Discussão:Revolta de Varsóvia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Parcial[editar código-fonte]

A escrita dá ênfase à historiografia anticomunista. Trechos como tendo em vista que Stalin tinha sido aliado de Hitler na invasão e divisão da Polônia em 1939 são problemáticos. Inglaterra e França assinaram o acordo de Munique com a Alemanha Nazista cedendo a Checoslováquia para Hitler e nem por isso caracterizamos os líderes desses países como "aliados de Hitler". Stalin assinou o pacto de não agressão visando ganhar tempo e invadiu a Polônia para transformá-la em um estado tampão entre seu território e a Alemanha Nazista. E isso após sua oferta de aliança militar com França e Inglaterra contra a Alemanha ter sido rejeitada ainda em 1939. Chamar o arqui-inimigo de Hitler de "aliado" é, no mínimo, revisionismo histórico. O texto também acusa a União Soviética de cometer "inúmeros massacres". São realmente inumeráveis ou é apenas retórica anti-comunista? Precisamos de fontes para a afirmação de que "insinuar que comunistas" estevam envolvidos no massacra significava "risco de morte". Marcado como parcial pela retórica anticomunista escrachada. Dornicke (discussão) 20h12min de 1 de agosto de 2020 (UTC)

RE: Parcial[editar código-fonte]

Realmente as afirmações demostram parcialidade (e sem fontes). Devem ser removidas para não levar ao erro.