Discussão:Problema do ano 2038

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Daqui a 290 mil milhões de anos...[editar código-fonte]

O facto de 64 bits permitirem a contagem de um intervalo de tempo tão grande é de facto relevante, mas dizer a data a qual o sistema falharia está para além do ridículo. Por enquanto a passagem do tempo está relacionada com a rotação da Terra e a sua translação em torno do Sol. É por isso que existem saltos como os segundos intercalares e os dias 29 de Fevereiro, para que o tempo linear se acomode ao modo como nós definimos o tempo. Ora, com a passagem das eras, os dias vão divergindo das 24 horas certas e o anos vão também divergir do valor médio do calendário gregoriano que é 365.2425 dias. Daqui a mil anos nós ainda poderíamos ter confiança no calendário gregoriano, mas não poderíamos ter qualquer certeza a quantos segundos esses mil anos correspondem. Mas mil anos é 290 milhões de vezes inferior ao intervalo de validade do tempo contado a 64 bits.

Daqui a um milhão de anos (ou seja 290 000 vezes inferior), se ainda existir humanidade, o calendário actual já deve ter sido reformado ou substituído milhares de vezes, o segundo e o dia actuais já não corresponderão em duração às unidades de tempo usadas nessa altura. Contudo, poderá haver um modo de "traduzir" o tempo para o calendário actual. Mas quantos dias terá um ano? 364? 363? Qual serão as regras de intercalação? Ou eliminamos as incertezas e usaremos dias exactos de 24 horas e anos de 365.2425 para extrapolar? Então o no dia 1/1/1000000 às 0:00 horas será de dia ou de noite? será verão ou inverno?

Claro que a noção de tempo, tal como o contamos daqui a um milhão de anos já estará completamente caduca, mas temos que percorrer um caminho 290 000 vezes maior. Daqui a algumas centenas de milhões de anos o planeta Terra deixará de poder sustentar a vida (500 vezes inferior). Daqui a cerca de 5000 milhões de anos (60 vezes inferior) o Sol morrerá. E claro que os descentes longínquos da humanidade (se existirem) estarão esquecidos há muito o que é o UTC, um segundo, um dia e um ano do modo como nós o definimos. Não sei qual o aspecto do universo quando for 20 vezes mais velho do que é agora, mas este longo texto só demonstra o ridículo dizer a hora exacta de um acontecimento nesse tempo e ainda por cima constatar que é um domingo.JF (discussão) 16h24min de 11 de julho de 2012 (UTC)

Acho que você está fazendo tempestade em copo d'água. Não sei qual o problema em deixar a data exata lá, pois o que conta é a nossa noção atual de tempo, e não daqui a um milhão de anos. E se daqui a um milhão de anos o calendário tiver sido reformulado, então que se troque a data que está no artigo, tomando como base esse novo calendário. !Silent (discussão) 16h53min de 11 de julho de 2012 (UTC)
Não é uma tempestade num copo de água. É simplesmente ridículo falar em datas específicas daqui a 20 vezes a idade actual do universo.JF (discussão) 18h18min de 11 de julho de 2012 (UTC)
Pra você, mas tenho certeza que para boa parte dos leitores isso é algo interessante de se saber. Fora que é referênciado. !Silent (discussão) 18h34min de 11 de julho de 2012 (UTC)
Não deixa de ser um disparate.JF (discussão) 19h01min de 11 de julho de 2012 (UTC)


Essa é sua opnião, e a wikipedia não é lugar pra ela.