alcance muito mais restrito", o que é que se está actualmente a incluir na secção que não faz parte de "demografia"? É o suficiente para — por exemplo — se considerar uma nova secção? Se esse fosse o caso, nem sei por onde se começaria, pois é um padrão seguido a nível das principais wikis, não só a lusófona. Rui Gabriel Correia (discussão) 16h52min de 1 de novembro de 2015 (UTC)

Podem-me explicar o que é uma república constitucional?[editar código-fonte]

Este é um termo que não passa de pesquisa original. A página correspondente em inglês foi eliminada por decisão da comunidade por não ser um termo verificável. --B.Lameira (discussão) 18h52min de 19 de fevereiro de 2016 (UTC)

Caros editores,

Esta página contêm a coluna de dados estatísticos de Portugal e a mesma não aparece corretamente em dispositivos móveis Android, ficando uma parte cortada nos títulos dos dados respetivos. Na plataforma PC/Windows está bem, acontecendo só nos dispositivos Android. --Jorgepchc (discussão) 23h21min de 20 de agosto de 2016 (UTC)

Termo "Europa continental"[editar código-fonte]

Sugiro mudarem o nome "na Europa continental" na tabela bem no começo do texto, onde mostra a localização de Portugal, por que alguns países em cinza escuro (que estão marcados como "Europa Continental") estão fora desse continente. Joanpedro (discussão) 01h41min de 15 de novembro de 2016 (UTC)

Explique melhor. A mim parece-me que o cinza escuro está correto.JF (discussão) 11h42min de 15 de novembro de 2016 (UTC)
Olhe bem a imagem que há na tabela. Existem países que estão marcados como cinza escuro que não fazem parte da Europa. Joanpedro (discussão) 21h34min de 2 de dezembro de 2016 (UTC)
A cinza escuro está a Suiça, a Sérvia, o Montenegro, a Macedónia, a Bósnia-Herzgovina, a Albânia, a Noruega, a Moldávia, a Bielorrússia, a Ucrânia e as partes europeias da Rússia, da Turquia, do Azerbaijão, da Geórgia e do Cazaquistão. Parece-me correto. Veja Fronteiras dos continentes.JF (discussão) 23h30min de 2 de dezembro de 2016 (UTC)

Último Parágrafo da Secção "Clima"[editar código-fonte]

A 8/12/2016, o último parágrafo da secção "Clima" é o seguinte:

"A neve ocorre regularmente em quatro distritos no norte do país (Guarda, Bragança, Vila Real e Viseu) e diminui a sua ocorrência em direção ao sul, até se tornar inexistente na maior parte do Algarve. No Inverno, temperaturas inferiores a −10 °C e nevões ocorrem com alguma frequência em pontos restritos, tais como a Serra da Estrela, a Serra do Gerês e a Serra de Montesinho, podendo nevar de outubro a maio nestes locais. Dado o elevado número de erros (neve ocorre regularmente (no Inverno), Distritos de Viseu e Guarda não ficam no Norte, a neve também ocorre regularmente nas terras altas de distritos como por exemplo Braga, etc) e também para acrescentar alguma informação adicional sobre o tópico, alterei esta edição para uma mais precisa e completa:

"No Inverno, a neve ocorre regularmente em distritos do Norte e Centro do país, tais como Guarda, Bragança, Vila Real e Viseu e diminui a sua ocorrência em direção ao sul. As temperaturas podem descer abaixo dos −10 °C nas terras altas do interior Norte e Centro. Ainda que a temperatura mínima absoluta oficial pelo IPMA seja de −16 °C nas Penhas da Saúde e Miranda do Douro, ja foram registadas temperaturas mais baixas, como −17.5 °C pelo IPB nos arredores de Bragança em 1983, e próximo dos −20.0 °C na Serra da Estrela. Nevões ocorrem com alguma frequência em pontos restritos, tais como a Serra da Estrela, a Serra do Gerês e a Serra de Montesinho, podendo nevar de outubro a maio nestes locais, tendo esta por sua vez sido revertida e substituida pela que se encontrava anteriormente. Venho por este meio apelar ao bom senso de quem queira reverter a minha edição, deixado aqui uma boa explicação para tal, e se discorda apenas de uma parte específica dela então que altere essa parte apenas.comentário não assinado de Hurtuv (discussão • contrib) -- Chronus (discussão) 18h54min de 8 de dezembro de 2016 (UTC) (UTC)

@Hurtuv: O único "erro" que vejo aqui é um usuário que se nega a respeitar WP:V e ignora os avisos que recebe sobre nossa política de referências. Cite fontes para as alterações que pretende fazer, pare imediatamente de promover WP:GE e assine as suas mensagens. Chronus (discussão) 18h54min de 8 de dezembro de 2016 (UTC)

Alteração da legenda da fotografia da Praça do Comércio[editar código-fonte]

Fundamentos:

O nome oficial do local é Praça do Comércio como se pode verificar no site oficial da Câmara Municipal de Lisboa.

Não existe o conceito de «Complexo Ministerial do Terreiro do Paço». Por essa razão, esse verbete já foi apagado.

De entre os 17 departamentos governamentais existentes apenas cinco se encontram ainda sediados na Praça do Comércio.

O Supremo Tribuinal de Justiça não é um departamento governamental pois os Tribunais não integram o Governo.

Acscosta (discussão) 09h49min de 13 de fevereiro de 2017 (UTC)

Secção Educação[editar código-fonte]

Procedi à revisão integral da secção Educação que carecia de atualização e de inclusão de fontes.

Na redação orientei-me pelo princípio de que este é um artigo de síntese pelo que suprimi alguns detalhes que creio que deverão constar de artigos específicos.

Se outro for o entendimento de algum editor peço que o indique aqui. Estou disponível para contribuir com os desenvolvimentos considerados indispensáveis neste artigo.

Acscosta (discussão) 12h21min de 13 de fevereiro de 2017 (UTC)


Introduzi algumas novas alterações na secção Educação, no seguinte sentido:

  • Substituir a foto da Universidade Nova de Lisboa (já existia uma foto de uma universidade) pela foto de uma escola secundária;
  • Contextualizar o posicionamento das fotos;
  • Atualizar a informação sobre a maior universidade (é, atualmente, a de Lisboa e não a do Porto) e incluir informação paralela sobre o maior instituto politécnico;
  • Desenvolver a referência à Constituição da República Portuguesa no que se refere à educação, que se encontrava circunscrita a um aspeto.

Acscosta (discussão) 22h17min de 19 de fevereiro de 2017 (UTC)

Território "marítimo"[editar código-fonte]

Nenhum artigo sobre qualquer país (ou a lista de países e territórios por área, que deixa claro que águas marítimas, territoriais e zonas econômicas exclusivas não estão incluídas) usa a área do "território marítimo" na infobox para indicar a área territorial da entidade política que está a ser descrita no verbete. No entanto, o editor Fusion.xp, decidiu por si mesmo que é "informação útil" confundir nossos leitores a pensar que Portugal é um dos maiores países do mundo em área territorial ao ler na infobox do artigo a soma dos territórios emersos e imersos do país, o que ao meu ver não tem a menor lógica. Convido a comunidade a opinar sobre isto (incluindo o Leon saudanha, que já reverteu o editor em questão). Chronus (discussão) 00h37min de 15 de junho de 2017 (UTC)

Como lhe disse, se quiser editar os conteúdos do Infobox está à vontade. Informo também que não está a ser feita uma edição, mas sim uma reversão por completo da minha edição, onde além de ter alterado o Infobox (o que desde já lamento, e aviso de que não é, definitivamente, minha intenção enganar os utilizadores do sítio.) mas sim, adicionar informação útil. Resumindo, poderá ser retirada a informação adicionada/editada por mim ao Infobox, mas não na descrição do País, uma vez que é um dado importante e é uma informação útil. Está também explícito que a ÁREA EMERSA é x. Convido-os, Lacobrigo,Acscosta a juntarem-se à discussão. FusionXP (discussão) 00h44min de 15 de junho de 2017 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário Fusion.xp concordo com o Chronus. Se for para citar o território marítimo de cada país, que se faça isso num parâmetro distinto daquele que cita o território continental. O motivo é simples: o território marítimo não é povoável, sendo qualquer presença humana lá temporária, independente de qual pais ele pertença.-- Leon Saudanha 01h42min de 15 de junho de 2017 (UTC)

Falta de Fontes[editar código-fonte]

"No entanto, a importância internacional do país foi bastante reduzida durante o século XIX, especialmente após a independência do Brasil, a sua maior colónia." Esta afirmação foi mais uma das suposições, deduções, crenças que se encontram na Wikipedia em lingua portuguesa? Quem escreveu? Onde estão as fontes? Portugal não perdeu mais nem menos importancia no sec. XIX por este facto do que em outros séculos por outros factos pelo que este comentário é redundante e no último quartel do mesmo século iniciou juntamente com outros povos europeus a colonização de África que veio reafirmar a posição do império português no mundo.comentário não assinado de 2001:8a0:6f15:f801:5954:306d:1b4:4ea5 (discussão • contrib) -- Chronus (discussão) 08h51min de 20 de junho de 2017 (UTC) (UTC)

Este artigo está sendo usado como propaganda nacionalista galega.[editar código-fonte]

Este artigo está repleto de propaganda nacionalista galega na parte de historia. Tem eliminada qualquer referência à origem de Portugal como parte do reino das Astúrias, que não aparecía em todo o texto. Corregi e eliminei parte da pseudohistoria nacionalista, porque como estaba era uma vergonha. O artigo em inglês debería ser a referencia, e nao a propaganda nacionalista dum partido político duma região espanhola, que pretende usurpar a história común de Portugal, Astúrias e Leon como pretexto para reivindicar os territórios do oeste das Astúrias e da franja do norte de Portugal. É pura política, como pode-se comprobar na primeira entrada da secção chamada "discordo Asturas" --Cocedi (discussão) 15h42min de 24 de junho de 2017 (UTC)

Incêndios[editar código-fonte]

Falta o Tópico Incêndios, pois estes fazem parte de Portugal. Portugal está para os incêndios como os Incêndios estão para Portugal, faz tudo o sentido criar-se um tópico como cultura, mas sobre os incêndios florestais, onde se aborde as áreas mais afetadas, estatísticas, a verdade sobre as suas origens e o negócio do fogo.

Obrigado comentário não assinado de 193.37.153.37 (discussão • contrib) 11h40min de 10 de novembro de 2017 (UTC)